segunda-feira, 8 de setembro de 2008

Pílula Anticoncepcional - Assassina!



Estou indignada por ler matérias em jornais e revistas onde jornalistas e médicos escrevem a respeito da pílula anticoncepcional como sendo o meio mais seguro de se evitar filhos, porém...

Nos programas de rádio e TV, a mesma coisa acontece. O que eles não abordam jamais, é o perigo que a pílula anticoncepcional causa para a mulher. (E nem todos os médicos tem essa preocupação com sua paciente).

Ainda hoje, dia 8 de Setembro li no caderno Folhateen - da Folha de S. Paulo, matéria de Jairo Bouer em sua coluna - SEXO E SAÚDE, onde ele aconselha como forma segura para se evitar a gravidez indesejada, o uso da pílula, e ainda escreve que, - menos de 20% delas são adeptas a isto, pedindo que se repense no caso, induzindo a mulher a usar a pílula.

Muito bem. O que as pessoas não sabem e não interessa dizer, é que a pílula e a reposição hormonal podem causar na mulher graves problemas como a TROMBOSE.

A trombose pode se transformar em uma EMBOLIA pulmonar conhecida como TEP - e isto pode matar. Sem contar que a trombose é dolorida e complicada de se tratar e administrar. Além do que o tratamento pode ser em alguns casos para sempre, com o uso de medicação e cuidados.

A trombose causa grandes trasntornos na vida da mulher e do homem, pois eles também podem ter. Os médicos devem pedir esses exames que mostram esta TENDÊNCIA, e não o fazem, a começar pelo seu ginecologista. A trombose causa um estrago enorme na jovem mulher. Um estrago físico e psicológico, em alguns casos, ela precisa tomar um remédio que no popular diríamos que ele "afina" o sangue, evitando assim, a formação de novos coágulos e assim evita-se, uma nova trombose.

Este remédio causa cuidados especiais para quem faz uso dele, pois, uma vez que o sangue fica mais líquido, há o perigo de hemorragia mais rápido. Há que se cuidar muito mais para não sofrer nenhum acidente, ou pelo simples fato de bater a cabeça, pode acabar em mau resultado. A pele fica facilmente roxa com um  beliscão. Não se pode andar em brinquedos violentos como montanha russa, e até para um pequeno corte como um alicate de unha, o sangue corre com mais rapidez e facilidade. As vezes sangra o nariz. E nos mais velhos, com a pele mais fina do corpo, a qualquer raspão ou até quando se coça a pele, o sangue vem com muita facilidade.

Numa gravidez, para quem tem esta tendência, há que se tomar durante os nove meses uma injeção que custa caro, é o Clexane, um de seus maiores benefícios é "ajustar" o sangue, uma vez que na gravidez as chances de a mulher ter trombose é muito maior. E depois do parto, até 40 dias esse risco existe e o remédio deve ser administrado. É preciso cuidar com maior atenção nestes casos.

O remédio que se toma para isso obriga tanto o homem quanto a mulher que tem esta tendência, a fazer exames de sangue periódicos para que o tempo de "protombina" esteja sempre em um estágio ideal para que não se forme os trombos. É muito complicado,delicado.

A alimentação no caso da administração do MAREVAN, altera o sangue constantemente, por esta razão, também há que se fazer exames quase que de 10 em 10 dias como controle e administração. Uma vez que haja o domínio de seus hábitos alimentares, remédios que por ventura entrem na sua vida ou a bebida alcóolica, tudo bem, esses exames vão se distanciando desse tempo curto, mas jamais ficamos livre dele. 

O Clexane dispensa o exame de sangue constante. 
O Marevan é que exige o controle, não se esqueçam. 
Ele mostra seu "INR", que é o número que mostra o quão "líquido" está ou não o seu sangue. A partir do resultado é que sua segurança com a saúde nesse quesito pode estar bem.
Os ginecologistas devem pedir o exame de sangue que é chamado de "Ddimeros", para saber se existe a tendência de trombose, isto vem no DNA, é herança de família. A pessoa que tiver esta tendência, jamais poderá usar pílula e portanto, não deve fazer a reposição hormonal quando atingimos a menopausa.

Muita gente não tem conhecimento disto, e é necessário que se tenha.

Como pode-se perceber e constantar, não é tão simples assim uma jovem tomar pílula anticoncepcional. 


É sabido que muitas mulheres não se adaptam a elas. 
As pernas ficam pesadas - podem inchar, doer, e muito mais se altera no organismo feminino. Muitas mulheres interrompem sua gravidez, perdem seu futuro bebezinho, pelo fato de terem a tendência a trombose e isso causa um mal tremendo na família, na mulher e pode também matar a futura mãe. 
Há pessoas que perdem seus bebes na gravidez e não sabem o porquê. Se fosse feito nela os tais exames de sangue averiguando suas condições, isso poderia ser evitado e contornado.

Peçam ao seu médico, o exame certo para que você tenha sua saúde assistida e uma vida com qualidade e segura dentro da normalidade.

Falo com a maior segurança,  pois tenho uma filha que com 21 anos de idade, quase morreu por tomar pílula anticoncepcional e passou por tudo isto. Daí para frente, encontrei vários casos iguais. Amigas dela tiveram problemas sérios também, e no hospital Sírio Libanês onde ela foi tratada, encontramos depoimentos de grandes médicos, que dizem ser comum a entrada de meninas com o caso igual ao de minha filha. Algumas morrem!

Sem contar tudo o que houve fisicamente com minha filha. Ainda tivemos problemas psicológicos, pois aos 21 anos de idade, uma adolescente não tem a idéia do que é a morte, ou imagina que ela esteja bem longe de sua vida... Hoje em dia os médicos não escondem nada. 


Depois do físico, tivemos que cuidar do seu psicológico. 
Logo que descobriram sua trombose, ela não podia se mexer, e nem levantar para fazer xixi para o trombo não se desprender e ir para a cabeça ou coração, pois a morte seria certa.

Foi muito difícil passar por tudo isto. Hoje em dia, ela parou o remédio, que se chama Marevan, porém quando viaja de avião tem que tomar o Clexane e fazer o uso de meias elásticas durante a viagem de mais de quatro horas.

Os remédios certos são maravilhosos, e estão aí para serem administrados por todos com a orientação de um especialista, sempre!

O médico que cuidou do sangue de minha filha é o Dr. Élbio Damico. 
O médico do pulmão, Dr. Kairala.

Juliana recebeu a visita de Dr. Draúzio Varela, ele também deu seu parecer. 

Ficou internada por mais de 18 dias, sem contar nossas entradas e sáidas do Pronto Socorro antes de descobrirem o que ela tinha. Foi bem doloroso e dolorido para ela fisicamente e para nós, apavorante.

O resquício de tudo isso nos causou problemas na faculdade, no seu psicológico, e no seu físico por mais de um ano, e até hoje, depois de todo susto e sofrimento,temos nossas inseguranças e pesadelos.

Hoje, sabemos que na gravidez dela, serão nove meses de Clexane e cuidados especiais.

As injeções nas viagens não podem faltar (pela vida toda). As meias também não. Tudo vai bem, graças ao tratamento que ela teve com essas "feras" na medicina - são pessoas competentes e adoráveis no tratamento pessoal e físico,  que dispensaram a ela.
Meu eterno agradecimento
a eles e a Deus, por ter me deixado com ela.

Este link pode ajudar a entender um pouco mais ...

http://revistaepoca.globo.com/Saude-e-bem-estar/noticia/2011/12/o-real-risco-das-novas-pilulas.html


189 comentários:

  1. Oi Conceição. Tenho 27 anos e tive o mesmo tipo de complicação que a sua filha, porém não tão complexa. Estava utilizando anticoncepcional e fiz um tratamento para microvarizes com injeções para fechar os vasos(!!). A complicação chegou a trombose superficial e consegui controlar com injeções de Heparina durante 2 semanas. Após fazer exames descobri que tenho tendência/genes e problemas com proteínas que me facilitam a "trombosar".

    Minha médica mostrou que tomar anticoncepcional para quem tem alteração no Fator V (acho q é esse) aumenta a probabilidade de trombose de 3 para 30%, sem contar outras alterações.

    É uma incomodação com certeza ter isso, compartilho a tua indiganação com alguns médicos que fazem procedimentos e indicam anticoncepcional sem nenhum estudo mais profundo. Mas de alguma forma pelo menos agora eu sei... Alguma coisa poderei fazer para me cuidar. Fui viajar e tomei as injeções...

    Com relação a este medicamento, utilizei o Liquemine, heparina também que acho q é o mesmo q o Clexane, porém é bem mais em conta, apesar de ser um pouquinho dificil de achar.

    Obrigado pelo post, é confortante saber de outras historias e que tudo pode ficar bem se nos cuidarmos.

    ResponderExcluir
  2. Olá! Tenho trombofilia hereditária positivo para mutação do Fator V de Leiden e gene MTHFR. Tomei anticoncepcional durante um bom tempo e não sabia ser portadora da trombofilia. Então, engravidei duas vezes e tive aborto em ambas na 6ª semana sem explicação. Fiz muitos exames e todos davam normal e os médicos diziam: tente novamente. MAs um dia, fazendo pesquisas na net descobri a trombofilia e resolvi fazer os exames e deram positivo. Hoje sei o porquê dos meus abortos e terei que tomar clexane por toda a gestação e marevan por toda a vida.
    Pílula nunca mais!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ola tive trombose venosa profunda, com derrame pleural causado por uma embolia pulmonar, meu medico fez varias exames e todos deram negativos . Gostaria de saber os nomes de exames q vc fez pra ver se faltou algum pq sinceramente depois doq eu passei eu nunca mais quero ter, e prefiro saber ao fundo se tudo foi descartado mesmo! muito obrigada . espero respostas!

      Excluir
  3. Oi Conceição. Tive trombose durante minha gravidez. Eu já sabia que não podia usar pílula anticoncepcional, mas engravidei e achei que não aconteceria nada. Quando entrei no sexto mês de gravidez, tive a trombose e passei o maior aperto de minha vida, pois eu e minha filha corríamos risco de vida. O trombo estava na minha virilha e na minha barriga. Tive que manter repouso até o final da gravidez além de usar clexane durante todo o tempo. Era uma injeção de manhã e outra à noite. Além de dolorida, era muito cara. Graças a Deus e ao Dr. Cleber Monteiro, angiologista, hoje estou viva e curtindo muito minha filha que está com dois aninhos. Só que tenho que usar aas infantil o resto da vida.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. VC E DAQUI DE SALVADOR MANDA RESPOSTA POIS EU TIVE TROMBOSE PRECISO Q ME AJUDE MEU EMAIL E CARLA-20AGATA@HOTMAIL.COM

      Excluir
  4. Anônimo, que lamentável o que aconteceu com você, e que bom que deixou aqui um depoimento, pois muitos médicos ainda insistem em não pedir exames para as mulheres saberem se têm tendência de a mulher ter ou não trombose.

    É bom que se diga que muitas mulheres, tb não acusam essa tendência, mas é bom acompanhar.

    Me deixa triste vc saber que tinha a tendência, e não ter tomado providência. Gostaria até que por e-mail vc contasse mais para mim, sobre sua experiência na gravidez com o clexane diariamente. E se precisou fazer repouso, e na hora do parto se foi tudo bem.

    Me conte se puder, escreva pra mim no
    www.conduarte@gmail.com.
    Espero que agora vc esteja feliz e cheia de saúde.

    Obrigada por me escrever e como chegou aqui?


    Grande beijo e seu cuida, CON

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. oi conceição...como se chama o exame que dá para saber se a pessoa tem tendencia a ter trombos? tenho 30 ano, sempre tomei pilula, mas, nos ultimos tempos nao guento tomar mais de uma semana, me sinto mal demais...e a gineco diz que eh soh adaptação, enfim, parei de tomar tudo e agora morro de medo de ficar gravida..bjss

      Excluir
  5. oi Conceição, também tenho trombofilia, fui diagnosticada antes de maiores complicações, mas os médicos só pediram esses exames após minha prima ter tido uma trombose; mesmo com a história passada da minha mãe já ter tido uma trombose no pós-parto, e outras mulheres da nossa família.É muito perigoso o uso indiscriminado de pílulas anticoncepcionais.

    ResponderExcluir
  6. Grace minha amiga,
    muito obrigada por me escrever.
    Deixar o seu depoimento é muito importante, pois, as vezes parece que falamos para o nada, sabia? Há ainda muitos médicos que liberam a pílula anticoncepcional, sem o menor critério, e tenho além de minha filha, outros casos muito próximos de nós, que causaram bastante tristeza e preocupação em amigos nossos, com os seus filhos. Uma amiga de minha filha, quase morre, com um coágulo na cabeça. Foi terrível, mas Deus existe e ela ficou boa. Pílula nunca mais.

    Um dos exames mais importantes de fazermos na vida, é exatamente este para saber se temos tendência ou não, e ainda assim, mesmo não acusando a tendência, como no caso de minha mãe, que no sangue não acusa, porém, ela tem trombose há 45 anos! Já sofreu demais.

    Há que se cuidar e na reposição hormonal, quando vc ficar mais velha, tb não vai poder usar hormônio nenhum. Tudo será na base do natural.

    Se cuida, e alerte quem passar por perto de você. É nossa obrigação e fique boa.

    Um beijo grande, CON

    ResponderExcluir
  7. Olá
    Gostei muito deste blog, realmente, pouco falam sobre os malefícios dos anti; eu comecei a tomar por ter problemas seríssimos com cólicas, na menstruação era sempre o mesmo inferno: cólicas fortissimas, inchaço, irritação, e com o anti foi uma maravilha durante um ano, depois disso, comecei a apresentar aumento de peso, sensação de peso nas pernas e não há regime e academia q faça eu perder peso. Sem contar que, agora nao faz mais efeito nem para a cólica: resumo...parei!!!Tive experiências na UTI em que trabalhei (como fisioterapeuta cardiopulmonar), onde vi garotas de 20, 25 anos morrerem por conta de embolia pulmonar e uma outra por aneurisma. São histórias tristes, que as bulas não divulgam...
    Cuidem-se sim, mas com métodos anticoncepcionais menos agressivos!
    Saúde para todas!! Abraços!!!

    ResponderExcluir
  8. Minha amiga que escreveu como Anônimo, te peço que da próxima vez, assine um nome que não é seu, assim posso te chamar pelo nome...
    Fiquei muito feliz com seu comentário e mais que tudo depoimento. Pois as pessoas, e os próprios médicos não falam dos perigos da pílula abertamente.

    Por ocasião da internação de minha filha, fiquei sabendo de vários outros casos iguais aos dela. Uma verdadeira judiação, pois logo depois, soubemos da morte de uma moça que foi causada por tomar a pílula.

    Isto é um crime que fazem com os jovens, com as mulheres que precisam fazer a reposição hormonal. Eu por exemplo, não posso. Sintia também as perna inchadas, pesadas, um horror!

    Fico indignada com o silêncio de todos. Me faz crer de verdade que o dinheiro vale mais que a vida de todos nós. Um país que tivesse amor por seus filhos, não poderia deixar que isso corresse livre, dessa maneira.

    Mas aqui estamos para falar sempre. Nos programas de rádio que participo sempre falo quando posso! E lutarei por isso , sempre!

    Um grande beijo, muito obrigada, CON

    ResponderExcluir
  9. Não quis ter filhos, então durante cinco anos de minha vida sexual, fiz uso de anticoncepcional injetável, até eu começar a sentir coisas... pernas pesadas, dores de cabeça e por aí vai, então disse a minha médica, que falou que era coisa de minha cabeça. Minha resposta: Sendo ou não, eu vou parar, desde então só uso camisinha, que me protege de mais coisas, e venho me dando muito bem.

    Bjs1

    ResponderExcluir
  10. Conceição, você está de parabéns pelas palavras e assuntos tratados no seu blog. Como é bom navegarmos pela internet e encontar pessoas como você, produzindo boas ações e reproduzindo experiências que certamente auxiliam o próximo.

    Que Jesus possa continuar a abençoá-la sempre!

    Antônio Padilha de Carvalho - Cuiabá-Mt apadilha35@gmail.com

    Muitas luzes!

    ResponderExcluir
  11. Silvia Klein
    Estou passando pelo problema da trombose... No meu caso foi uma TVC, na região cerebral. Ainda não tem 1 mês e já passei 2 semanas no hospital e ainda em repouso em casa. Estou usando o tal do Marevan e tenho que fazer exame de sangue toda semana. Estou no início do tratamento e ainda não sei o que vem por ai.. estou afastada do trabalho, das atividades físicas que tanto aprecio.. E o vilão, segundo os médicos, foi a pílula anticoncepcional

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ola, eu tive problemas c trombose venosa na cabeça, e a médica disse q melhor remedio é o xarelto, q nao ja q se fazer controle semanal.uso oral. veja c seu medico.

      Excluir
  12. Brana
    Olá Conceição
    Tenho 29 anos e passei pelo mesmo que sua filha tomei um pirula do dia seguinte e apos 2 dias tive TVP em membro superior direito ,um caso caro na minha idade poi nunca fumei,e tenho uma vida super equilibrada,e para piorar tudo sou dentista,fiquei afastada do consultório por quase um ano.Passei por oito internações que deixaram profundas marcas em minha vida sem contar que meu braço esta feio ,e gordo ,tb engordei 10 quilos pq tive que parar com tudo...Faço TP a cada 5 dias foi descobri que tenho dois fatores de coagulção alterado que são a deficiencia de proteina S e antitrombina 3 ,tomo marevan diariamente e para o resto de minha vida tomarei,nao posso ser Mãe para evitar aborto e trombose em outras partes do corpo.E ainda dizem que anticoncepcional faz bem? só comentam os beneficios e os maleficios ninguem conta.
    Me trato com Dr Renato Centrone Hemato
    bjods

    ResponderExcluir
  13. Brana, espero que você volte aqui para saber que eu te lí, e que fiquei chateadíssima com sua história. Você não faz, ( ou faz idéia ) de quantos casos me contam sobre o problema de vocês! São inúmeros sem dúvida, e nada se fala, não se tem o hábito de investigar, coisa de ginicologista e também, há casos que nunca aparecerão a tendência, mas é bom se basear na família, e tomar muito cuidado mesmo, pois tomar marevan a vida toda é uma loucura. Tudo se acostuma, mas esse remédio ainda é, o mais barato, no entanto muito delicado e a toda hora precisa verificar a quantas anda o sangue. Muito desagradável. Minha mãe tb toma, e meu irmão mais velho, idem! Minha filha, tomou um ano apenas. Seu médico é ótimo, mas caso vc tenha dúvida, porucure um dia DR> ELBRIO DAMICO, ele é expert no assunto sangue, e muito, muito respeitado. Um craque, pode ter certeza.
    Eu só desejo a vc, que se cuide, sempre! Que se conforme, pois há coisas piores na vida , no corpo e na alma, mas cada um com seus problemas na dimensão dele, sei o quanto é difícil e preocupante, mas você é jovem e a medicina está aí para evoluir e tudo isso terá tb um up legal.
    Torço para você como para minha filha!
    Deus te abençõe e obrigada por dividir comigo seu problema, isso é muito importante, pois serve para estudo.
    Um beijo, CON

    ResponderExcluir
  14. Silvia, me perdoe por demorar em te responder. Ando muito na rua esses dias, vendo coisas externas e acabo falhando com aquilo que eu amo, que são vocês, que gentilmente, me contam suas hitórias que vêm de encontro com algo relacionado à minha vida.

    Não desanime, e as vezes pode acontecer com vc, de tomar o marevan por um tempo, só cuidado no avião, e coisas assim, mas seu médico deve explicar os cuidados que deve tomar, certo?

    Se cuida e veja o caso de nossa amiga, em seguida de vc, aqui, e o que respondo a ela.

    Desejo muita saúde, sorte e obrigadíssima por vir aqui
    um beijo, CON

    ResponderExcluir
  15. Gostei muito destes depoimentos e gostaria de . RElatar o meu e ver se alguem pode me ajudar Tenho 39 anos tomei pilula por muito tempo e em agosto de 09 tive um tep- trombose no pulmão faço uso de MAREVAM e como se não bastasse fiz exame ginicologico de rotina apareceu um cisto suspeito isto é suspeita de cancer de ovario fiz uma cirurgia as pressas e foi retirado o ytero e os 2 ovarios minha medica me ligou e disse que o resultado da anatomo veio como endometriose e agora tenho que fazer reposição hormonal não sei o que fazer por favor me ajude

    ResponderExcluir
  16. Olá, venho postar meu depoimento e pedir orientações no tocante ao parto, o que tem me preocupado muito. Tenho 48 anos e engravidei sem tratamento. No final do 5º mes tive tromboembolia pulmonar bilateral extensa. Desde então estou em uso de clexane e afastada de minhas atividades. Estava inchada e com fortes dores na virilha e meu ginecologista indicou uso de faixa para gestante sem atentar que poderia ser algo mais grave. Não consegui trocar de ginecologista e estou sendo acompanhada pelo médico que me atendeu no plantão do hospital e me internou. Dizem que os coagulos podem já ter sido absorvidos pelo organismo e que usando clexane não terei mais a formação de coágulos. Tb não sei se a tromboembolia foi somente em consequencia da gravidez. Preocupa-me o parto , homorragias e novos coagulos. Ajudem-me.

    ResponderExcluir
  17. Monica, obrigada por me escrever.
    Não sou médica, mas posso te adiantar que agora até o final de sua gravidez, você irá tomar o clexane, sim! Está corretíssimo, segundo seu relato. Não sei das suas condições de saúde fora da gravidez, mas ela em sí, porporciona a mulher a tendência de fazer coágulos, por esta razão você pode ter tido uma tromboelia, em algum lugar aí, deve haver um trombo, e se deslocou para o pulmão. Isso é muito sério, deve manter repouso absoluto e orientação de seu médico. Porém, se você pudesse ter uma consulta com o Dr. Élbio Damico, seria maravilhoso. Você consegue o telefone dele no Sírio Libanês de São Paulo. Por lá, também tem outro médico que se chama Kairala, ele é especialista em pulmão, foi "puxou" - se do paterno ou materno, pois isso é de família.
    Enfim, se cuide demais! O clexane e caro e chatinho por ser aplicado, mas ele não precisa de ajuste no organismo, caso você precise tomar depois da gravidez, que é difícil, você tomaria o Marevan ou similar, que é um remédio muito chatinho, mas é barato e é comprimido. Muita gente toma direto e para toda a vida. Acredito que não seja seu caso. Será que você tomou pílula anticoncepcional? Se tomou jamais deverá voltar a tomar, e reposição homonal, independente de qualquer outra coisa, jamais poderá fazer. É mais ou menos isso aí. Deus queira que você fique bem e tenha um final de gradivez muito bom... E me escreva novamente se puder.
    Um beijo, CON

    ResponderExcluir
  18. Oi Conceição, obrigada por me responder... Não tomei pilula anticoncepcional. Para mim fica dificil a consulta porque estou em MG.
    O que me preocupa é que o meu ginecologista atende no mesmo hospital onde fui atendida pela TEP e agora estou sem saída porque creio que nesse hospital, agora, serei melhor assistida. Mas meu ginecologista não me deixa segura e até o momento não sei como serão as circunstâncias do parto, no uso do clexane.
    Agradeço seus comentários....Bjs.

    ResponderExcluir
  19. MONICA, QUE LOUCURA, VC ESTÁ EM MINAS, PENSEI QUE FOSSE DAQUI DE SAMPA.
    SEGUINTE, SEU MÉDICO ESTÁ CORRETÍSSIMO. FIQUE CALMA, NÃO SE ESTRESSE, NEM FIQUE INSEGURA. ESTÁ TUDO CORRETO. SÓ ME DIGA UMA COISA: COMO SABE QUE JÁ REGREDIU O TROMBO? qUE NÃO TEM MAIS A TEP? jA FEZ EXAME? SÓ ASSIM VC SABERÁ SE JA ESTÁ BEM. NÃO SENTE MAIS DOR? ALÉM DO QUE, IMAGINO QUE UNS DIAS ANTES DO PARTO, DEVA PARAR DE TOMAR O CLEXANE, MAS POSSO ME INFORMAR AQUI COMO É QUE ISSO FUNCIONA E TE PASSO O QUE APRENDI. NO MAIS, CONTINUE ASSIM E SE TRATE, E FAÇA UMA COISA, NA SUA CONSULTA, DIGA A SEU MÉDICO QUE ESTÁ INSEGURA, QUE ISTO TUDO PARA VOCÊ É NOVO, SE ABRA COM ELE, TENTE TOCÁ-LO SENTIMENTALMENTE. E NÃO TIRE DELE A RESPONSABILIDADE DE CUIDAR COM CARINHO DA SUA VIDA! SEMPRE COM JEITINHO, COM AMOR, QUE VC CONSEGUIRÁ UM RETORNO LEGAL E SE SENTIRÁ MELHOR. TUDO VAI ACABAR BEM.
    UM BEIJO, CON

    ResponderExcluir
  20. Ola Conceição. Não fiz exames e nem sei quais seriam. Apenas o medico diz que estou segura com o clexane que não permite formação de novos êmbolos. Não posso fazer mais tomografia devido gravidez-7° mes. Ainda tem a questão da idade (48 aninhos)...Bjs

    ResponderExcluir
  21. Oi..
    Estava navegando na internet e achei o seu blog.
    Meu nome é Silvana, tenho 19 anos.
    Também sofri essa doença.Tomava o anticoncepcional Mínima. Vou contar a minha história : Em setembro deste ano, estava com umas dores no braço esquerdo, mas sempre pensava que era normal (pois sempre durmo sem quere encima do braço e acordo com dores), e sempre falava para os meus pais das dores, e eles sempre pensavam que era frescura minha, até que um dia eu comecei a chorar de madrugada de dor no braço, e ele começou a mudar de cor e ficou inchado.Logo, minha mae me levou no médico, e ele disse que se eu nao tivesse ido aquela hora ver isso,poderia acontecer algo pior, porque a veia que estorou esta no meu antebraço esquerdo, que é muito perto do coração, e ela se espalha né? Enfim, fiquei 1 semana internada, tomando váááárias injeções na barriga, foi horrível. O médico receitou marevan,e comecei a tomá-lo.Só que teve um final de semana que eu bebi, e a minha mae falou, melhor vc não tomar hoje porque vc bebeu e pode dar algum efeito colateral.Ai nisso acabei desleixando e não tomo mais o marevan, mas nisso estou com os exames todos que o médico pediu, só preciso arranjar um horario com ele. Por que ele não sabe se foi o anticoncepcional, o jeito de eu dormir pode ter pressionado a veia e causado isso, ou pode ser genético. O meu problema é que eu tenho namorado,e não confio muito em camisinha. Quem teve ou tem trombose, nunca mais poderá tomar? E outra, gostaria de fazer academia,tambem não posso fazer força né? Pensei em voltar hj tomar o marevan, mas eu parei a muito tempo, melhor eu ver o médico antes de começar denovo né?Bom, desculpe o incomodo, só estou bastante preocupada, porque sinceramente, meu braço dói um pouco ainda. Beijos!

    ResponderExcluir
  22. Conceiçao, parabéns por ter escrito isso. Vou colocar um link no meu blog. Acredito que isso tem q ser divulgado, anunciado. Existe pouca informaçao a este respeito e o pessoal so descobre depois do problema..

    Eu tomei anticoncepcional por 3 anos, qud, coincidentemente ou nao, tive uma forte caimbra que depois nao pude mais caminhar. Depois de muito ir a medicos, sem saber o que era, fui ate num traumatologista que, eu explicando tudo o q sentia (e tudo com cara de trombose) mandou-me fazer um raio X! Da pra acreditar na incompetencia da pessoa?
    Eu vendo na internet, ja idenficava como caracteristicas de trombose.

    Fiz tratamento com clexane, 5 dias, marevan 6 meses e meias.

    Hoje estou gravida, moro na Italia, e comecei a tomar clexane agora no inicio do 4° mes de gestaçao. Por um lado agradeço a Deus por ter tido aquela trombose na epoca, ja que se nao tivesse tido nao saberia do risco agora na gravidez. No meu caso, apesar de nao ser identificado como mutaçao genetica, sei que a gravidez por si so tem chances mais aumentadas que o anticoncepcional de causar tromboses.

    E viva a informaçao!

    Abraço

    ResponderExcluir
  23. meu nome e laiane moro no interior de goias. tive trombose, fiquei internada 03 dias, que susto! agora estou tomando marevan. mas estou com muitas duvidas , tenho que ficar de repouso durante o tratamento ou posso levar uma vida normal? estou amamentado tem algum problema? estou correndo riso de vida durante o tratamento com possibilidades de embolia ? por favor me ajude minha medica fica em brasilia e e muito longe de minha cidade so vou volta a ve-la daqui 15 dias. me jude...........

    ResponderExcluir
  24. eu tenho 28 anos e tomava anticoncepcional, e tive uma trambose os medicos acha que foi do uso da pilula quase morri pois foi muito rapido o ocorrido agoro faço tratamento para ñ trambosar novamente.

    ResponderExcluir
  25. eu estava de férias com minha familia em Los Angeles, tomava anticoncepcional e tive trombose lá. Fiquei 5 dias internada.Depois voltei ao Brasil. foi em maio de 2009. Ainda tomo coumadin, mas segundo o Dr. Elbio em junho deixarei de tomar o anticoagulante.Foi um susto!!!

    ResponderExcluir
  26. cleide disse...tomei pílula por 3 anos,depois passei pra ínjetavél,sentia muita coseira no local aplicado e sempre um carosinho isto por volta de + 2 anos fazendo o total de 5 anos usando anticoncepcional,sentia a cabeça doer muito,dor nas pernas e injaço e almento de peso...certo dia dei uma crise convulsiva,fui para no hospital...o médico q me atendeu passou me pro nourologista fiz uns exames disse q ñ tinha muita explicação e tal,ai então eu e minha família já suspeitamos q era o tal efeito da injeção,primeiramente graças a Deus parei de toma,e para honra e glória de Deus nunca mais volto...Porq...uma amiga minha tinha acabado de casa e tomou aqla d 3 mese,ela teve reação adversa sofreu muito durante o periodo da injeção no organismo durante os 90 dias dando... fortissima dor d cabeça,desmaios,convulsões,q médico nehum aki da terra deu conta de cura ela,só Deus msm,c/ muita oração...poq ela ñ aguentava nem pisa no chão,nem receber visita de nimguém,nem ouvir ném um minimo balhurinho se ñ a cabeça dela parecia q ia estora,e fazendo todos os exames ela descobriu q era a injeção,q a ginecologista dela tinha receitado. 21/04/2010

    ResponderExcluir
  27. Olá...eu tive trombose cerebral aos 26 anos, hoje aos 29 tive que retomar ao Marevan, e nem sei o que fazer pq tenho ovários policistos cuja medicação é o anticoncepcional que não posso de jeito nenhum..além do desconforto de ter que usar preservativo para evitar gravidez, até pq o Clexane é caríssimo..realmente..poucos se divulga ou informa sobre esse assunto. No meu caso o Yasmin desencadeou a trombose com apenas 2 cartelas.Desejo boa sorte e saúde a todas mulheres...
    Contato: rosana.12@hotmail.com

    ResponderExcluir
  28. Andréia
    Olá, Tenho 30 anos, tive dois abortos recentemente, e minha G.O me encaminhou para um Geneticista. Fiz vários exames e ele me disse q tenho trombofilia. Meu médico disse q terei q tomar um anticoagulante durante os nove meses de gestação. Estou com muito medo, pois ja tive duas perdas e não quero passar por isso de novo. O meu maior somho é ser mãe!! Vc sabe se mesmo com essa doença eu consigo ter um filho?

    ResponderExcluir
  29. Vida de milagres !!


    Eu com 24 anos, vindo da universidade, senti uma terrivel dor nas pernas, quase nao pude chegar em casa caminhando, fui levada para o hospital, que no final de varias coisas ( historia longa) descobriram Trombose Profunda venosa, nas duas pernas...uma menina jovem..nem os medicos queriam acreditar..
    vou resumir o maximo, apesar do testemunho ser grande demais..
    eu estava casada, tentava desesperadamente ter filhos, e acabava de ter um aborto de 5 meses e os ginecologistas nunca suspeitaram disso, e nao encontrava nada, eu achava que nao engravidava, mas na realidade engravidava varias vezes e perdia sem nem dar conta, descobrimos isso mais tarde. Bom fiquei viuva, me casei depois de 4 anos, e sempre querendo ter filhos e nenhum medico me falava nada sobre a trombose,e me animavam a te-los e sempre perdia, eles como nao sabiam , me motivaram com remedios, que forcou tanto os ovarios que eles pararam de trabalhar, entrei em menopausa precose...pensei..meu mundo caiu..resumindo outra vez, me divorciel,e me casei outra vez, e tornei a me divorciar, pois os maridos queriam ter flhos, eu dizia, Deus vai me dar, eu ainda serei mae, e eles diziam..olha o que os medicos disseram...vc NUNCA podera ser mae e eu quero ser pai,,,como a culpa nao era deles, eu abria mao, sempre com muita dor, pois amava, tanto que nao podia ser egoista o problema estava comigo..eu tinha FE que um dia ia acontecer mas eles nao tinha tamanha FE em Deus , acreditavam somente nos medicos...

    Hoje tenho o Matteus na Minha vida, ele e Holandes, companheiro, que acreditou nos meus sonhos, a medicina tambem evoluiu, porque hoje tenho 47 anos amigas, mulheres entenda isso, nao tem tempo para se sonhar...o nosso tempo nao e o tempo de Deus..nao existe nenhum homen melhor que o meu Matteus para ser pai dos nossos bebes gemeos que levo dentro de mim.

    eu fiz 4 inseminacoes- In vitro , mas dava trombofilia na placenta, e perdia, agora descbrimos que tenho que usar clexane de 80mg duas vezes ao dia, a dose mais alta ja usada, Imagina que nao pago nada, o governo Holandes me da todas as injecoes ( aleluia) pois seria R$360, dia, se eu tivesse que comprar essa dose alta. como faria ?? nao tem jeito mesmo, e acho um absurdo nosso governo nao nos dar, eu tenho dois planos de saude e eles tambem nao cobrem esse medicamento, no meu caso que sempre o INR deve estar 2,5 a 3.0 uso um remedio equivalente ao Marevan, inclusive recomendo vcs que usam Marevam buscar uma maneira de ver se conseguem esse remedio ACENOCOUMAROL SANDOZ 1mg
    muito mais eficaz que o Marevan de 5mg,
    este vc controla as dosagens melhor, ele e bem pequeno e ele controla o INR mais que o marevan
    O marevan ja esta ultrapassado la fora, incrivel que o Brasil ainda nao buscou outro.
    meu quadro e dos mais grave, formo Trombo por todo o corpo, ja tive 3 embolias pulmonares graves, 12 dias e mais em CTIs etc... Mas Deus esteve la comigo...sempre esteve, ele queria que hoje eu contasse isso pra vcs, ele queria que eu colocasse ele como prioridade na minha vida, acima de dinheiro, filhos, marido, tudo. No dia que entendi isso, ele me deu tudo que preciso hoje sou empresaria , muito bem sucedida no Brasil e exterior, tenho minhas casas lindas, meu marido lindo, minha saude maravilhosa, tudo controlado, e agora meus bebes ....so Deus mesmo..

    minha vida foi milagre no passado, no presente e sera no futuro....

    luciliafds@hotmail.com que Deus abencoe a todas e NUNCA desistam dos teus sonhos...com Deus TUDO e mais que Possivel..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa! Cheguei arrepiar ao ler o seu depoimento.emocionei e ao mesmo tempo quis lhe aplaudi por tamanha fé em Deus realmente. vc venceu e foi vitoriosa.Senti na pele a fortaleza do nosso Deus, agindo em sua vida.confio plenamente neste mesmo Deus que lhe salvou e realisou seu sonho de mãe.concordo plenamente:Com Deus TUDO é mais do que possível.vou conversar com meu medico sobre a troca do marevam. Obrigada pela alerta, que servirá para muitas pessoas.

      Excluir
  30. Ola que pena que só vi este blog agora que ja passei por tantos problemas, meu nome é Monica e tenho 32 anos tomava a 6 anos o anticoncepcional micropil e meu querido ginecologista fez o favor de mudar para o Adoless a 4 meses ele disse que nao se pode tomar por tanto tempo um mesmo anticoncepcional.
    Pois bem a mudança ocorreu sem pedir exames ai que me vem a pergunta, (nunca tome um remedio sem consultar seu medico ) ta o que este medico fez nada ele simplismente mudou meu remedio.
    Pois bem a dois meses tive uma trombose na perna direita.
    foi horrivel fiquei 15 dias internada tomando injeção de anticoagulante a dor era horrivel, cheguei a desmaiar de tanta dor.
    E eu nunca tinha ouvido falar em trombose até que os medicos me informarao que a causa disso foi a troca do meu anticoncepcional.
    Pois bem agora estou pela caixa deste julho e minha pericia so esta marcada para outubro isso é se ate la estes medicos voltarem de greve.
    Tive minha vida paralisada por causa de um medico que para mim nao cumpriu com o seu dever de Medico.
    Graças a Deus hj estou me recuperando mais ainda nao posso abusar pois sinto dores.
    Ai fica o meu recado Mulheres fiquem atentas com os ginecologistas.

    beijos a todas

    ResponderExcluir
  31. Amiga por favor responde-me.
    Minha namorada tomou muitas pilulas do dia seguimte em menos de 6 meses,que perigo ela corre,ou não ha perigo nenhum.
    Estou preocupado com ela.
    ps. Jr

    ResponderExcluir
  32. Minha namorada tomou varias pilulas do dia seguinte que perigo ha nisso,Em menos de 6 meses ela deve ter tomado umas 8.
    Ela deve procuarar um medico agora pra reverter tanto Hormonio.
    Obrigado
    aguardo resposta

    ResponderExcluir
  33. JR, a pílula do dia seguinte é muito perigosa de se tomar. Ela foi feita para um caso de EMERGÊNCIA, e isso já diz tudo.

    Sempre tem que ter acompanhamento médico para se engerir qq tipo de remédio. Uma vez que se tome, "tudo bem", mas 8 num mesmo mês, ou ainda no ano? Isso não pode acontecer mais!!!
    É muito perigoso.

    Não se esqueça que na pílula há muito hormônio e esse exagero pode causar um tremendo mal a saúde. Sangramento, vômito, e muito mais, afeta tudo lá dentro dela na região do ovário. Cuidado, não permita que ela faça mais isso.

    Se ela não se cuida, coloque um diafragma ou coisa semelhante, mas é mais barato um médico para orientar, do que reparar os danos que ela pode causar para a sua saúde.

    ResponderExcluir
  34. Cristina |Krauskopf Francisco10 de janeiro de 2011 11:56

    Oi Conceição! Hoje estava exatamente pensando em escrever sobre "trombose"! Um perigo silencioso, não divulgado e completamente "inexistente" para os médicos ginecologistas!
    Até que aconteça desastre que é uma trombose!
    No meu caso tive trombose cerebral! Sou enfermeira, fazia reposição hormonal, e ultimamente tinha dores de cabeça desesperadas, explicadas , pelo médico como estresse ou enaqueca!
    Até que no dia 11 de dezembro, minha cabeça parecia que ia explodir e comecei a ter alterações visuais. Procurei um pronto socorro e pronto! 14 dias de internação, com trombose cerebral, clexane, tramal para dor(porque ela é mesmo de desesperar), repouso . Estou afastada , tomando marevan, mas meu nível de coagulação naõ chega no esperado, e as dores , embora em menor intensidade continuam!
    Tenho revisto dieta, não sei se posso fazer exercícios físicos, mas está sendo muito doloroso, literalmente!
    Além de dar uma parada brusca na minha vida, tenho que conviver com um "trombo" na cabeça, que eu não sei se está controlado ou não!Faço exames a cada semana e o médico que me acompanha é o mesmo que me atendeu no hospital!
    Por hora está tudo muito recente, e eu estou tentando me inteirar de todos oestes assuntos. O que me assustou , fo a quantidade de mulheres que estavam internadas com o mesmo problema!Meninas muito novas , como sua filha!Está faltando cuidado e generosidade por parte dos médicos para medicarem suas pacientes!
    Foi muito bom eencontrar seu blog! Abraços!

    ResponderExcluir
  35. Cristina, eu queria ter seu e-mail, mas não tenho infelizmente, então respondo aqui mesmo. Agradeço seu comentário tão sensível e importante e concordo com muitos do que você escreve, porque quando internei minha filha, eu ví exatamente isso que descreveu a respeito da sua experiência no hospital. Haviam outros casos no hospital com relação a pílula e com casos muito sérios assim como os nossos.

    Infelizmente não se fala tanto do perigo que a pílula causa. Há que se fazer exames para sabermos se é aconselhável tomar ou Não. Mas isso não parece importante...

    Quanto ao Marevan, é difícil mesmo de se acostumar com ele, pois toda a alimentação diferente que você comer, vai alterar o resultado, principalmente em alguma verduras e grãos. Mas tudo se acomoda, acredite nisso. Minha filha tomou por um ano, e fazia exames quase que semanais nos primeiros meses, depois se ajustou.

    Entendo o que sente, mas logo virão outros medicamentos para substituir o marevan, e a medicina está em evolução constante, acredite nisso também.

    Você vai se entender com essa nova fase e vai também se cuidar mais, isso é positivo. Não desanime e toque a vida para frente.

    Obrigada mais uma vez, um beijo para você!

    ResponderExcluir
  36. Oi, Conceição!
    Seu post é bastante interessante, e apesar de antigo vi que ainda está respondendo perguntas nos comentários, então resolvi escrever.

    Eu tenho 21 anos, idade da sua filha quando desenvolveu trombose e, embora nunca tenha tido nenhum problema de saúde nesse sentido, compartilho com vc o mesmo sentimento em relação às pílulas e à falta de preocupação dos médicos em receitá-las.

    Desde que comecei a menstruar, sofro muito... tenho o ciclo irregular, cólicas fortes, tpm fortíssima e desde o começo deste ano comecei a sofrer tb com hemorragias menstruais. Apesar de toda essa minha "saga", nenhum médico com quem me já consultei se preocupa em fazer exames investigativos que vão além do "básico" (ultrassom, medição dos principais hormônios) e cada um receita, sem mal olhar na minha cara, um anticoncepcional diferente, tido como única "salvação" para o meu problema. Pois é, seria ótimo se eu conseguisse usar os anticoncepcionais... não consigo. Basta começar a tomá-los pra ter sangramento de escape constante, dores de cabeça, alterações violentas de humor... poxa, o que eu faço? Não existe nenhum médico no mundo que se preocupe com o que eu estou sentindo e tente resolver o problema de maneira não agressiva para o meu organismo?

    Agora, sabendo dos riscos de trombose das pílulas, estou ainda mais alerta. "Descobri" tal coisa por completo acaso, investigando a causa da minha hemorragia... acabei fazendo o tal exame de protrombina, que é usado para monitorar a formação de trombos no sangue. Estava tudo normal, mas eu fiquei enraivecida por ter percebido que nenhum médico nunca se preocupou em verificar isso antes de me receitar as tais pílulas. Poxa, formar coágulos no sangue é muito sério! Vamos perder vidas por causa da preguiça dos médicos e da indústria farmacêutica em observar os efeitos colaterais dos seus medicamentos?

    Beijo...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Léticia! Desde a minha primeira menstruação sofri de cólicas, são dores absurdas. A primeira medicação que tomei foi piroxican, a médica receitou tomar 5 dias antes da menstruação, mas o problema era q meu ciclo erra muito irregular, então, não sabia quando ia menstruar, portanto, era dificil saber quando tomar o remédio. Isso significou idas mensais ao hospital, pois as dores só passavam com a administração de buscopan injetável. E essa foi minha saga, tomei varios anticoncepcionais, depois de 3 meses, tinha que mudar, porque não fazia mais efeito, e após 3 meses mudava novamente. Fiz US foi diagnosticado ovário policistico, muito comum por sinal, achei que tinha desvendado o mistério das minhas cólicas. Porém foram anos e anos de dores intensas. Comecei então a pesquisar sobre endometriose, todo mundo me dizia que só dava pra saber se eu tinha através de US transvaginal, ou ressonancia ou videolaparoscopia. Como eu era virgem optei por não fazer a transvaginal. A ultima ginecologista que me atendeu pediu que eu fizesse o exame de CA 125, deu negativo e fiz também uma ressonancia, dia 09 recebi o resultado, foi confirmado tenho endometriose focal, fiquei desesperada, achei que não ia poder ter filhos e só tenho 24 anos, A medica me disse que ninguem ia querer me operar por que era apenas em um lugar, um só foco, o que podia ser feito era tomar anticoncepcional para minimizar as dores, fazer o controle repetindo a ressonancia daqui a seis meses, e pedir a Deus que a endometriose não aumente. Me receitou cerazette, disse que esse é diferente dos outros porque não tem estrogênio, os que eu tomavam anteriormente tinham estrogênio é como se ele alimentasse a endometriose. Tenta fazer uma ressonancia pelvica, talvez ajude no seu diagnostico.

      Excluir
  37. Letícia obrigada me escrever, e deixo meu e_mail para poder falar com vc. Respondo por aqui apenas quem não deixa uma forma de ligaÇão comigo, se quiser, anote aí.
    conduarte@gmail.com

    Obrigada e tenho um médico a te indicar caso queria...Não é o DR. Luis, não.

    Boa Páscoa Conceição

    ResponderExcluir
  38. Oi Conceição...me emocionei com a história da sua filha,tão novinha e passar por tudo isso. Ei tive TVP a 1 ano e meio e tomo marevan até hoje, faço mensalmente o TAP. O problema é queria muito engravidar e não sei o que fazer, faço todos os exames e consultas pelo sus, mas é tudo tão demorado. Cada médico me diz uma coisa, o vascular diz que não posso engravidar tomando marevan, o ginecologista que consultei semana passada disse que não tem problema, que quando for confirmada a gravidez eles passariam para a clexane, não tenho condições financeiras para consultas particulares pra ver se resolvia isso mais rapido e nem para comprar o clexane. Ja vou fazer 34 anos tenho um filho de 10 anos, fico sem saber o que fazer. Desculpe o desabafo...acho que vc me entendi né!!!! Feliz Páscoa pra vc e sua familia...beijoss Luciana

    ResponderExcluir
  39. Luciana, soube por uma leitora que ela conseguiu recentemente, agora nesse mês de Abril ou Março, no SUS o direito às injeções de Clexane. Deus queria que você não precise delas, mas se engravidar, esse não será mais obstáculo. Todos nós temos direito a elas. São mesmo caríssimas, mas você pode ter de graça! Pense bem se é isso que quer e se informe. Cada caso é um caso, porém, engravidar pelo que me consta como leiga, pode sim. O que acontece é que a partir do conhecimento da gravidez em você, mais 45 dias, segundo Dr. Élbio Damico, o médico da minhafilha, essas injeções terão de ser aplicadas. O Marevan é ótimo remédio, barato e o que há até agora no mercado para a maioria da população que precisa dele e são muitos, sabemos disso, no entanto, ele é difícil de se ajustar ao seu organismo e por isso é preciso fazer exames de sangue constantemente. O Clexane é caríssimo, e dispensa essa coisa de controle, uma maravilha, mas ainda é caro demais para qualquer pessoa. Pense bem, se vale a pena ter outro filho no mundo de hoje, com sua idade e com seus problemas de saúde, mas que você tem essa possibilidade, me parece que tem sim! Se organize e se informe.

    Desejo sorte, saúde, sucesso sempre na sua vida.
    Se cuida para poder cuidar de seu filho de 10 anos, esse já está aí e precisa de você.

    Obrigada por dividir comigo o seu problema e vamos falando.

    beijo, Conceição Duarte

    ResponderExcluir
  40. Oi Conceição td bem? Pelo que eu entendi então pode engravidar tomando o marevan e depois de 45 devem começar as aplicações de clexane??? Na bula do marevan diz que pode causar má formação no bebê.Morro de medo de algo dar errado ou de não conseguir o clexane nesses 45 dias...Se souber de algo me ajude por favor....beijos e obrigado pelas informações

    ResponderExcluir
  41. Luciana, a melhor que coisa que vc tem a fazer é conversar com um médico. Não sou médica e não tenho conhecimento disso, mas me parece que quem toma marevan e engravida, passa imediatamente a tomar o Clexane. Mas é sempre bom consultar seu médico. O Marevan é um medicamente delicado e altera fácil o seu INR, de acordo com o você come, e tanto mais, como remédios que por ventura pode tomar junto com ele, etc... Sempre a orientação médica é o correto.

    Desejo a vc muita sorte e saúde!
    Sei que é possível pois em casa tive essa experiência.

    Obrigada, beijinho, CON

    ResponderExcluir
  42. Oi Conceição,
    Queria deixar meu relato:
    Comecei a tomar anticoncepcional por orientação do meu ginecologista devido ao excesso de oleosidade na pele, acne e pêlos grossos no pescoço e seios. Em três meses minha pele era outra, lisa e aveludada como um pêssego. Os pêlos sumiram, fiquei maravilhada. O único incoveniente que tive a príncipio foi o endurecimento dos seios e sensibilidade. Relatei isso ao meu ginecologista e ele pediu um ultrassom das mamas. Tudo normal, prossegui com o anticoncepcional e logo as dores nos seios se foram.
    Pois bem, exatos 9 meses depois comecei a ter muitas dores de cabeça, fui a vários médicos e fiquei quase 2 meses tratando como enxaqueca. Havia horas que eu tinha que ir no pronto-socorro tomar medicação na veia para conseguir ir trabalhar. Em dezembro/10 essas dores começaram a se intensificar na região da nuca, comecei a ter zumbidos no ouvido esquerdo também, até que inflamou. No iníco de janeiro de 2011 a dor ficou mil vezes pior, eu não sabia mais o que era real e o que era pesadelo, tive convulsões, vômitos, saí de casa carregada e chegando ao hospital tomei morfina na veia e mesmo assim a dor não passava. Eu tinha certeza que estava morrendo. Resolveram me internar e fiz um tomografia. Apareceu uma mancha enorme no meu cérebro, os médicos então fizeram uma ressonância para ter melhor diagnóstico, pois havia a suspeita de trombose cerebral e isso foi confirmado pelo exame. Eu tive dois avcs, um hemorrágico e um isquêmico por causa da trombose, tudo assim, ao mesmo tempo. Fiquei o mês da janeiro inteiro internada. Pensei que fosse morrer, a cabeça simplesmente não parava de doer, tomava morfina, tramal e a dor não passada. Teve momentos que implorei p'ra ser sedada porque não dormia no hospital por causa daquela dor desesperadora. Com 3 dias de internação fui desenganada pelos médicos à minha família, perdi os movimentos do lado esquerdo do meu corpo, fala, visão e audição. Virei uma morta viva no hospital. A trombose cobria toda parte de cima do meu cérebro e escorria pelo meio, de forma que não havia nada a fazer. Os médicos não achavam que eu sairia de lá viva e se saísse, ficaria vegetando. (continua...)

    ResponderExcluir
  43. (...)continuação)Estou viva por um milagre de Deus, quando me lembro do que passei choro, pois foi o pior momento da minha vida.
    De lá para cá, são quase 4 meses fazendo exames, não apareceu nada, nenum predisposição genética, nada. Complementando que eu não fumo, não bebo, sou atleta a mais de 10 anos e super cuido da minha alimentação. Ah, e só tenho 27 anos. Todos os especialistas que eu tenho passado são categóricos: foi o anticoncepcional.
    Ainda estou me tratando, faço fisioterapia para recuperar as funções do meu corpo e graças a Deus tudo está dando certo, além do remédios que me acompanharão ainda por mais um tempo. Fora isso o psicológico que nunca mais será o mesmo, estou traumatizada com tudo e com medo do futuro.
    Num outro fórum vi uma pessoa dizer que era só ler a bula que isso seria evitado. Não consigo deixar de me surpreender quando leio esse tipo de opinião, pois acho que ninguém saiu tomando anticoncepcional por conta própria e se este foi receitado pelo médico já é motivo suficiente pra seguir a orientação. Eu não tomo nada sem ler a bula, no caso do anticoncepcional o mesmo aconteceu.
    Tenho comprovado no meu dia a dia que isso é muito comum, conheci várias pessoas no hospital que me trato, algumas tomavam anticoncepcional há anos e outras a alguns meses, como o meu caso e sofreram trombose e 95% delas eram mulheres e tomavam anticoncepcionais, uma delas já tomava a mais de 20 anos, outra a menos de 3 meses. Digo 95% porque conheci muitas e entre elas, só havia um homem. Isso p’ra mim já quer dizer muita coisa…
    Não desejo a ninguém o que passei, eu me sinto frágil, confusa, com medo, sem saber o que pode me acontecer e choro quando lembro dos piores dias da minha vida.
    Nesses quase 4 meses estou me tratando e fazendo dezenas de exames (já fiz mais de 30) e tudo negativo, não tenho predisposição genética então o anticoncepcional continua sendo o culpado. Eu ainda quero voltar ao meu ginecologista e relatar o que me aconteceu e quero ver o que ele vai me dizer. A culpa não é dele, claro, mas vou ser bem realista e franca com ele, pois se soubesse que passaria por isso, que havia esse risco, jamais teria tomado. Detalhe é que ele me forneceu 3 caixas do anticoncepcional (amostra) no começo, provavelmente deve ganhar comissões ou prêmios dos laboratórios p'ra fazer isso.
    No hospital tinha vários outros casos, inclusive um com óbito de uma menina de 20 anos, também com trombose no cérebro, também tomava anticoncepcional, ela morreu em 3 dias. Isso as enfermeiras me contaram quando eu tive alta.
    Espero voltar em breve e dizer que superei tudo, que estou neurologicamente curada e psicologicamente feliz. Infelizmente no momento ainda estou um caco emocionalmente, embora já tenha passado quase 4 meses, parece que foi ontem.
    Bom, desejo que todos que passaram por isso superem, desejo saúde a todas nós, pois agora mais do que nunca vejo que sem ela, não somos nada. Vejo coisas que não via quando estava 100% bem, então a cada dia que acordo de manhã ou quando vou dormir e percebo que venci mais um dia, me consolo por ainda ter oportunidade de estar por aqui.
    Obrigada pelo ótimo blog Conceição!
    Um beijo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, me identifiquei com sua vida, já que tive um AVC no cerebelo direto a quase 6 meses, fiz diversos exames e todos não identificaram nenhum problema que pudesse levar ao AVC, mas a maioria dos médicos dizem que pode ter sido o anticoncepcional.Hoje quem me vê não nota nada, ainda sinto a sensação de incômodo do lado direito em especial o canal do ouvido e o olho direito ainda muito embassado, mas foi um milagre estar viva e com quase nenhuma sequela.
      Beijo, se cuida que tudo vai dar certo, também fiquei traumatizada, mas procurei um psiquiatra e psicóloga, que me ajudam muito estou saindo de uma depressão, mas estou mais animada.
      Saúde e força.



      Excluir
  44. Cara Conceição
    Estou a procura do endereço e fone do consultório do Dr. Elbio e não consigo. Vc pode me ajudar?
    Grata
    Dále

    ResponderExcluir
  45. http://conduarte.blogspot.com/2010/05/tempo-anticoncepcional-e-avo.html

    este é outro post a respeito da história que viví aqui

    ResponderExcluir
  46. Dálete estou procurando aqui , não estou em casa, mas se vc estiver em São Paulo e ligar no Sírio Libanes, eles te informas o fone do Dr. Elbio Damico, assim que eu conseguir posto aqui, tá bem?
    Obrigada.

    ResponderExcluir
  47. Dálete o telefone do Dr. Elbio é
    3159 0862.

    ResponderExcluir
  48. Bom dia,meu nome é Elisabeth Leao,moro no rj e usava desde 2005 a injeção anti-concepcional depo-provera e agora em março de 2011 tomei a última dosagem,pois custei a encontrar esse medicamento,pois o fabricante não tem entregue nas farmácias desde o final de 2010 e logo após o uso,meu pé começou a inchar,comecei a procurar diversas especialidades médicas,mas ninguém descobria o meu problema,depois inchou também a panturrilha e após uns 25 dias,fiquei inchada até a coxa,foi quando procurei um vascular,que ao verificar meus exames e conversar comigo,descobriu que eu estava com trombose causada por pelo anticoncepcional,fiquei internada por 2 semanas e agora devo prosseguir o tratamento com marevan,em casa,abraços

    ResponderExcluir
  49. Olá Conceição Duarte!

    Gostei do seu comentario sobre as pílulas anticoncepcionais,alertando as mulheres sobre alguns problemas que elas causam...Parabéns!
    Tenho 39 anos e também tive uma trombose há 4 meses por conta de uma troca de anticoncepcional. Iria me casar e precisava segundo a médica tomar nos meses aterioresao casamento, para não menstruar no casamento. Já havia tomado anos anteriors por períodos de 3 meses, seis meses, para diminuir o fluxo e as dores de cólicas que me incomodavam.
    Quando tive a trombose sentia dores tremendas na perna e um inchaço fora do normal, procurei um clinico geral que não pediu exames, apenas me disse ser uma tendinite, como estava para casar e com tantas coisas pra fazer decidi acreditar e tomar os remédios que ele receitou...durante um mês sofri com as dores e o inchaço não melhoprava. Casei-me, viajei seis horas de avião e continuei sem saber o que era, só depois de 3 meses que não via o inchaço desaparecer, porque dores eu não tinha mais, decidi procurara outro médico, esse me pediu exames e pra minha surpresa tinha uma trombose na minha perna. Foi muita sorte de Deus , ela não ter subido, pois eu fiz tudo o que não devia fazer com esse quadro de trombose.
    Hoje tomo marevam há um mês e já fiz o controle de IR, constatando que está td bem.

    ResponderExcluir
  50. Adorei todos os comentarios deste Blog ,são de extrema necessidade que se troque experiencias em casos como estes , estava na net buscando informação para uma duvida que tenho e ao fim do Blog continuo com ela ,então gostaria de saber: meu marido esta em tratamento com marevan pois teve trombose ,esta tomando a +ou- 2 meses e fazendo o controle de coagulação esta respondendo dentro do previsto , mas nos estamos tentando engravidar , eu estou sadia não tomo anticoncepcional a anos ,mas tenho receio que o marevan influencie em relação a má formação do feto ,não sei se a minha duvida tem muito a ver pois quem toma a medicação é ele ,mas gostaria muito de saber se alguem tiver alguma informção e puder postar agradeço muito ...Abraços

    ResponderExcluir
  51. Norma, obrigada por estar por aqui. Espero mesmo que seu marido esteja melhor, e saiba que muita gente toma marevan. Quanto ao remédio influenciar na sua gravidez, acredito que isso não aconteça, pois a grávida quando tem tendência a trombose, ela tem que tomar também, embora eles mudem o remédio para o Clexane ou outro equivalente a esse. Porém, vou perguntar ao Dr. Élbio Damico, que é o médico da minha filha e um dos melhores nesse assunto aqui no Brasil, para informar a você com certeza.
    Grande abraço, CONCEIÇÃO

    ResponderExcluir
  52. Oi Conceição, td bem?? meu nome é Jaini, tenho 21 anos. E em março de 2011, sofri uma trombose venosa cerebral, o motivo tbm foi a pílula que tinha sido receitada, sem exame nenhum, sendo q minha mãe teve trombose pulmonar, e eu no cérebro!!
    Só queria dizer que concordo com tudo o que você disse aí, pois também tomo marevan, tenho q fazer exame a cada 15 dias pra ver o INR e não é facil. Deveria ter mais pessoas como você, disposta a dar essas informações, que muitas pessoas, se informadas não tomariam nunca essas pílulas, QUE EU POSSO AFIRMAR, FAZ MUITO MAL, SEM CONTAR, QUE NÃO POSSO MAIS TER FILHOS!!
    Obrigadaa, Um abraço!!

    ResponderExcluir
  53. Olá, você que me escreveu hoje, dia 2 de Agosto Jaini, se puder me escreva contando mais da sua história, tenho um questionário que eu gostaria que voc6e respondesse, é possível? Meu e-mail é conduarte@gmail.com
    Muito obrigada, boa sorte e muita saúde, se cuide, com o remédio tudo dará certo. bjus

    ResponderExcluir
  54. Jaqueline Barbeito20 de outubro de 2011 17:53

    Olá Conceição, conheci seu blog da maneira mais dura possível... Estava no hospital internada com TVP na virilha e grávida de 20 semanas de gemeos. Pesquisava sobre trombose no celular e encontrei aqui depoimentos que me ajudaram a acreditar que sairia bem disto tudo, e viria aqui para contar minha vitória graças a Deus.

    Com cinco meses de gravidez gemelar (dois meninos) sentia muita dor na perna fui ao médico q mandou ficar de repouso por 15 dias, porém no 3º dia percebi que a dor insuportável na virilha não passava e fui ao hospital, fiquei internada (33 dias) com trombose venosa profunda na veia safena. Tomei Clexane todos os dias 2x até 15 após o parto. Aí vinha a preocupação, pois eu não poderia fazer uma cesareana as pressas devido ao risco de hemorragia, mas ao mesmo tempo não poderia ser parto normal devido a um dos bebes estar virado... Bom marcamos a cesárea com 37 semanas, mas na 36ª minha bolsa estourou ainda bem que não tinha tomado a injeção pela manhã ainda... então teve o espaço de 12 horas para o parto. Graças a Deus deu tudo certo,meus bebes nasceram saudáveis e nem precisaram ficar na UTI, após saber de todos os riscos que corremos nem me lembro das picadas de Clexane todos os dias por 05 meses (fornecidas pelo meu convenio, pois eu não teria como comprar). Descobri através de exames que tenho trombofilia hereditaria,tomo Marevan todos os dias e para evitar nova gravidez colocarei o DIU de cobre.
    Agradeço a você por ter me ajudado mesmo sem saber, as informações deste blog me auxiliaram muito. Hoje meus anjos vão fazer dois meses e estamos muito felizes.

    ResponderExcluir
  55. Jaqueline, fico tão feliz por você, pois a coragem e a sorte que vcs teem não é coisa simples de viver. Só mesmo por Deus! Que bom que seus bebezinhos estão bem e você também. Tudo passou e agora é só colher os frutos do que lhe foi dado por Deus, os seus bebês. Evite mesmo outra gravidez é muito difícil. Salve o clexane!! Salve a vida que é maior do que qualquer outra coisa. E obrigada por me escrever. Se puder, me conte se continua tomando marevan, ou se está dispensada de tudo isso. E sempre cuidado para Não engravidar novamente.
    Grande beijo, CONCEIÇAO

    ResponderExcluir
  56. Me chamo Sara, e estou sem palavras com tudo que li no blog. Mais impressionada ainda lembrando de minha médica me receitando Diane 35, como se não fosse nada demais...e sem solicitar exame algum, apenas porque apresento ovários policisticos. Estou na primeira cartela, mais especificamente no 8º comprimido e sinto apenas um cansaço tremendo, um pequeno, bem pequeno mesmo, incomodo no peito, quando faço esforço, e no braço esquerdo. Tenho ficado um pouco mais distraída também. Fora isso não percebi qualquer outro sintoma, por enquanto. Mas isso me fez reler a bula e procurar informações. E agora não sei o que fazer...mas penso que fora os problemas trazidos pelo SOP não pretendo acrescentar alguns mais, motivo pelo qual acho que vou deixar esse diane 35 e focar em outras formas de tratamento, como acunpuntura, o espironolactona e glifage. É essa dúvida de não saber em qual estatística que nos encaixamos que nos expoe. Não sabemos se somos as que não sentem nada com os anticoncepcionais, ou as que podem morrer, até coisas realmente ruins acontecerem. E conheço médicos próximos. Vou perguntar porque eles nos tratam como estatísticas, se sabem que somos filhas de alguém, irmãs de alguem, mães de alguém, assim como eles, e, provavelmente de quem tratariam melhor se fossemos deles!
    Um abraço.
    Meu email é saratobias@hotmail.com se alguém quiser conversar. Bjos.

    ResponderExcluir
  57. Ola me chamo Nanci,

    Em 2005 comecei a sentir fortes dores de cabeça com medo de lagum resultado tentava disfarçar a dor, porem no 6 dia nao consegui disfarsar as dores e as olheiras pois não dormia a dias com as dores, minha mãe me levou ao um neurologista Dr Morsart na hora fui encaminhada para fazer uma tomografia, onde o dr se assustou ao ver o resultado, fui as presas para goiania para o centro neurologico onde foi diagnosticado TRAMBOSE VENOSA CELEBRAL, meu mundo com o de minha mãe acabou ali, mas gracas a Deus me deu força e uma mãe maravilhosa para me dar apoio e vencer, apos varios exames foi comprovado que tive esta doença devido tomar anticoncpicilnal DIANE 35. HJ GRACAS A DEUS ESTOU BEM TIVE UM FILHO LINDO E SEM COMPLICACOES NA GRAVIDEZ.

    ResponderExcluir
  58. Querida Conceição e colegas,

    Estou muito contente de ter achado este blog. Também passei por uma situação parecida. Em dez de 2010, após uma gravidez sem nenhuma complicação, nasceu minha filha, Manuella. Após 3 dias do parto comecei a sentir falta de ar e não conseguia permanecer deitada. A minha médica disse que devia ser pelo inchaço...mas Deus colocou um anjo de médico na minha vida, Dr. Sidney Luiz Stabile, que me mandou ir direto para o PS. Quando fizeram a tomo, constataram embolia pulmonar! Fiquei 3 dias na semi-intensiva e mais 8 dias no quarto...longe do meu primeiro bebezinho!Foi muito difícil! Após a alta do hospital, continuei o tratamento com o Marevan, fazendo o controle do INR duas vezes por semana no começo...Em junho de 2011 parei com tudo por indicação do Dr. Elbio que não constatou nada em meus exames. Lembro-me bem que até a amamentação foi um dilema na época, porque, algumas pessoas disseram que não poderia amamentar por causa do Marevan...no entatnto, também fui assistida por profissionais de altíssimo gabarito como o Dr. Mauro Toporovski e Dr. Carlos Marcelino...todos cuidaram muito bem de mim e da minha filhota, que hoje tem 1 aninho e está crescendo super saudável!Me coloco à disposição para pessoas que estejam passando ou que já passaram por histórias similares e que queiram trocar "figurinhas".
    Hoje estou começando a ter vontade de engravidar novamente...coloco nas mão de Deus e agradeço a Ele por ter me proporcionado a vida e por ter me mantido viva para ver minha filhinha crescer...
    Em março farei minha primeira viagem de avião longa e sei que terei que tomar o Clexane...gostaria de saber mais sobre a experiência da sua filha com vôos longos.

    Deus abençoe todas vocês em nome do Seu filho Jesus, nosso Salvador!
    Alyne
    lysimoes@gmail.com

    ResponderExcluir
  59. Alyne, fico feliz em saber que aqui encontrou um canto para desabafar e entender que não estamos sozinhas no mundo. Torço por todas vocês, pois senti na pele tudo isso.
    Seus médicos foram bons mesmo. Graças a Deus, você teve esse privilégio. A viagem de avião é tranquila, faça o que Dr. Elbio orientar, provavelmente será preciso usar meia, e o Clexane além dos exercícios dentro do voo. Ande um pouco, se movimente, faça isso algumas vezes e tudo dará certo. ela costuma tomar a injeção muitas vezes, depois que passa do passaporte. Assim o efeito dele, pega quase todo dentro do se voo. Ela viajou muito e viaja ainda... Sempre fazendo isso. Da tudo certo. Aproveite sua viagem, tudo será lindo. E vamos falando... um beijo, CON

    ResponderExcluir
  60. Olá Conceição Meu nome é Ana Paula, tenho 21 anos encontrei seu blog por acaso e fiquei muito feliz de tê-lo encontrado. Vou contar um pouquinho do que aconteceu comigo aos 16 anos comecei a tomar pilula devido a um ovário policístico (indicação Médica) e também como a maioria aqui não fiz nenhum exame hoje com 21 anos fui diagnosticada com trombose cerebral e o neuro que me acompanha disse que 95% de chances de ser devido ao anticoncepcional. Faço tratamento com Marevan e Hidantal (devido a crise convulsiva que tive devido a doença). Entendo perfeitamente o que você e sua filha e todas as outras aqui passaram porque não é fácil. Ainda tenho muito medo e dúvidas. A enfermeira do hospital disse que estou aqui por um milagre de Deus porque passei por momento difíceis. Por isso peço a todas que se puderem me ajudar no sentido de tranquilizar eu agradeço, qualquer coisinha ja acho que é reflexo da doença e que pode complicar. Beijos
    Contato: anap.cirilo@gmail.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ola ana tive uma embolia pulmonar com derrame pleural causado por uma trombose venosa profunda, graças a pilula. Não tenho nenhum fator genetico de trombose oque leva diretamente a culpa para a pilula! Fique tranquila pq depois de alguns dias o trombo se fixa e naum tem como se soltar mais, segundo meu medico ele disse q a partir do momento q vc começa a tomar os anticoagulantes o efeito é impedir novos trombos a se formarem e dissolver o que ja esta preso sem q ele se solte! Fique com Deus pq Ele que te impediu de algo pior!

      Excluir
  61. OI, meu nome é Juliana, sou carioca e tenho 29 anos. Ano passado perdi minha bebê com 5 meses de gestação. Por motivos de ovários policísticos, comecei a partir de 18 anos tomar diane, diclin, os anticoncepcionais com um nível perigoso de estrogênio. Nada foi dito pelos ginecologistas que passei, eles visavam meu problema de pele e a contracepção.

    Hoje os médicos infelizmente só pedem exames mais detalhados quando já aconteceu alguma coisa. Vejo em alguns médicos que só acham grave quando a pessoa já está com um trombo impedindo a circulação ou já perdeu uns 2 ou mais bebês.

    Minha ginecologista não me pediu estes exames e nem me indicou ir em um hematologista. Eu comecei a pesquisei muito sobre causa de abortos por trombose e vi que poderia ser. Graças a Deus, para mim, é mais fácil de se entender por eu ser médica veterinária. Eu já sabia de algumas desordens do hematológicas mas comecei a fuxicar o assunto (coisa q os médicos detestam! rsss). Então que tinha que ir a um reumatologista, angiologista, hematologista ou geneticista.

    Hoje eu entendo as coisas, as vezes minhas pernas doiam, quando ficava mt em uma posição e agradeço a Deus porque ele me incomodou a procurar quando todos falavam p eu tentar outra vez logo. E posso também agradecer porque Ele nos poupou, porque minha filha ia nascer com problemas ósseos pela deficiência na chegada de O2, sangue, e seus nutrientes.

    Estou na fase de investigação ainda. Pois só esse mês que descobri que tenho proteína S baixa e o fibrinogêneo alto. Nesse momento ainda tomava minha pílula, mas na hora que vi o resultado parei. Estarei indo dia 3 de abril na minha médica hematologista e ginicologista. Estou pensando eu procurar uma GO de alto risco para me dar segurança.

    Gostaria de mais dicas de vocês, cuidados e informações necessárias para casos como o meu. Pois vejo que há muitos casos de mulheres que tiveram problemas como o meu. Mas acho que quando há um sonho de Deus para sua vida, não desista de ser mãe. Não deixe seu medo te impedir disso, se agarre a Deus e deixe ele te guiar. Eu não desistirei dos meus sonhos gente... sei q Deus quer um lindo bb para mi pois Ele já me prometeu isso e as palavras Dele são poderosas, e não falham...as dos médicos podem ser até reais ou as vezes pessimistas, mas tomando as medidas seguras podemos sim, sermos mães.

    Agradeço muito a Lucília pelas suas palavras de fé, Deus sempre será fiel. Peço a Ele que faça mto mais aí na sua vida, seja luz aí na Holanda querida!

    Agradeço a Conceição duarte... como situações que nos causam tanta dor são usadas para ajudar outras pessoas e nos fazer pessoas melhores não é? Q Deus continue te usando querida. Pq o povo não pode depender e confiar as cegas em seus médicos, temos q nos informar e exigir nossos direitos de fazermos os exames p prevenir o mal.

    Se quiserem me adicionar , ou melhor me seguir, eu tenho um blog que venho escrevendo antes desse episódio em minha vida... aí poderemos conversar mais

    http://casoriodejulieandrews.blogspot.com/

    meu email julicrf@yahoo.com.br

    Deus abençoe a todos!

    ResponderExcluir
  62. CONTINUAÇÃO DE polyana - Assim, fiquei 6 dias aos cuidados do Dr. Guilherme Junqueira, que por ironia foi o médico que me deu alta na primeira internação. Ele tem sido bastante atencioso comigo. Foi após tomar clexane e marevan que comecei apresentar melhoras aos poucos. Faço controle por meio de exame de sangue, que está regulado. Fiz uma angioressonância em fevereiro que constatou que toda a circulação voltou ao normal, sem sinais de trombose. Somente em fevereiro voltei a fazer pilates. No início sem qualquer esforço físico, muito repouso. meu corpo sentia essa necessidade do descanso, ficava muito cansada. Nesse repouso é que tomei conhecimento de tudo o que me ocorreu e chorei muito, pois não tinha um ano de casada, estava com minha rotina nova... e de repente fui impedida de tudo... não me via mais capaz de ficar sozinha e voltar à minha rotina. Hoje faço pilates e não sinto absolutamente nada. É como se eu não tivesse tido nada. Hoje, mesmo bem e lendo esses relatos eu penso quanta sorte e quanta bênção eu tive! Ainda me assusto ao lembrar de tudo e ver pessoas que passaram pelo mesmo e não tiveram sorte. Tomarei o marevan até junho, quando farei novo exame de ressonância e exame de sangue para constatar meu sangue sem o anticoagulante. Aí que farei a investigação. Todos os médicos que comento não acreditam que eu tive a trombose, por não ter pré-requisito, aliás lembro de constar na bula, mas desconhecia a trombose, aliás conhecia em idosos e nas pernas. Afirmam ser a pílula (apesar que as minhas dores de cabeça na pausa, segundo a médico, não tem nada a ver, porém agora sem pílula, nunca mais tive dor de cabeça desde dezembro!) pois se fosse meu sangue predisposto eu teria tido algo antes.
    Vou aguardar! Mas me preocupa uma gravidez, pelo risco pra mim e para o bebê!
    Obrigada pela atenção. Estou à disposição.

    pollyanazavitoski@yahoo.com.br
    Recebi via e-mal e passo para cá mais um depoimento em duas partes

    ResponderExcluir
  63. Olá Conceição,

    Me chamo Bianca, tenho 29 anos e um filho de um ano, há dois meses tive uma trombose na veia ilíaca, e uma embolia pulmonar, que so descobri depois de um mes quando mudei de médico, isso que eu estava dentro do Einstein. Agora estou me tratando com o Dr Cyrillo Cavalheiro, ele é da mesma equipe do Dr. Elbio Damico, no Sirio. A principio meu exames não deram nada de anormal, tudo indica que foi a pilula yasmim, mas terei que tomar o coumadin por um ano. Quero engravidar assim que eu parar o remedio, eu li o seu relato sobre a sua filha e fiquei feliz em saber que a gravidez com o clexane foi tranquila. Passar por isso com 29 anos e um bebe foi terrível, agora fico o tempo todo com medo de ter de novo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bianca, obrigada por me escrever. Imagino o quanto está sendo difícil para você absorver tudo isso que acontece na sua vida. É muito complicado mesmo, sem dúvida, mas não é o fim do mundo. Em primeiro lugar foi bom você ter encontrado médicos bons. Pelo que percebo, o seu tratamento será parecido com o que teve minha filha, pois também tomou remédio por um ano, só que foi o Marevan. Depois disso, suspendeu tudo. Digo tudo, porque ela tomou também um remédio pra depressão, pois aos 21 anos saber que poderia morrer de hora pra outra, não é fácil de administrar. Mas ela está bem. Já estamos na segunda neta. A última tem um mês e meio e tudo foi bem. Só que durante toda da gravidez ela teve que tomar diariamente o clexane e isso é bem "chatinho" mas ela é forte, brava! Ela mesmo se aplica e tocou a vida enfrente! Eu é quem fico apavorada. Por mto tempo, ela também ficou apreensiva com outra possibilidade de trombose, e te confesso que até hoje, ela tem medo, mas quando tem algo, me quer por perto e logo procuro tranquiliza-la. Com os remédios e orientação do Dr. Élbio ou gente de sua equipe, ou ainda outro médico interessado no seu caso e conhecedor do problema, porém especialista em sangue, poderá acompanhar perfeitamente o seu caso. Se cuide, sorte e dá notícias. Obrigada mais uma vez, CON

      Excluir
  64. Primeira parte de Polyana
    Sou a Pollyana!
    Iniciei o uso de pílula Yasmin em 2003 com recomendação médica devido aos ovários policísticos. Emagreci, notei diferença na pele, pelos, etc, porém na pausa tinha dores de cabeça, enjoos, vômitos. Relatava à médica, mas era informada que eram os hormônios. Em 2008 mudei para o Yaz e continuei com os mesmos sintomas na pausa. Sempre com acompanhamento médico. Em consulta com a ginecologista em julho de 2011 comentei que queria parar a pílula, não sei porque, não tinha intenção de engravidar, mas queria parar. Ela disse que não pode parar de repente, que não valia a pena devido aos benefícios.... Aos 26 anos, em 9 de novembro de 2011, ao tomar um banho pela manhã, estava normal, bem, não senti nada dias antes, espirrei e senti uma pressão na cabeça passageira e um mal estar. Hoje não sei como consegui sair do banho, estava sozinha, liguei para minha mãe relatando o fato estranho acontecido. Vomitei bastante, nada parava no estômago. Só sentia mal estar, nada de dores. Como no dia seguinte continuava o vômito, tentei tomar dramin mas não adiantou. Fui no pronto atendimento e tomei soro e plasil, com diagnóstico de virose... Continuei com mal estar, mas sem vômitos, porém sem conseguir comer. Quatro dias após o início dos sintomas comecei com forte dor na nuca, lado esquerdo, zumbidos nos ouvidos, tomava remédio e nào aliviava, horrível dor! Foi então que comecei a ter visão dupla, achei que fosse melhorar, que fosse fraqueza... foi quando após 8 horas de visão dupla, eu estava literalmente largada, fui ao hospital. Fiz exames e o médico plantonista falou que era pra ir pra UTI que eu estava com hemorragia pequena e seria operada no dia seguinte. Fiquei muito serena, ri e disse pra minha mãe à caminho da UTI: vai ficar tudo bem.... Estava anestesiada espiritualmente, não tinha noção da gravidade. No dia seguinte, fiz outro exame e o laudo deu normal! Fiquei mais um dia internada e tive alta! Voltei pra casa sem melhora alguma, foi quando minha mãe me levou ao oftalmo para saber o porque da visão dupla que estava comigo 24 horas por dia já há 4 dias. Foi aí que fiquei estrábica! O oftalmo avisou que era neurológico! Por telefone, minha mãe entrou em contato com um neuro renomado de Campinas conhecido da família e ele fez um teste à distância comigo e afirmou que meu nervo do olho esquerdo estava inchado e que era reversível. Não satisfeita, minha mãe me levou para uma consulta no dia seguinte com um neuro e ele leu os exames e constatou a trombose venosa cerebral e ficou envergonhado, já que foi a equipe dele que me atendeu e fez o laudo errado. Fui internada na hora para tratamento
    continuação acima...

    ResponderExcluir
  65. Eu gostaria de saber quanto tempo leva para a veia recanalizar? Já tem 3 meses que eu tive uma trombose, refiz o doppler esta semana, e ainda não recanalizou nada. Mt Obrigada! bjs Helena

    ResponderExcluir
  66. Helena, como vai? Espero que vc esteja bem melhor. Que coisa desagradável o seu trombo ainda de amolando. Você precisa estar sempre, e imagina que esteja, em total afinamento com seu médico. O que recanaliza, ou desmancha o trombo são os remédios. Repouso... E veja então com o médico porque no seu caso está demorando pra ele ir embora. Ou ainda se não são outros trombos que se formam. Isso tb pode acontecer e vc pensa que é o mesmo.

    Se ainda assim vc tiver condição faça uma consulta com outro médico/ é importante ouvir uma outra opinião, ou então o que trata de vc, pode averiguar o que está acontecendo exatamente.

    Enfim, isso tudo é muito delicado. E imagino também que vc não esteja tomando hormônio nem nada que te prejudique, certo?

    Desejo sorte, saúde e sucesso, e muito obrigada por me escrever.

    ResponderExcluir
  67. ME CHAMO ROSILENE SOU DO RJ ESTOU COM MUITAS DUVIDAS SOBRE TROMBOSE POIS MEU CASO E BEM DIFERENTE TENHO TROMBOSE DEPOIS QUE FIZ ABDOMINOPLASTIA QUE SEMPRE FOI MEU SONHO FAZER .FIZ NO DIA 19/01/2012 FIQUEI 7 DIAS ENTERNADA O MEDICO ME DEU ALTA SO QUE EM CASA SENTI MUITA DOR NA PANTORRILHA E VOLTEI PARA O HOSPITAL E CONSTATOU QUE EATAVA COM TROMBOSE FIQUEI 11 DIAS ENTERNADA TOMANDO INJEÇAO NA BARRIGA E REMEDIO VIA ORAL AGORA ESTOU EM CASA SO QUE O MEDICO NAÕ ME DISSE MUITA COISA SOBRE A TROMBOSE MEU ULTIMO EXAME MEU INR ESTAVA 1.1 ELE ALMENTOU A DOSAGEM DO MAREVAM E SUBIU PARA 2.0 A 1 MES ATRAS POIS IREI FAZER OUTRO EXAME POR CONTA PROPRIA POIS ELE NEM MARCOU VOLTA EU MESMA VI O RESULTADO DO ULTIMO EXAME E AINDA MANDOU EU OLHAR NA INTERNETE O QUE EU PODIA COMER .MEU PÉ ESTA COM MUITOS VASOS E ESTOU SENTINDO CANSAÇO NO FINAL DO DIA POIS SOU EMPREGADA DOMESTICA OBRIGADA SE PODER ME AJUDAR ,ABRAÇOS

    ResponderExcluir
  68. Rosilene, obrigada por me escrever.
    Que coisa pavorosa o que aconteceu com você! No entanto, talvez isso tenha sido provocado pelo tempo que ficou na mesa de cirurgia e certamente vc tinha alguma tendência. Nem sei te dizer exatamente, mas vc pode pedir ao médico que faça esse exame em você! O que é certo é que nem pílula e nem reposição hormonal você deverá tomar durante a vida. Muito cuidado com isso. Não sou médica, mas é preciso colocar a boca no mundo e pedir a ele para explicar o que houve com você! O INR é mesmo para saber como está seu sangue, quando se toma Marevan, é preciso ter contrôle a respeito de como está seu sangue e ele é um remédio sensível a alimentação que você ingere, portanto há que controlar. Quando ele manda vc pesquisar na internet ele se refere a isso no entanto, um médico que tem responsabilidade deve te orientar. Pois muitas comidas alteram o resultado do seu sangue e o próprio sangue, claro! Você vai precisar reeducar seu organismo. Precisa saber se vai tomar a vida toda, ou por um tempo apenas... Se seus pés estão com problemas, ele precisa ver o porque disso tudo. É preciso deitar com os pés para cima, descansar um pouco, fazer movimentos com as pernas, não ficar muito tempo sentada, nem tampouco de pé... E por aí vai. Espero que ele te oriente melhor! Peça ajuda! E desejo a vc muita saúde! Sorte e sucesso, um beijo, CONCEICÃO

    ResponderExcluir
  69. Olá Conceição
    Tenho 30 anos e descobri que tenho trombofilia durante a minha primeira gestação, perdi o meu bebê com 8 semanas de gestação, foi horrivel...não sabia que existia essa possibilidade de possuir essa trombofilia, já que na minha familia não tem ninguém com histórico dela.Tenho alteração na mutação MTRH da A1298C, e desde que descobri estou angustiada e aflita pois quero muito ter um filho, sempre sonhei em ser mãe, e tenho muito medo de engravidar novamente e não dá certo.Gostaria que alguém me relatasse como foi a gestação de vcs.
    Obrigada.

    ResponderExcluir
  70. Rosilene, como vai? Sinto muito pelo que aconteceu com você e agradeço por dividir comigo o seu problema. Percebo ao longo do tempo desde que aconteceu com minha filha até os dias de hoje, que muitas pessoas teem isso. Muitas como você jamais imaginavam e eu mesma conhecia a trombose bem de perto, pois mamãe sempre teve. Ví e na minha infância acompanhei seus momentos de crise e sofrimento. Confesso que jamais pensei que minha filha tivesse isso um dia, ainda mais jovem, linda e solteira. No entanto ela tomava pílula e a partir daí, o próprio hospital nos faz conhecer o problema não só empírico, mas de muitos depoimentos deles. Depois que vivemos um caso, percebemos que a nosso redor, tb eles existem em grande quantidade. Não sou médica, você precisa de um bom médico na sua vida. O que entendi é que muitos casos assim, quando se quer engravidar, o que é preciso fazer é tomar um remédio que custa caro, mas que o INSS oferece. Se você se dedicar para ler os comentários desse post, verá quantas pessoas como você passaram por isso e como a nosso caso foi resolvido e vivido. Espero que você tenha sorte e sucesso na vida. Abraços, CONCEIÇÃO

    ResponderExcluir
  71. Bem, tenho 28 anos e em outubro do ano passado tive um desmaio dentro do banheiro. Acordei em seguida com fortes dores no peito e com intensa falta de ar. Já não sentia meus membros inferiores. Fui levada a um hospital e me mandaram direto para UTI. Diagnóstico: pneumonia. * dias de UTI e 7 dias de apartamento. Fiquei "boa". Poucos dias depois senti uma forte dor nas costas e fui parar na emergência. Solicitaram uma ressonância do tórax. Fiz. Diagnóstico: Embolia pulmonar. Fui encaminhada para uma pneumologista Tatiana Nunes que me internou às pressas para que fossem feitos logo os exames para diagnosticar as possíveis causas e começar logo o tratamento com Clexane e Marevan. Começava uma nova e difícil jornada na minha vida. Detalhe: por erro do hospital colheram o sangue mas não enviaram para o laboratório. Continuei a fazer o tratamento com Marevan com todas as restrições alimentares e de medicamentos. Eu deveria fazer isso por seis meses e depois procurar um hematologista para que uma nova coleta de sangue fosse feita para detectar as possíveis causas da embolia. Os seis meses que duraram uma eternidade chegaram. Fiz e os resultados sairam agora dia 22 de maio de 2012. Todos negativos tou indo levar dia 28 de maio levá-los a minha hematologista. Na época que tive o evento estava tomando Selene porque tinha cisto no ovário. Maldito anticoncepcional. Malditos médicos que não nos orientam antes de nos medicarem essa bomba. E bendita seja você que escreveu sobre este assunto ainda tão desconhecido das mulheres. Hoje, apesar de ainda não ter levado os exames, estou bem mais leve. É estranho ter a sensação de morte quando ainda se é tão jovem. Roseane Teresina Piauí.

    ResponderExcluir
  72. Como havia dito em postagem anterior meu exames não constataram nenhum doença genética, logo conclui-se que minha embolia foi causada pelo uso do anticoncepcional SELENE. Estou livre do Marevan, mas confesso que não estou totalmente leve. Acho que será um medo eterno. Roseane Teresina Piauí.

    ResponderExcluir
  73. Ola Conceição. Meu nome é Marcia. Em janeiro/2012 tive que fazer uma cirurgia de apendice e 10 dias depois, já em casa, voltei ao hospital e tive um diagnostico de embolia. Desde então estou tomando marevan e por alguns dias tive que tambem tomar o clexane. Minhas consultas com o hematologistas são agora mensais e nesta semana ele me disse que devo parar o remedio ja no mes que vem. Até agora os medicos não conseguiram me dizer ao certo o motivo da minha embolia. Ja tinha parado de tomar anticoncepcional a quase um ano, pois estava tentando engravidar. Pelo que me explicaram quando eu parar de tomar o marevan vamos iniciar uma investigação para tentar descobrir algo, principalmente se foi algo relacionado a trombofilia. Tomei anti por mais de 10 anos e agora sei que nunca mais tomarei.
    Hoje estou bem melhor, não recuperada 100%, isso tudo mexeu muito comigo(fisico e psico), mas vou ficar bem e voltar à vida normal. Um grande abraço e obrigada pelo Blog.

    ResponderExcluir
  74. Márcia, obrigada por me escrever e que bom que logo mais para o Marevan e tudo se tornará normal em sua vida. O importante é saber se você tem a tendência a trombose no sangue, e isso me parece que sim. A pílula deve ter sido quem desencadeou tudo isso. A cirurgia deve ter sido rápida, não vejo muita razão, mas em se tratando de indivíduos e respeitando o que os médicos disseram, cada um reage de uma forma e isso é complicado. Que bom que você descobriu e agora é só se tratar. Imagino que a pílula você nunca mais vai tomar, e o clesane será aplicado toda vez que estiver num hospital, pois é mais fácil de administrar do que o marevan. O Marevan é barato, mas é um remédio delicado, "chatinho" e o clexane além de caro, é diariamente uma picadinha subcutânea mas é, e ele não tem influência na sua alimentação. Enfim, se cuide muito e esteja atenta para os sinais do teu corpo, mas daqui pra frente tudo será normal.
    Bj Conceicao

    ResponderExcluir
  75. Foi muito bom poder acessar seu blog e ver que existem pessoas com o mesmo problema que o meu.Eu tive uma trombose durante a gravidez, só que eu não sabia.Depois de dez dias que tive a minha filha, senti fortes dores na perna esquerda e muito inchaço, procurei o médico, ele passou um exame chamado scan doppler, ele tinha uma suspeita de trombose, mais não tinha certeza.Perguntei se o exame teria que ser urgente, porque se fosse eu faria particular, pois no sus demoraria + ou - seis meses, e ele disse que não. Fui para casa e esperei , depois de seis meses, meu exame foi marcado.quando o outro médico foi fazer o exame, ele disse:Você teve sorte que durante a gravidez , você e sua filha correram risco de morte, pois eu tinha tido uma trombose durante a gravidez, e eu falei não foi sorte, foi livramento de Deus.Os médicos diziam que eu iria usar a meia elástica pelo resto da minha vida e que eu não poderia fazer muitas coisas.Hoje pela honra e glória de Deus, eu faço academia, ando de bicicleta,não uso meia elástica e tenho uma vida normal.Diziam que a minha perna ficaria inchada pelo resto da minha vida, hoje a minha perna é normal e ninguém percebe que algum dia eu tive trombose.Isso que aconteceu comigo foi milagre de Deus.Beijos a todos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Sandra,

      Fico tão contente de saber que você conseguiu tratar-se e ficar sem sequelas. Estou passando pela mesma situação, só que na perna direita. Estou usando meia elástica há três meses e minha perna, embora já tenha diminuído, continua inchada. Isso aconteceu consigo também? Também teve a perna inchada por alguns meses e depois passou ou nunca inchou?
      Preciso muito de acreditar que também minha perna pode voltar a ficar igual à outra...fico triste demais ao olhar a diferença. Minhas pernas eram lindas, todo mundo elogiava elas. Me custa tanto isso.

      Obrigada pelo seu tempo,
      Joceline

      Excluir
  76. Olá Conceição, sou eu aqui de novo querendo tirar mais uma dúvida. Queria saber quanto tempo sua filha precisou usar a meia, e se na gravidez além do clexane ela precisou usar a meia também? Mais uma vez obrigada! bj Helena

    ResponderExcluir
  77. Helena, como vai? Ela usou meia na primeira gravidez, na segunda pegou o tempo do verão e te confesso que desobedeceu o médico. ela usa meia sempre que viaja de avião, isso ela obedece à risca! E o clexane ela tomou durante a gravidez toda, mais 40 dias depois do parto. Só isso. Te desejo saúde e sorte na sua vida! bjs

    ResponderExcluir
  78. Olá! Meu nome é Ana Beatriz, tenho 24 anos e passei pela mesma situação que muitas aqui - com a diferença que o meu foi ainda mais grave. Senti os mesmos sinais: falta de ar extrema, muito frio, tontura. Foi a pior sensação que já tive na vida. Suspeitei no começo de uma pressão baixa (que eu de fato tenho), mas depois de 5 horas no pronto socorro, me diagnosticaram com EMBOLIA PULMONAR MACIÇA BILATERAL. A incrível equipe médica que me atendeu aqui em Belo Horizonte ficou absolutamente pasma, pois o meu caso, por ter sido bilateral e maciça, acaba sendo extremamente rara para garotas da minha idade. Estava tomando a pílula Yasmin a 4 meses, e já fiz os exames genéticos. Resultado? Tenho duas predisposições, a Protombina e outro que não lembro o no agora. Terei que tomar o Marevan para o resto da vida. Mas graças a Deus a recuperação foi quase completa, e hoje já consigo levar uma vida normal. Claro que os impactos psicológicos são enormes, após ouvir do cardiologista dizer que eu só não tinha morrido porque não era a minha hora, sua concepção de vida muda, e muito.

    E tenho duas dúvidas, já que meu caso foi extremamente recente (hoje completei um mês desde que fui internada): parei de tomar o anticoncepcional no dia 03/07, quando fui internada. Até hoje minha menstruação não veio, isso é normal? E segundo, gostaria de saber quais outros métodos contraceptivos poderei usar, já que não posso utilizar que envolva hormônios. Digo, além dos "naturais", como camisinhas e etc.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  79. Ana Beatriz, sinto muito pelo que você passou. É muito difícil vivenciar e administrar isso tudo. Te pergunto: Prq os médicos disseram que vc tem que tomar marevan por toda a vida? Sei que não poderá jamais tomar pílula, isso também foi avisado não é? espero que vc administre muito bem tudo isso e viva feliz. Um grande beijo, CON

    ResponderExcluir
  80. Ola Conceição? meu medico me passou uns exames pois ja tive dois abortos, sabe confesso que estou nervosa e anciosa, mais creio em Deus e darar tudo certo, terei um filho ainda em nome de jesus. beijos e jesus continue te abençoando!
    Ana Sheila

    ResponderExcluir
  81. Oi Conceição!
    Muito obrigada por este espaço dedicado a tados nós, que já vivenciamos esses terríveis danos que o anticoncepcional pode trazer.Agradeço tb a todos que já compartilharam aqui as suas experiencias com essa DROGA!
    Bom,tenho 33 anos,sou do RJ, e tomava anticoncepcional desde meus 19 anos(Femina e depois Femiane) e em Agosto agora,comecei a sentir umas dores de cabeça mais fortes que o normal.Começava na nuca e subia para o lado esquerdo,gerando até uma dor de ouvido,fiquei umas duas semanas assim,tomando analgésicos(cada vez mais aumentando a dose)e achando ser postural(sou dentista e fico várias horas na cadeira,com a cabeça inclinada e c/ má postura),cheguei a trocar o travesseiro e nada de melhorar.Até que na noite do dia 18/08,estava assistindo tv com meu marido e ao tentar ler a legenda de um filme,senti a vista embassada e não conseguia pronunciar as palavras,tentava ler e saía tudo enrrolado,parecendo que "falava russo",foi aí que fiz minha primeira crise convulsiva(acho que durou 1 min-pelo que meu marido disse.)Mais do que rapidamente fui levada a emergência,onde fui colocada no soro,fiz exames de sangue,recebi hidantal na veia e fiz uma TC que nada revelou.Recebi alta,estava bem e ao sair da emergência fiz a segunda convulsão,voltei para emergência onde fiz então uma angioressonância c/ contraste e foi detectado TROMBOSE VENOSA CEREBRAL.Apartir daí fui internada em um CTI neurológico do Hospital Quinta Dor,onde fiquei uma semana sendo tratada com clexane e anticonvulsivos.Recebi alta e fiz alguns dos exames de trombofilia,que deram negativo.Estou em tratamento com um médico neurologista especialista em doenças venosas cerebrais e faço uso de Coumadin e Trileptal.Faço exames de sangue toda semana e ainda não consegui acertar meu INR,mas sei que no início é chato,até acertar.Meu médico diz ser muito comum internar mulheres jovens,com diagnóstico de trombose por causa de anticoncepcional.Lá no CTI,tinha uma mulher,tb nova(+/- 25 anos), tb c/ trombose.Sei que nunca mais vou poder usar,e agora alerto a todas minhas amigas e minha família disso.Engraçado como depois que acontece,vc acaba ouvindo várias histórias parecidas!
    Daqui a 2 meses,farei uma nova ressonancia para ver se o trombo esta dissolvendo.E devo fazer a anticoagulação por 6 meses.Ainda estou de dispensa médica,sigo todas as recomendações c/ a alimentação e cuidados.Agora é só confiar e esperar, ter calma e paciência, que tudo dará certo!Graças a Deus não tive sequela nenhuma.

    ResponderExcluir
  82. PATY, COMO VAI? OBRIGADA POR ME ESCREVER!
    FICO TRISTE POR VC TER VIVENCIADO MOMENTOS TÃO TENSOS, E PIOR, SEM NOSSO CONHECIMENTO. O INR É COMPLICADO MESMO DE ACERTAR, NO ENTANTO, PRESTE ATENÇÃO NOS ALIMENTOS, ELES ALTERAM MUITO O SEU SANGUE E TUDO ISSO PRECISA SER OBSERVADO. MAS COM A PERSPICÁCIA DO MÉDICO ELE CONSEGUE TE ORIENTAR PARA ISSO, NESSE QUESITO O DR. ÉLBIO É UM CRAQUE E ELE VAI TE ORIENTANDO E LOGO VC CHEGA NA SUA MEDIDA. VC VAI CONSEGUIR E QUEM SABE NÃO PRECISARÁ TOMAR PARA SEMPRE, E SIM POR UM TEMPO, MAS É CERTO QUE TANTO A PÍLULA QUANTO A REPOSIÇÃO HORMONAL, VC NAO VAI PODER FAZER. EU TB NÃO POSSO. E ESSE ALERTA FICA PARA TODOS QUE VC CONHECE, PASSE PARA FRENTE SUA EXPERIÊNCIA E DIVIDA COM TODOS. NA VERDADE OS MÉDICO NÃO PEDEM EXAMES PARA SABER SE AS MULHERES PODEM OU NÃO TOMAR PÍLULA. SE EXISTE A TENDÊNCIA A TER TROMBOSE, E MESMO ASSIM, TEM MULHER QUE NÃO TEM A TENDÊNCIA, MAS TEM PROBLEMAS, HÁ QUE SE CUIDAR MUITO PARA OBSERVAR TUDO ISSO NA GENTE.
    ESPERO QUE TUDO COM VC CORRA BEM.
    UM GRANDE BEIJO, CONCEICÃO

    ResponderExcluir
  83. No dia 09/08/2012 fui internada,fiquei 11 dias no hospital com Embolia pulmonar tenho 10000%de certeza que foi o Diane 35.Agora estou em tratamento com Marevan.
    Meninas CUIDADO.

    ResponderExcluir
  84. Boa dia,
    Meu nome é Camila tenho 30 anos,e segue meu relato:
    No dia 02/08/2012 fiz um procedimento Cirurgico(Abdminoplastica,lipo nas laterais e redução Mamaria),tive alta no dia seguinte da cirurgia, já sai do hospital com dores muito fortes no peito e com falta de ar(sai tomando tramal e mesmo assim não passava),já em casa com muitas dores meu esposo ligava para o médico ele dizia ser normal a dor por causa da cirurgia, ligava para ele dia sim dia não, no dia 07/08 meu esposo ligou e ele tinha ido viajar para os Estados Unidos e retornaria so depois de 15 dias e era para eu tratar com outro médico que o ajudará na minha Cirugia, porem meu esposo não consegiu falar com ele na data de 07/08 no dia 08/08 meu esposo consegiu contato e descreveu o que eu estava sentindo, o Médico disse para meu esposo corre com ela para o Hospital mais proximo e diz que ela esta co TEP, até então não sabia o que era TEP.
    Meu marido me levou ate o Hospital e chegando ao Hospital já estava a minha espera pois o médico ligou avisando, pois bem resumindo a histéria , fui internada no 09/08 e tive alta no dia 20/08, tive EMBOLIAR PULMONAR INFARTO PULMONAR(dos 2 pulmões),
    tomei varias injeções na barriga e hoje faço o tratamento co Marevan ,fora a alimentação que ficou bem restrita pois não posso comer a vitamina K.
    Minha duvida é a seguinte:
    Antes da cirurgia estava Menstruada e tomei doses elevadas do anticoncepcional,(2 comprimidos) durante 3 dias antes da Cirurgia e depois da Cirurgia continuei tomando o anticoncepcional.
    Poderia ter sido isso que me deu a Embolia Pulmonar?O Médico não deveria ter me orientado sobre o uso do remédio?
    Aguardo um retorno.
    Meu email nando_bpoint@hotmail.com

    ResponderExcluir
  85. Olá conceição boa tarde,
    Primeiramente adorei o seu blog,parabéns pela iniciativa.
    Acabei de chegar do ginecologista e ele me receito o ant.mínima e como sou muito curiosa e pesquisadora resolvi ver a respeito desses contraceptívos,pois já tinha ouvido falar que causava vasos na perna e como já tenho vários...Fiquei impressionada com tamanha gravidade...

    Que Jesus te abençõe
    Obrigada pela informação
    Valquiria

    ResponderExcluir
  86. OI MEU NOME É LUCY, POSTEI SEU TEXTO NO MEU FACE, ESPERO QUE AJUDE MUITAS OUTRA MULHERES, POIS ELE ME AJUDOU A DECIDIR EM PARAR O ANTI,PASSEI MUITO MAL NESSA MADRUGADA,FOI MUITO ESTRANHO E DECIDI QUE NÃO VOU TOMAR MAIS PILULA, AI TOMAR A QUINTA PILULA DA PRIMEIRA CARTELA E PASSEI MUITO MAL COM DOR NAS PERNAS E MAL ESTAR,MEU MEDICO NÃO FEZ EXAMES NEM PEDIU O DE SANGUE VOU CONTINUAR COM O PRESERVATIVO, QUE É MELHOR TER OUTRO BEBE DO QUE PASSAR POR SITUAÇÕES DE RISCO COM ESSA QUE SUA FILHA PASSOU,OBRIGADA PELA ORIENTAÇÃO E MUITA SAUDADE PARA VC E SUA FILHA.

    ResponderExcluir
  87. Olá Conceição parabéns pelo seu blog, nunca tomei por muito tempo anticoncepcionais, tenho 32 anos sei que tinha ovários micropolicísticos, porém quando tomava Diane 35 por pequenos espaços de tempo, 6 meses no máximo, não sentia nada. Durante seis anos tentei engravidar e não tomei nada, quando um dia engravidei, foi tudo bem, apenas ao final da gravidez tive pressão alta e fiquei em repouso. Porém após a alta da cesariana, comecei a sentir muito cansaço, falta de ar. Fiquei tres dias na UTI com suspeita de TEP, onde fui tratada com heparina, e não podia me levantar . Foram feitos vários exames, até cheguei a fazer um exame que tem outro nome porém que é pareceido com Cateterismo, onde é colocado um caninho pela artéria da virilha até as artérias do coração e pulmão, e nada foi detectado, os médicos da UTI dizem que eu não tive a TEP, mas meu ginecoligista que acompanhou tudo de perto diz que tive, e que não poderei tomar anticoncepcionais, etc...Fico sem saber o que fazer, o que pensar, minha cabeça anda a mil, não foi fácil encarar a morte de perto.

    ResponderExcluir
  88. Olá Conceição!! Ótimo texto, acho que muita gente deveria saber disso.
    Aos 18 anos tomei Artemidis por 5 meses. E 5 meses somente, foram o suficiente para me dar trombose, o medico disse que nunca viu alguém ter trombose com tao pouco tempo de uso de anticoncepcional.
    Eu estava em viagem ao Rio de Janeiro quando aconteceu. Fiquei uma semana indo e vindo de um hospital a outro para descobrir o que era. Minha perna estava enorme, rocha, achei que fosse perder a perna. Até uma medica residente descobrir o que era. Fiquei internada 5 dias até poder voltar para o Paraná.
    Por sorte não foi das mais graves,parei com o marevan depois de um ano de tratamento, mas preciso ter muito cuidado.
    Minhas pernas desde então sempre estão doloridas, volte meia preciso usar a meia para melhor circulação.
    Tenho muito medo desse coagulo soltar e subir para o pulmão.
    Já fiz duas cirurgias (Rim, Apencice) e o risco é bem maior para quem teve trombose.
    Hoje com 23 anos, estou gravida e com bastante medo. Espero que ocorra tudo bem. Pois todo cuidado é pouco.

    ResponderExcluir
  89. Depois da minha experiência (que falei já aqui nesse post) de perda gestacional por causa de trombose placentária, descobri a trombofilia que pode ser causada pelas pílulas. Criei o grupo no facebook, chamado guerreiras em busca de um milagre, voltado p mulheres com trombofilia que querem ter seus bebês. Se tiver alguma aqui nesse post, pode pedir para entrar no grupo, que é fechado, só a gente que vê o que é postado. Desejo a todos que sejam abençoados e que achem o melhor caminho p seus problemas. feliz natal!

    ResponderExcluir
  90. Olá Conceição,
    Já escrevi aqui anteriormente e lembro de ter lido em algum momento que é possível conseguir o clexane gratuitamente durante a gestação. Como estou pensando em ter meu segundo filho, gostaria de saber como consigo esta medicação durante toda a gestação.
    Obrigada e Feliz 2013, com MUITA SAÚDE, para todas nós e nossos familiares!

    ResponderExcluir
  91. Alyne, obrigada por me escrever e espero que sua segunda gravidez seja um sucesso, não se esqueça que vocês são mulheres guerreiras e que os nove meses de Clexane judiam de vocês, mas sei que quando querem algo, ninguém segura...

    O Clexane é conseguido no INPS, no SUS, você precisa se informar com eles, como conseguir e se garantir que terá as injeções diariamente na quantia que precisar, pois se eles falharem você terá que comprar e isso significa muito gasto, precisa ver se você consegue, tá bem? São os 9 meses, a partir da hora que você toma conhecimento da gravidez e mais 40 dias depois do parto. Boa sorte e me conta depois... Obrigada e desejo a você um felia ano novo!

    ResponderExcluir
  92. Olá Conceição,nossa esse blog hoje foi uma enorme consolo,pois quando passamos por essas situações achamos que estamos sozinhas,e fico feliz em saber que muitas pessoas venceram.
    No dia 14/12/12 fui submetida á uma mamoplastia redutora,recebi alta no dia seguinte esta muito bem,na madrugada do dia 16,acordei com falta de ar,achei que seria a faixa no meu peito que esta apertando mas logo senti minha pressão caindo e fui direto ao hospital,fui diagnosticada com Embolia Pulmonar e logo fui transferida para a CTI,nessa altura minha familia já estava no hospital e lembro bem da minha mae entrando no CTI segurando minha mão e dizendo "força você precisa sair dessa,eu te amo",nessas horas Deus e a família são tudo.Fiquei uma semana internada foram aplicadas injeçoes na minha barriga,fiz doppler venoso do qual não havia trombo nos membros inferiores,apos alta médica no Barra DÓr me epresentaram o marevam ou Xarelto,a diferença é que o Marevam precisa do controle do IR mas o Xarelto não,pois a atuação dele é diferente e o preço tambem é muito mais caro,uma caixa com 14 comprimidos custa 140,00 á 180,00,verifiquei com alguns médicos e alguns o conhecia e disseram que é muito eficaz,já estou fazendo uso a quase um mês.Fisicamente estou melhor,mas psicologicamente não muito,tive medo de sair de casa de retornar ao trabalho de ficar sozinha em casa,e sei que o maior culpado foram 7 anos de Yasmin e a falta de orientação de Médicos,muita coisa poderia ser evitada,hoje fui a ginecologista e vou usar Diu multiload,já que ficarei em tratamento com anti coagulante por 3 meses,não poderei engravidar.Confesso que cheguei hoje em casa triste pois meu sonho é ser mãe,mas depois de ler tantos relatos estou mais confiante.
    Quero dizer que SOMOS MAIS QUE VENCEDORES EM CRISTO.
    Que Deus nos ajude a passar por tantos medos.

    ResponderExcluir
  93. NOSSA, estou passada com tudo isso tenho 18 anos e vou casar, ainda sou virgem mas preciso usar algum modo preservativo e pensei na pilula mas nao conhecia tamanho risco minha gen passou varios exames de sangue antes de me receitar a pilula to esperando receber pra poder inicar, de inicio ela receitou o Diane 35 mas to com medo por causa dos relatos que vi aqui :(

    ResponderExcluir
  94. Olá Conceiçao,muito bom seu blog, principalmente pq nessa fase de tratamento para TVP parece estarmos sozinhas num problema sem fim. Meu caso tbem foi muito complicado, tive TVP em Dezembro de 2012, fiquei iinternada por 2 dias. Assim que sai do hospital procurei uma Hematologista aqui em Brasilia, me passou MAREVAN por no minimo 3 meses (de 3 a 6), para ai entao fazer todos os exames eliminar predisposiçao genetica para TVP, mas a principio ela me disse que so o anticoncepcional e o cigarro ja seriam suficientes para ter tido o problema. Com tudo isso estou super deprimida pq cada dia é uma coisa nova que aparece, uma exame de sangue p saber se o TAP esta no limite da normalidade, realmente o tratamento nao é facil. Atualmente estou andado bem triste com essa questao de gravidez tambem, depois de ja ter tido Trombose, pq o uso de clexane durante a gravidez deve torna-la bem dificl, e isso esta me deprimindo muito, ate pq meu proposito era engravidar esse ano ainda, mas sinceramente nao sei nem mais se quero...vendo tanta gente falar das dificuldades de uma gravidez pos trombose. O que vc acha disso tudo???to tao pra baixo esses dias.... obrigada ..Carolina

    ResponderExcluir
  95. Olha mais uma notícia sobre a pílula:

    http://exame.abril.com.br/mundo/noticias/franca-confirma-mortes-vinculadas-a-pilula-diane-35


    * convido a todas com trombofilia, que estão lutando pelos seus sonhos de ser mãe, para conseguir o clexane pelo sus ao grupo no facebook, chamado GUERREIRAS EM BUSCA DE UM MILAGRE... é secreto e muito unido... Deus abençoe a todas nós, bjao

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. eu usava exatamente esse medicamento assassino, por 17 anos :( ....quanta vontade de processar esse laboratorio:( ....carolina

      Excluir
  96. Conceiçao, é a Carolina novamente....Principalmente depois dessa reportagem acima publicada, fiquei muito interessada a ir na ANVISA e até mesmo na JUSTIÇA para tentar mobilizar uma investigaçao contra o laboratório do Diane 35. Vc ja pensou nisso, ja tentou alguma coisa do genero?? Sei que a parte mais forte sempre ganha (Laboratório), mas pelo menos serveria para induzir o controle na venda desses medicamentos, conscientizaçao dos médicos na hora de advertir suas pacientes,e até mesmo ser obrigatório realização de exames de sangue periódicos antes da indicação do anticoncepcional. Gostaria que outras pessoas também se manifestasse se tiver outra idéia, juntas poderemos modificar pelo menos a consciencia das mulheres na hora de optar pelo uso de contraceptivos orais.
    CAROLINA DE PAULA RIOS
    email: carolbitela@hotmail.com
    Brasília- DF

    ResponderExcluir
  97. Olá gostaria de compartilhar uma matéria que acabei de encontrar no UOL, também tive Trombose Cerebral em Outubro de 2013 e visitei seu blog e vi tantas histórias e eu tomava o anticoncepcional Diane 35(a causa da trombose).
    Segue o texto espero ajudar.

    http://noticias.uol.com.br/saude/ultimas-noticias/redacao/2013/01/30/anvisa-alerta-para-contraindicacao-da-pilula-diane-35-em-pacientes-com-risco-de-trombose.htm#comentarios

    ResponderExcluir
  98. Erica, seu comentário sumiu, enfim. Deixo aqui o nome do exame para saber se tem tendência a trombose. Converse com seu médico e diga exatamente esse objetivo e a sua vontade e necessidade de saber para cuidado com sua saúde. MInha filha fez na época o DDímero! Um abraço e muita sorte.
    Qaunto a engravidar, há muitas formas de vc evitar filhos sem ser a pílula. Eu mesma tomei muito pouco, por um ano da minha vida.
    Obrigada por escrever!

    ResponderExcluir
  99. ola conceiçao meu nome é Marcia tive trombo ma mao esquerda ,fiz cirurgia 3 vezes pq tive problemas a heparina nao fez efeito em mim pelo contrario,coagulava meu sangue ai o medico passou pra mim o xarelto 20mg,vai fazer 2 meses e minha mao continua inchada me de uma ideia de como faço pra desinchar..ah to fazendo fisioterapia...meu medico é o emanuel do hc de marilia obrigada bjss ah tomava pilula ciclo 21 sem intervalos meu emai é mazaka_@hotmail.com

    ResponderExcluir
  100. Ola Conceição, meu nome é Rose, faz um mes que tive uma embolia pulmonar devido ao uso do anticoncepcional. Sofri de mais, foram 5 dias na UTI mais 3 no quarto ate estar melhor para voltar pra casa. Hoje agradeço a Deus por estar viva e poder acompanhar o crescimento do meu filho de 2 anos. Tomo Marevan diariamente, mas ainda sinto algumas dores toráxicas. Um grande abraço...

    ResponderExcluir
  101. tentem usar o Diu,se vocês se adaptarem será um método de longa duração (em média 10 anos) e não tem hormônoos.
    Usem com preservativos para aumentar a eficácia.
    Acgo que o preservativo sozinho pode furar ou entrar ar e resultar em uma gravidez indesejada,por isso é bom 2 métodos juntos.
    Eu tenho suspeita de endometriose,então não poderia usar o Diu,mas sou especialmente contra as pílulas,então não sei o que fazer.
    No Brasil há muita burocracia para a laqueadura.
    Tenho 26 anos e sempre fui contra o anticoncepcional

    ResponderExcluir
  102. Ola Conceição! Tive uma embolia pulmonar com derrame pleural, devido uma trombose causada pela pilula é oq tudo indica! A minha trombose era venosa profunda em fase sub aguda, ando muito angustiada pois peguei meus exames hj e não sei se esse tipo de exame pode dizer se tenho o fator genetico! Uma grande duvida é q eu tenho um filho de 2 anos e 10 meses, tive uma gestação maravilhosa e 2 anos antes de te-lo tomei por 8 meses a pilula alexa e adoless e era fumante e nunca tive nada parecido! No meu caso eu vinha sentido dores na batata da perna e todos os sintomas da trombose antes da virada de 2012 para 2013, a ginecologista indicada pela minha avó (pois mudei de cidade e não conhecia nenhuma nessa cidade) mas eu acreditei q fosse algo muscular, uma semana antes da minha internação eu acordei com uma dor que não conseguia respirar e achei q fosse ter um infarto. Fui em 2 hospitais que me disseram não ser nada so algo muscular! Até q fui no 3 hospital e a clininca geral desconfiou de derrame pleural por tuberculose ou pneumonia e disse para eu tomar um anti inflamatorio e voltar (fui na sexta ve-la) ate consultar o pneumologista na terça feira! Não aguentei de dor e no sabado eu ja tomava o anti inflamtorio que era pra ser de 12 em 12 horas em 6 em 6 depois de 4 em 4 qndo não aguentei mais e meu marido chamou uma ambulância. Fiquei na cti 6 dias onde puncionaram o liquido do derrame e constataram não ser tuberculose, no dia seguinte minha perna inchou.Ai eles ligaram ao fato de ser uma embolia pulmonar! A minha duvida é se os exames de hemograma completo(apareceu tudo em ordem), anti coagulante lupico(que deu negativo), dosagem de fator reumatoide (negativo),fator anti nuclear(auto anticorpos contra antigenos intracelulares FAN (nucleo não reativo,nucleolo não reativo,citoplasma não reativo,aparelho mitotico não reativo,e placa metafasica cromossomica não reativo. Pesquisa de anticorpos anti-dna não reativo, anticorpos anti-sm não reativo, Anticorpos IGG anti-cardiolipina não reativo, anticorpos IGM anti-cardiolipina não reativo, anti beta-2-glicoproteina I -IGM não reativo, anti beta-2-glicoproteina I - IGG não reativo. Desculpa a quantidade de informação mas realmente estou muito preocupada se preciso de mais exames para saber se tenho algo genetico ou se só esse ja detecta! espero sua resposta ansiosamente!muito obrigada desde ja!

    ResponderExcluir
  103. Olá Conceição!

    Tenho 3 filhos lindos!
    Depois da minha terceira gravidez, a minha ginecologista, fez questão de que eu tomasse pílula anticoncepcional, já que meu esposo não queria fazer a vasectomia. Mas, eu não queria tomar nada, pq sempre fui sensível a medicações...Mas, de tanto ela insistir, a burra aqui optou, e nos, apenas 5 meses tomando a pílula Elani 28, que me fez ir a pronto socorro umas 5 ou 6 vezes, mal e nenhum médico do sus descobrir o que era. Sempre falavam que era uma labirintite,ou dor lombar, dor muscular, problemas ortopédicos, mas, nunca o vascular. Até que um dia, eu não aguentava mais a perna direita, estava inchada, com muita febre, e nem respirar eu estava conseguindo e que toda vez que tomava a pílula, me dava muita tosse, tonturas, me sentia mal. parei de tomar, e nos 5 dias que não tomei, a tosse não veio, mas, a perna continuou inchada e estava com muita dor, não conseguia dobrar a perna, e aí, fui ao PA, e lá o médico disse que não era vascular, e no outro dia, com a ajuda de meus pais para pagar uma consulta com um médico vascular,fui internada as pressas, com Trombose Venosa Profunda.E o médico foi direto e me disse que se eu não me internasse, eu ia morrer. Embora tenha ficado 7 dias internada, o meu psicológico que já não estava muito bom, ficou pior, e agora, estou me tratando em casa, com o MAREVAN, e as meias medicinais Sigvaris, e cuidando da alimentação, sem contar das rezas e novenas que tenho feito. Agora faço o exame TAP, de 15 em 15 dias e 30 dias, para ver como está a protrombina.
    Antes de ter tomado a pílula, deveria ter é tido outro filho, pq nunca tinha passado tão mal como nesse ocorrido. São 7 meses de tratamento...

    ResponderExcluir
  104. Olá, Conceição! Tudo bem? Sou mais uma a lhe agradecer por sua dedicação em informar milhares de mulheres através deste seu trabalho com seu blog. Não tive nenhum problema (ainda), mas estou bastante receosa. Tomo contraceptivo há dez anos e sempre soube que minha circulação não é boa. Tenho muitos vasinhos, algumas varizes, inchaço e dores nas pernas (do joelho para baixo). Gostaria de procurar o médico correto e saber pedir os exames corretos para saber como estou, se tenho tendência a desenvolver uma trombose. Gostaria de fazer isso para poder me planejar para uma futura gravidez e abolir de vez o contraceptivo. Você tem algum post sobre isso, sobre medidas preventivas? Grande abraço, e obrigada desde já.

    ResponderExcluir
  105. Conceição, obrigda pela informação. Tinha dúvidas sobre o tamanho do risco, agora estou entendendo que trombose não dá apenas na perna e ela apenas fica inchada e feia. Tenho enxaqueca devido a anticoncepcional, mas associada a outros fatores (claridade, sol forte, chocolate, coisas muito doces, passar da hora hora de comer). Eu tomava para evitar espinha, mas como li em outros lugares as associações do anticoncepcional com enxaqueca, avc, trombose, etc. COmecei a desistir dele, e depois dos relatos, acho que prefiro mesmo as espinhas. Fiz tomografia, eletro para ver se havia algo de errado no neurológico e nada justifica a enxaqueca, só o anticoncepcional. Sempre que dizia para as ginecologistas da vida "ah, esse me dá dor de cabeça", elas diziam "vamos testar esse..." e me dava outra marca. Hoje, mais de 10 anos depois (entre tomar e parar o remédio). Falei com uma expliquei meu receio dos perigos e ela disse "então é melhor não insistir no anticoncepcional". Depois da consulta, eu ainda toquei no asunto das espinhas se teria outro jeito de tentar combatê-las. Então ela disse que eu poderia testar um de baixa dosagem e se a dor de cabeça voltasse, que eu parasse. Então, eles sabem bem o que acontece, eu também, mas eu insisti, e ela cedeu, acho que também existe essa falta de conscientização do que pode mesmo acontecer com a pessoa. A população deveria ser informada como se informa na caixa de cigarro que cigarro faz mal ou até mais. Eu sempre vou me sentir tentada a tomar o anticoncepcional porque ele tem efeito ótimo pra pelo (roacutan acho que não posso, meus olhos já são naturalemnte secos sem ele, se usar acho perigoso), eu sei que vou deixar de sair com os amigos porque estou com aquela espinha verde gigante no rosto, mas vou segurar a vontade, pior que não sair por vergonha é não sair porque se está hospitalizado ou doente.
    A gente não sabe dar valor ao que é importante, por vezes somos ignorantes, mas não podemos, só nós podemos cuidar de nós mesmos. Veja o comercial da assepixia, só me faz me sentir péssima por ter espinhas e o produto faz a propaganda mas ele não cura espinha interna. Temos que ver através de toda informação perigosa e dar valor ao que í importante, que a a vida e a saúde.

    ResponderExcluir
  106. MInha leitora do ROACUTAN: Eu ia te indeicar esse remédio, porém vc se adiantou em falar dos olhos secos... É preciso ter acompanhamento com todos os remédios, em seis meses seus problemas de espinhas acabam, mas é preciso acompanhamento do seu médico, e um bom médico.

    Os gnecologistas sabem muito bem dos perigos que a pílula pode causar, mas eles não pedem os devidos exames... Isso é um absurdo.

    Se cuida, se informe.

    Obrigada!

    ResponderExcluir
  107. Ola Conceição,

    Eu tive trombose venosa cerebral no dia 26/04. Acordei com a cabeça latejando de dor que não passou nem com dipirona, então acabei indo pro hospital São Camilo no Ipiranga. E graças a Deus foi diagnosticado tudo muito rápido e as 17:00 já tava com os papeis da internação na UTI pronto. Fiquei 9 dias na UTI e 10 dias no hospital, por causa da heparina até o Marevan fazer efeito. E agora estou fazendo o controle do Marevan toda semana e tudo por causa do Anticoncepcional. Eu tinha mudado do Elani 28 para o Gestinol (sempre uso continuo) fazia uns 6 meses, e 15 dias antes dessa dor forte, eu comecei a sentir umas dores que no começo parecia de ouvido, depois o medico falou que era rinite e depois sinusite, tanto que eu tava tomando prednisona e amoxicilina.
    Graças a Deus fui pro hospital naquele dia e Deus guiou aquela medica do PS para o diagnostico certo, pq não tive nenhuma sequela.
    Agora estou bem, tratando com a Hemato e Neuro e como todo mundo sabe anticoncepcional nunca mais, e tbm me disseram que não pode engravidar tomando o Marevan pq ele da ma formação no feto. Então na gravidez usarei o Clexane ou injeção de Heparina.

    Bom só estou compartilhando pq achei interessante esse blog e informações sempre são uteis para alguém.

    Meu email eh carinatina@gmail.com
    Bjs

    ResponderExcluir
  108. Conceição, tudo bem?
    Concordo com todo o seu post acima. Anticoncepcional pra mim é uma benção, mas eu acho que os médicos têm o dever de alertar aos pacientes das causas e solicitarem exames para ver se a pessoa tem tendência a algo.
    Tomava anticoncepcional desde 2001 e tive trombose em 2008. Tomava devido a acne. Então hoje meu rosto está péssimo porque a acne não sara.
    Então, gostaria de saber, você sabe informar se quem teve trombose porde tomar Roacutam?
    Beijos
    Milena

    ResponderExcluir
  109. Milena, obrigada por me escrever. Espero que sua trombose não tenha causado tanto estrago em você, Pïlula e hormonio, nunca mais, não é?! Isso vc já deve saber. Não sei te dzer com certeza, acredito que nada tem a ver, mas certamente o médico que vai te receitar o Roacutam, sabe se você pode ou não. Em todo caso, você poderia ligar para o seu ginecologista que sabe bem do seu caso, e deixe a pergunta para ele. Nem precisa ir no cnosultória é apenas uma consulta que até a secretária dele pode perguntar e ele te responde. Mas vou procurar me informar. O que eu sei é que o Roacutam tem efeitos colaterais bem fortes, e portanto, vc precisa se informar muito bem a respeito disso, com um bom médico, pois um do efeitos é mexer com o globo ocular que resseca muito, e pode causar também problemas de visão ou ainda desenvolver alguma doença nos olhos. Mas, não sou médica. Tenho um sobrinho que tomou quase um ano, e outra sobrinha idem. Sararam totalmente. Quanto aos olhos, faziam exames para acompanhar e pronto. Tudo deu certo. Um bj CON

    ResponderExcluir
  110. Boa noite, Conceição
    Um absurdo o que li! Tomo Diane 35 há 10 anos por orientação médico ginecológica, pelo menos uma vez ao ano vou a minha ginecologista como consulta de rotina (realizar exames preventivos e etc) e ela NUNCA me pediu nenhum exame genético. Desde que começei a tomar sinto minhas pernas inchadas e ultimamente tenho percebido o aparecimento de varizes, até que uma amiga me alertou sobre o uso do anticoncepcional, pois ela descobriu ter tendências genéticas e não pode tomar pípula, graças à Deus, descobriu antes de que lhe acontecesse algo grave. Parei de tomar há 3 meses e minhas espinhas voltaram. Conversei com minha médica e pedi para ela trocar por uma pílula com doses hormonais mais baixas, ela receitou o Yasmin ou o Mínima. Comprei o mínima. Gostaria de saber se esse medicamento, apesar das baixas doses, ainda apresenta riscos a problemas vasculares. Estou muito insegura em voltar a tomar e resolvi pesquisar mais, então encontrei seu blog. PARABÉNS pela iniciativa! Obrigada! Paola

    ResponderExcluir
  111. Tomo Diane 35 há dez anos, inicialmente como indicação anti acne. Minha médica NUNCA me pediu nenhum exame genético, mesmo indo a ginecologista pelo menos uma vez ao ano. Comecei a sentir minhas pernas inchadas e notei o aparecimento de pequenas varizes. Sabendo que poderia ser do anticoncepcional parei de tomar, apesar de ter lido algumas reportagens e artigos sobre distúrbios hematológicos pensei que a chance desses distúrbios ocorrerem fossem mínimas, mas pelo que vejo no seu blog, é bem comum. :( Quando parei com a pípula, há 3 meses, minhas espinhas voltaram e minha pele está horrível. Então, fui a minha ginecologista novamente e ela me receitou o MÍNIMA. Li a bula, e nela diz que a incidência de embolia e etc, pelas baixas doses hormonais que apresenta (Gestodeno 0,06mg e etinilestradiol 0,015 mg) é baixíssima. Estou com bastante receio e gostaria de saber se realmente o risco com o uso desse medicamento é quase nulo? PARABÉNS pela iniciativa! Abraço Paola

    ResponderExcluir
  112. Bom dia Meninas, fiquei muito feliz em ver que as discussões sobre este problema acontecem a tanto tempo por aqui. Vou compartilhar com vocês o que aconteceu comigo.
    Gestante de primeira viagem assim que soube da boa noticia procurei uma médica de algum excelente hospital para meu pré-natal. Consulta particular e consultorio em predio luxuoso. Contei todo meu historico medico e falei da minha rotina (trombose na perna em 2011 (causa anti-concepcional, uso de Clexane e Marevan por 10 meses, e viagens aereas constantes a trabalho). Ela nao viu problema e me liberou para a minha rotina normal. A cada volta de viagem uma queixa diferente e ela sem dar bola me mandando nao me preocupar, e eu pensando ela trabalha no Einstein então ela deve estar certa. Na ultima viagem uma dor ja conhecida na mesma perna, no local da lesão de 2011. Entro em contato e ela me pede uma compressa com agua morna e mais nada.
    Como mulher sempre tem sexto sentido procurei uma segunda opinião, desta vez com alguem que já conhecesse uma boa profissional. Na consulta que durou 2 horas a nova medica me mostrou todos os risco de uma gestante. Nós temos o risco aumentado em 5 vezes de episodios de trombose, eu que já tinha este historico tenho o triplo de chance. Com tratamento adequado não temos risco para mãe e nem para o bebe, mas sem ele a chance de um aborto espontaneo, de abortos de repetição, de dificuldade em engravidar e de uma embolia é grande.
    Meninas, conversem com suas médicas sobre trombose e trombofilia. Não entrem em um avião sem a certeza de que estão protegidas, caso sejam portadoras de alguma trombofilia. Essa é uma doença que pode não se manisfestar e uma vez detectada o tratamento é simples frente aos problemas que um não tratamento pode ocasionar.
    Hoje estou internada no Santa Joana, fazendo uso de Clexane 160 mg por dia e uma série de exames para garantir a saúde da minha Maria Clara e a minha para poder cuidar dela. Quem quiser conversar sobre o assunto estou aqui para contribuir: ale.miliatti@gmail.com

    ResponderExcluir
  113. Tomei roacutan com a pílula anticoncepcional Selene pra tratamento de acne. Fiquei com o rosto cheio de manchas na boca, testa, nariz, olhos e bochechas. Fiz um tratamento p manchas com laser e acidas que corroeu toda a superfície do meu rosto, deixando a ardida e sensível, com a sensação de carne viva e ferida. Depois do tratamento dermatológico e com a pele deformada, conclui q anticoncepcional em nenhuma hipótese é tratamento de pele, so tras males para a saúde, como trombose, avc, problemas cardíacos, varizes, obesidade e inchaços

    ResponderExcluir
  114. Oi meninas... Depois d passar uma tarde lendo as mensagens d todas e aprendendo um pouco cm vcs.. Gostaria de saber como podemos perceber q estamos desenvolvendo uma trombose... Pq eu comecei a tomar um novo anticoncepcional de reposição hormonal chamado mínima. Antes eu tomava selene...ainda na primeira cartela eu comecei a sentir dor na perna direita, na parte de tras, na direçao do joeçho...e começou a mw dar enxaquecas... Era muito raro ter isso... Com o passar do tempo a dor na perna piorou... E as enxaquecas ficaram mais frequentes... Quando comecei a segunda cartela a dor na pwrna n parou mais e tb comecei a sentir uma dormencia no pé, dor na batata da perna e na coxa, estou amedrontada..hj eu decidir n tomar mais, ja joguei fora, pq tenho certeza q é por causa da pilula... E estou morrendo d medo d ser trombose, mas n tenho plano d saude e os hospitais publicos são essas coisas... Estou cm medo... Q esames temos q fazer para descobrir, pq esses medicos tb não ajudam...me ajudem... Esses sintomas podem ser de trombose?

    ResponderExcluir
  115. Deixei um comentario falando sobre os sintomas q sinto e se pode ser indicativo de trombose, nao botei meu nome pq n tenho conta. Me chamo nadla... Me ajudem...

    ResponderExcluir
  116. Nadia, não sei se é vc que conta do tratamento de pele com pílula. É isso? Nunca ouvi falar nisso, pelo amor de Deus! A pílula em si, tomada para o fim que ela tem já é um problema muito sério, e usando de outras formas, aí que complica de vez. Inelizmente nao sei oque te dizer. Vc precisa ir num dermatologista muito bom, ou nas clínicas e tentar ser atendida por alguém de lá que te encaminhe. No mais, não sei te dizer.

    Quanto ao indicativo de trombose, se você disse que "imagina" ter ou tem medo de ter, isso não existe. Ou voc tem ou não tem trombose por tendência, e só um exame de sangue pedido pelo médico é que você vai saber. No entanto a medicina é muito misteriosa também. Há algumas pessoas que quando fazem o exame de sangue, não tem o tal do "indicativo", daquilo que diz que é tendência nela entendeu?

    E quando você toma uma remédio e logo percebe que ele não te faz bem, ou para, ou liga pra seu médico e conta dos sintômas. As dores nas pernas, o inchaço, dores de cabeça e tanto mais... é ou pode ser um sintoma de que aquele remédio não está te fazendo bem.

    Para saber se vc tem trombose, é preciso ir ao médico. Sua perna (provavelmente) pode ficar vernelha, mais quente num determinado lugar, pode inchar, doer muito e mais... A trombose pode dar tb no braço. Enfim, só mesmo o olhar do médico para dizer o que acontece com você.

    Deus queira que tudo dê certo e que vc seja bem orientada. Obrigada por escrever e vá nos contando...

    Um beijo, CONCEICAO

    ResponderExcluir
  117. Oi conceição... Sou a nadla... Quero te agradecer pela atenção. Como ja havia dito, parei de tomar o anticoncepcional mínima... E no outro dia passou a dor na perna...na ultima noite q tomei esse remédio doeu muito minha perna, por isso decidi parar msm. Depois de parar não senti mais dor de cabeça tb.... Muito raramente sinto que minha perna ainda está um pouco dolorida... Mas é como uma ferida q está sarando... Decidi q vou na ginecologista para ver o que ela pode me falar o que pode me indicar. Ate quero parar de tomar essas pilulasmas tenho problema no ovario...se eu n tomar corro o risco d n ter filhos... Estou em um dilema...fora q meu rosto enche de espinhas... Vai fazer uma semana q parei com o remedio e ja começaram a aparecer... Mais uma vez agradeço a atençao...muitos bjus

    ResponderExcluir
  118. POR FAVOR, PODERIAM DIZER QUAL O EXAME QUE VERIFICA SE A PESSOA TEM OU PODER VIR )TENDENCIA) A TER TROMBOSE?

    TENHO MICRO VARIZES E DOR NAS PERNAS, CANSAÇO, FORMIGAMENTO...VÁRIAS X AO MES... NAO SEI SE AS MESMA É CAUSADORA.. E TOMO ANTICOCEPCIONAL DICLIN AH MAIS DE 10 ANOS DEVIDO A OVARIOS POLICIST...


    OBRIGADA!

    ResponderExcluir
  119. Tenho 28 anos, tive trombose na perna esquerda inteira e embolia pulmonar, estou em tratamento no Hospital das Clinicas há 2 meses, tomei 2 doses de Clexane durante 48 dias, uma fase terrível! Hoje estou só com o Marevan, fiz vários exames e todos deram normal, o único fator de risco que eu tinha era o uso do anticoncepcional, realmente algo aparentemente 'inofensivo' pode mudar sua vida para sempre....

    ResponderExcluir
  120. Tive a primeira trombose em 2006 apos fazer uso de anticoncepcional e apos uma cirurgia que me deixou acamada (tive sangramento durante a mesma e isso me deixou com anemia.. ironico uma hemorragia facilitar uma trombose..) Tomei marevan por 10 meses e após isso fui liberada..(tenho mutação genetica) em 2011 tive uma gripe forte (um principio de pneumonia) que me deixou novamente acamada.. resultado? nova trombose! ficou-se decidido que teria que tomar marevan o resto da vida..o controle alimentar eh terrivel..(eu adorava espinafre e hj nao ponho 1 pouquinho sequer na boca) ha 1 mes meu sangue engrossou mto graças a antiinflamatorios (cai de uma escada) e assim que acabou o tratamento.. como minha dose havia sido aumentada, comecei a urinar puro sangue.. estava com INR alto...
    Hoje quero engravidar e estou passando pela duvida de muitas.. qual o perigo se eu nao mudar pra clexane antes? sera q nao vou demorar a perceber a gravidez e o marevan prejudicar o bebe?
    Trombose eh uma doença terrivel q soh quem passa por ela sabe como eh...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nancy, olá!
      Menina, pelo amor de Deus, tomara que voc6e volte aqui e leia isso que escrevo agora: Voc6e durante a gravidez nao vai tomar MAREVAN e sim clexane. Mas de qq forma quem vai receitar isso é o médico. Não faça nada da sua cabeça, isso é sério e perigoso, cuidado!! Tudo é possível mas sempre com orienação médica. Procure se consultar com outros médicos tb… Aqui deixo a recomendaçao do DR ELbio Damico. Se cuida, e tome cuidado com sua saúde. Um beijo

      Excluir
  121. Eu consegui fazer os exames de sangue para saber se tenho tendencia...e infelizmente tenho, pior que eu pedi milhões de vezes porque achei muito suspeito, minha família tem um histórico...e a ginecologista só pediu porque fui insistente tomo pilulas há anos por conta da acne e das colicas monstruosas, eu fiz os exames e deu portador heterozigoto do gene protrombina...é mole:? as outras deram normal, minha gineco suspendeu minha pílula....só que agora eu vivo tendo espinhas, cabelo oleoso, um saco isso, cólicas monstruosas, engordei 5 quilos depois que parei a pílula....ando inchando conforme o ciclo, e as espinhas aparecem conforme o ciclo também.... já quase voltei a tomar sem a gineco saber...mas, enfim, decidi ir numa dermato e agora vou fazer um tratamento homeopático pra minha pele e para desinchar também...e vou numa endocrino e nutricionista para me ajudarem a emagrecer uns quilos....é isso gente....se esse tratamento pra melhorar a pele der certo, eu venho aqui contar....ela me receitou um monte de cremes que custam o olhos da cara também....vou ter que esperar o décimo terceiro pra comprar....e o tratamento homeopatico é caro, só a weleda(www.weleda.com.br) produz o medicamento...a dermato me disse que para tomar o roacutan tenho que tomar pílula e se não posso tomar pílula, ela me receitaria uma alternativa e acompanharia....depois posso fazer um peeling para retirar as manchas da acne...e minha ginecologista sabia todos os exames que tinha que pedir pra descobrir isso, ela simplesmente não pedia porque não considerava importante, eu estava bem...aí quando deu a alteração genetica, ela me disse que vou ter que ter cuidado para engravidar e não me deixa tomar pilula nenhuma,...temos que ser insistentes, podem falar que uma prima teve isso...o médico acaba pedindo..bjs

    ResponderExcluir
  122. Erica, como vai? Imagino o quanto anda chateada com sua nova fase de saúde. Calma… Vc é muito nova e tudo ainda é muito novo pra você. Sempre é bom ouvir outras opiniões e outros médicos, se vc tem essa possibilidade, faça isso. Não se desespere com as espinhas no rosto, elas passam e tem muito tratamento pra isso. Quanto ao inchaço, a alimentaçao pode resolver. Sabe hoje em dia que a alimentaçao saudável é a base de verduras e legumes… Come grelhados e e faça esporte e vc se manterá saudável e bonita. Se cuida, se cuida muito e acredite que tudo dará certo. Obrigada e sempre conte o que acontece com você para nós sabermos.

    ResponderExcluir
  123. Oi Conceição,

    Muito bom seu blog. Só quem passa por tamanho medo é que sabe como é difícil superar. Meu nome é Míriam e eu tive trombose venosa profunda na perna direita (femoro-poplítea) no mês de julho deste ano. A minha perna continua inchada, embora menos do que no início; mas ainda não consigo usar saia com sapato ou sandália porque se nota a diferença de uma perna para a outra... me sinto muito infeliz com essa situação. As pernas eram a coisa que todo o mundo vivia elogiando em mim. Uso meias elásticas desde quase o início do tratamento. Pela sua experiência, isso é, pelo que viveu com sua filha e pelo que foi aprendendo através do que foi e vai ouvindo das histórias de outras pessoas, acha que há alguma chance de minha perna voltar ao normal? Terei que usar meia elástica pelo resto da vida? Me custa muito pensar que vou ficar com minhas pernas diferentes e dependente de meia elástica para sempre. Ainda não sei se tenho alguma trombofilia, só poderei fazer os testes no fim dos seis meses de tratamento, mas o médico desconfia que seja da pílula, que tomei por mais de 16 anos. Tenho hoje 36 e estou muito triste com tudo o que estou a viver, mexe com tudo, corpo e psicológico. Você sabe e todas aqui sabem, infelizmente.

    Muito obrigada pelo blog, continue passando essa boa energia que tem. Força a todas nós,

    Míriam Cantanhede

    ResponderExcluir
  124. Miriam, muito obrigada por escrever, dividindo seu problema conosco.
    Calma, se é que posso te pedir alguma coisa. Não se desespere, embora entenda perfeitamente tudo o que esteja sentindo. Tudo isso vai passar e você voltará a ter suas pernas lindas, só que agora já sabe que tem um problema a adminstrar e isso é bom, dentro do quadro, pois você terá que ter mais cuidado com você. Fique bem, se tranquilize. Tudo acabará bem, se tiver lucidez e fique atenta a seus sinais. Use a meia ainda por enquanto. Tome seus remédios, converse com pessoas e faça sempre exercícios com as pernas para nao tê-las muito paradas, mas isto fora da crise. Exercícios leves sómente para manter a circulaçao em ordem. Quando viajar cuidado! fale sempre com seu médico. Se engravidar, tome clexane, o médico te orientará e por aí vai. Nunca faça reposiçao hormonal e jamais volte a tomar pílula.

    Nos conte o que está acontecendo com você daqui para frente. Fique bem, espero que tudo ocorra da melhor maneira.

    Saúde e sucesso pra vc!

    CONCEICAO

    ResponderExcluir
  125. Muito legal a postagem, li praticamente tudo aqui postado. Me chamo May, tenho 20 anos. Me casei muito jovem, com 16 anos, e devido ao casamento cedo, todas as ginecologistas que passei me receitavam de olhos fechados anticoncepcional. Eu nao tinha informaçao alguma e acredito que muitas mulheres nao tenham tambem a respeito dos riscos. Comecei tomando o anticoncepcional Adoless desde os meus 16 anos e meu marido, por ser mais velho que eu, queria muito ser pai. Decidimos que teríamos. Fazendo exames (após largar o adoless 1 mês) os ginecologistas me informaram que eu jamais poderia ter filhos. Isso porque passei em três ginecologistas. Foi bastante sofrido, era o sonho do meu marido desmorondo e eu sendo a "culpada". Parei de tomar anticoncepcional e 2 anos e meio depois engravidei. Um milagre de Deus. Tudo correu muito bem na gravidez, tive a Maria Alice de cesárea e após o parto e a quarentena, a ginecologista já me receitou o anticoncepcional Cerazette urgentemente, porque eu sou nova e nao quero filho por agora. Usei o Cerazette por uns 10 meses e por ter ficado sangrando sem parar por um mês, a ginecologista resolveu trocar pelo Micropil. Tomei esse outro por uns 20 dias e comecei a sentir muitas dores no lado direito das costas. Fui diagnosticada de forma errada duas vezes: uma vez por dengue e outra por pneumonia. Nas duas fiquei fazendo o tratamento e só piorando meu quadro real. Passaram os dias do tratamento e nada melhorada, só piorava. Voltei em outro hospital já sem conseguir deitar de tanta dor. Fiz muitos sxames e tomografia, meu d dimero estava em 4 mil e 500, absurdamente alto. De imediato quando o medico viu já gritou enfermeiras e uma equipe médica para me medicarem logo no consultório com o clexane, porque meu risco de morrer era altíssimo. Fui imediatamente internada e com medicos e enfermeiros 24h no quarto observando. Foi um desespero tremendo. Tromboembolia Pulmonar. Fiquei uma semana internada e voltei para casa, pois ja nao aguentava de saudade da minha pequena que nao podia ir me ver. Faço o uso do XARELTO em casa, e por isso naopreciso fazer os exames de sangue frequentemente. É um remedio carissimo, mas optei por ele.
    Meu caso foi um descaso de dois medicos agravado pela falta de informaçao que tinha.
    Excelente iniciativa em alertar as outras mulheres.
    Eu precisei passar pelo risco para aprender.

    ResponderExcluir
  126. Também li tudo que foi publicado aqui. Acho importantíssimo que a gente compartilhe essas experiências porque muitas vezes os médicos de hoje tendem a jogar a culpa na gente e nunca nos medicamentos. É sempre porque somos sedentários ou pq não nos alimentamos corretamente. Mas aqui vemos pessoas de todas as idades e estilos de vida tendo problemas com o uso de anticoncepcionais. E a ANVISA não faz nada? Não precisamos passar por isso. A doença está ficando comercial demais!!! O meu caso não foi diferente. Em dezembro descobri um cisto no ovário que estava causando hemorragia menstrual. A médica receitou YAZ para tomar por 6 meses. Comecei em janeiro. No final da primeira cartela tive uma dor na panturrilha. Fui ao hospital ver o que era pq logo passou a possibilidade de trombose pela minha cabeça, mas o médico que me atendeu disse que não tinha característica de trombose. Receitou remédio pra dor muscular e depois de tomar todo o medicamento a dor na perna passou. 1 mês depois, na semana anterior à semana do carnaval, comecei a sentir um cansaço excessivo. Fazia um esforço qualquer e ficava muito cansada. Imaginei logo que estava sem condicionamento físico. Duas semana depois o cansaço veio acompanhado de um frio na cabeça e uma dor no peito. Pronto, desmaiei e fui parar no hospital. Lá me mandaram direto pra UTI com embolia pulmonar. Fiquei 10 dias internada e com sorte saí do hospital. Agora sigo com tratamento em casa. Tb estou tomando o XARELTO que, curiosamente, tb é da Bayer, assim como o YAZ...Estou com medo!!! Vou precisar tomar por 1 ano...Não confio nada em remédios! Anticoncepcional nunca mais!!!!

    ResponderExcluir
  127. Bom dia a todas!

    Que bom ler vários casos de sucesso no tratamento!
    Estou passando um problema com trombose com minha namorada de 24 anos. Achamos que realmente pode ser o anticoncepcional. Eu não sabia desse possível efeito colateral, e é revoltante à não divulgação por parte de ginecologistas. Ela jamais tomará anticoncepcionais, e graças à Jesus ela foi bem operada e está curada! Deus abençoou os médicos no momento da cirurgia e ela está melhorando a cada dia!!! Muito legal esse blog, parabéns à dona!!

    ResponderExcluir
  128. Muito interessante este blog! Já tive dois abortos espontâneos com 6 sem. Sempre usei Diclin (cerca de 10 anos) , agora estou preocupada!!! Desde o ano passado sinto formigamento e dormência com frequencia nas mãos e pés, cansaço nas pernas e às vezes, dor nos dedos da mão direita (quando escrevo ou digito muito)... será que pode ser trombofilia??? ass. Nanda

    ResponderExcluir
  129. que um maravilhoso mundo em que vivemos , eu ainda duvido que este lançador de magias como ele fez isso !
    Minha boca está cheia de testemunhos , Am Jain meu marido deixou a casa por dois anos à África do Sul para um turista , ele quis dizer uma prostituta e ele foi enfeitiçar pela menina meu marido se recusam a voltar para casa de novo, eu choro dia e noite à procura para quem me ajudar , eu li um jornal de notícias sobre um poderoso lançador de magias chamado Dr. Okojie e eu em contato com o lançador de magias para me ajudar a conseguir meu amor de volta para mim e ele me pedir para não se preocupar com isso que os deuses que lutam por mim .. ele me disse que em meados de noite, quando todo o espírito está em repouso , ele vai lançar um feitiço para se reunir meu amor de volta para mim. e ele fez em menos de 3 dias o meu marido voltou para mim e começou a chorar que eu deveria para perdoá-lo , eu , estou tão feliz por que este lançador de magias fez por
    eu e meu marido .. contato em seu drokojiehealinghome@gmail.com e-mail é o melhor lançador de magias em todo o mundo selvagem. ele está specialiesed na resolução de outros problemas , incluindo os seguintes :
    (1) Se você quiser que o seu ex-costas.
    (2) se você sempre tem pesadelos.
    (3) Você quer ser promovido em seu escritório.
    (4) Você quer que as mulheres / homens a correr atrás de você.
    (5) Se você quiser uma criança.
    (6) Se você precisar de ajuda financeira.
    (7) Se você quiser que a cura do HIV AIDS
    contatá-lo agora para solução imediata do seu
    problemas no Drokojiehealinghome@gmail.com
    obrigado

    ResponderExcluir
  130. Meu nome é Carla, tenho 41 anos e há 23 dias sofri uma trombose cerebral. Eu sou professora universitária, estou no meu último ano de doutorado em psicologia e acabei de passar em um concurso publico para professor do IFB. No dia 04 de agosto entrei em exercício, no dia 08 acordei com dores de cabeça e congestão nasal, fui a uma otorrino que me disse ser uma crise alérgica, me receitou anti-inflamatórios. No dia seguinte as dores pioraram e eu comecei a ter Diplopia ( visão duplicada ) corremos para o hospital, passei por 3 neurologistas, fiz 2 tomografias , tive 3 convulsões e o diagnóstico : Crise de ansiedade! Eu disse a um dos médicos: eu faço doutorado em psicologia , eu saberia diagnosticar uma crise , e depois de muita insistência , sai de lá com um pedido de exame, ressonância magnética.
    Sou de Goiânia, estava em Brasília há apenas 4 dias. Minha mãe assim que soube do meu estado correu pra Brasília, Foi a minha sorte!ela me trouxe pra Goiânia e fomos então fazer a bendita ressonância, Nesta esta altura eu já havia perdido o movimento da perna direita. Marcamos para o dia seguinte ao exame uma consulta com um neuro cirurgião e o exame ficou pronto na hora da consulta. Laudo : TROMBOSE VENOSA CEREBRAL COM HEMORRAGIA. Tive uma convulsão no consultório e fui internada as pressas. Continuo com a visão comprometida e fazendo exames de sangue a cada 3 dias para achar o INR , a pedido do hematologista, além de acompanhamento psicológico.
    A primeira coisa que o neuro me perguntou : Você toma anticoncepcional: eu disse Sim! YASMIN. Ele solicitou exames para descartar outras causas e concluímos que foi o anticoncepcional. Eu tomava há 6 meses para controlar as cólicas menstruais causadas por miomas uterinos.
    Depois da doença, descobri inúmeros casos com morte inclusive. O que pergunto é como? Será que nada pode ser feito?
    Na internet e nas redes sociais há inúmeros relatos associados ao uso de anticoncepcionais. OS médicos ginecologistas precisam alertar as pacientes e pedir o exame que mostra à predisposição a trombose. O risco deveria vir estampado na embalagem, assim como nas campanhas de cigarro. Quantas pessoas vão ter que morrer para que isso ocorra? Estou tentando mobilizar a imprensa para voltar a falar no caso. Por favor, me ajude!

    ResponderExcluir
  131. Carla! em primeiro lugar, obrigada por me escrever.
    Imediatamente, desejo que você fique boa, e que agora se acalme e cuide de você antes de mais nada.
    Com o tempo, vamos investigando e sabendo de coisas… tentando mudar algumas. Entendo o que você sente, mas também ainda não consigo entender o porque de não fazerem um alerta maior a respeito da trombose x pílula, afinal é uma coisa que ela
    desencadeia em muitos que usam o remédio e só por isso já poderíamos fazer um escândalo. Acredito que os laboratórios não tenham interesse em alertar, porque na verdade não tem nada mais eficaz para evitar a gravidez.
    Preciso retomar esse assunto e conversar com mais médico novamente para ouvir mais opiniões depois de tanto tempo que passou o que passou com minha filha, pois a toda hora alguma de vocês entram aqui e contam coisas como vc.

    Desde que escrevi o que aconteceu com minha filha, tento, ajudar de alguma forma todos que pretendem tomar pílulas. Seu eu fosse da mídia ou do governo, gostaria de fazer um alerta na TV para mostrar esses perigos, mas é preciso que muita gente se mobilize para entrarmos nesse assunto e depois, sim fazermos o alerta. Ao menos o alerta em cima de depoimentos.


    Estou a sua disposiçao, mas se cuide!
    Boa sorte

    ResponderExcluir
  132. Obrigada Conceição. Estou me cuidando, repouso absoluto, medicação e alimentação. Estou viva por milagre, pois minha trombose foi nos seios sigmoide, transverso e sagital, além de hemorragia subracnoide. Cada dia de vida é um milagre. Ler tantos depoimentos me dá força pra enfrentar isso. Tenho alguns bons amigos jornalistas , e por sugestao deles... pensamos em mobilizar a imprensa.. vamos nos falando.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. CARLA, bom ter notícias suas!
      Vamos fazer o que pudermos. O pouco já é muito diante do que aconteceu com uma de vcs! Grande beijo, conte comigo.

      Conceicao

      Excluir
  133. Ola conceição. Fiz um video contando minha historia e publiquei na minha rede social. De ontem até agora já sao mais de 10.000 compartilhamentos. Isso chamou a atenção da Rede Globo que fará uma reportagem sobre o assunto e terá meu depoimento amanha. A materia está sendo cotada para ir ao fantástico. Passei o endereço do seu blog para o reporter. Vamos ver se conseguimos mais pessoas para dar depoimentos. Eles ouvirão neurologistas, hematologistas, ginecologistas e vitimas. Isso tem que parar! segue o link do video. Meu perfil no face book: Carla simone castro https://www.facebook.com/video.php?v=960534627297394&set=vb.100000225986081&type=2&theater

    ResponderExcluir
  134. Carla simone castro, que maravilha! Espero que vc esteja melhor e vamos lutar, sempre!! Um beijom CON

    ResponderExcluir
  135. oi conceição tudo bem ? Li tudo que está em seu site .e fiquei muito assustada pois estou tomando anteconcepcional para combater micropolicistos,desde dezembro de 2013.Gostaria que você me desse uma luz pois agora estou assustada com tudo.Desde já agradeço se você me responder

    ResponderExcluir
  136. Olá! The Dream, como vai?
    Sempre escrevo aqui que não sou médica, não entendo nada de medicina, apenas tenho vivência empírica . Isso tudo é muito delicado, mas sempre tem que perguntar para sua médica/o se tem os exames de sangue que mostram a sua tendência a trombose e infelizmente, mesmo que vc não tenha essa tendência, assim mesmo a pílula pode causar trombose no seu organismo. Não se sabe exatamente, mas há casos com maior chance. Por esta razão os acompanhamento médico, e a atenção para os sintômas do seu organismo.
    É mais ou menos isso aí. Leia, pergunte, se informe.
    E desejo boa sorte.
    CONCEICAO

    ResponderExcluir
  137. Nossa! Estou muito assustada com isso tudo. Pois, estou também fazendo uso de anticoncepcional para tratamento de miomas uterinos. Na verdade, tô apavorada. Quero parar agora, só q acho q tenho q terminar ao menos a cartela mensal. Já tomo anticoncepcional há alguns anos, mas há um ano e meio, mais ou menos,mudei de pílula. Graças a Deus não tenho nenhum problema até agora com o uso. Porém, quero prevenir. Me ajude Conceição o que faço? Sou professora, tenho 35 anos. Ass.: Bella.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não sei se o caso seguinte se refere a mesma pessoa, mas o caso é parecido. Sempre reafirmo aqui e lembro a todos que não sou médica.
      Por favor prestem atenção no seu organismo, percebam os sinais , o que ele sente, como se manifesta, e o que mudou depois do remédio, depois da pílula.
      Certamente, algo mudou. Um inhcaço, dores de cabeça, algum desconforto e tal… Sempre é preciso uma consulta com seu médico. Por favor peçam os exames, afinal hoje em dia temos muitos meios de informação e prestemos atenção no nosso corpo, ele fala. E assim podemos ter mais informação.
      É para ficar assustada mesmo, a coisa é muito séria. Acabe a cartela, mas o melhor é para de tomar, e dar um tempo e fazer uma nova consulta. Os exames que mostram as tendências, mas sempre lembrando que mesmo que
      não haja essa tendência, sempre é perigoso o uso da pílula.

      Excluir
  138. olá Conceição! Fui em um médico e ele me passou anticoncepcional ''selene'' pois tenho problema com a menstruação, só que não me dei bem tomando ele,me sentia enjoada e sem vontade de comer,mas com a menstruação tava tudo indo bem ela tava vindo regulamente, mas daí por conta dos enjoos ele me mandou tomar ''diane 35'', tomei mais 6 meses, mas tava engordando muito daí resolvi para pensando que depois minha menstruação viria do mesmo jeito de quando eu estava tomado mas não veio, recentemente fiz uns exames para ver o que tinha descobri que tenho cisto no meu ovário e no meu útero, levei o exame para o medico ver e ele me falou que com mais 6 meses de anticoncepcional vai acabar, não vou tomar e mudar de medico pq falei pra ele que isso não criou da noite para o dia e tomei anticoncepcional o ano passado todo! Estou com muito medo depois que li esses depoimentos.

    ResponderExcluir
  139. Boa tarde! Me chamo Angélica, acabei de ver o depoimento de Carla Simone Castro no facebook e fiquei preocupada, pois tenho uma filha de 14 anos que tem vários transtornos menstruais e após leva-la ao gineco constatou-se ovário policístico e o tratamento consiste no uso de anticoncepcional por um período de 06 meses, pois bem foi receitado Diclin e já se passaram 05 meses, onde percebi que ela começou a reclamar de dor de cabeça e na primeira semana dessa 5º cartela, minha filha reclamou de uma intensa dor de cabeça que a levou a ficar acamada reclamando também e até associamos há uma sinusite cuidei com analgésico, onde ela disse que não adiantava, mais após essa primeira semana a dor passou, minha preocupação é porque minha filha na infância teve epilepsia, e se de alguma forma o uso dessa droga pode faze-la mal, confesso que só li a bula do medicamento após o depoimento de Carla e constatei os efeitos colaterais. Já vinha com receio pois eu mesma fui proibida de tomar anticoncepcional devido a problemas de má circulação nas pernas. E o fato é que esse ultimo episodio de dor de cabeça de minha filha me deixou preocupada. Estou com duvidas do que fazer. É melhor prevenir e perquisar do que remediar.

    ResponderExcluir
  140. Angelica, por favor! Pare tudo.
    Por mais que não tenha capacidade de dizer isso, pois não sou médica, observe que o caso de sua filha é muito. mas muito sério, assim como tantos outros, mas leia tudo que me escreveu e faça um exercício como se fosse ler pela primeira vez a história de uma outra pessoa. Leia e pense. Leia e reflita. Vc me diz que ela teve epilepsia. Isso é grave! A menina já tem uma história. Pode estar bem, mas é bom tomar cuidados dobrados. Depois ela reclama de dor de cabeça, isso não é bom. Vc não pode tomar pílula por problemas de circulação.
    Pois bem: tudo isso precisa ser pensado e contado para os medicos com muita calma e atenção. Eles perecisam saber dos seus exames, se fêz os indicados para saber a respeito da tendência a trombose, se vc é fumante ou não, e por aí vai. Tudo que se diz respeito a circualção já é um agravante e muitas doenças marcam essa possibilidade. Depois passamos para sua filha, e se tiver filho homem, faça os mesmos exames neles todos, homens, mulheres. Todos correm riscos. No caso de sua filha, por favor, se tiver possibilidade comece de novo. Talvez com o mesmo medico, ou ainda com outro médico. Não aceite qualquer informação como acadêmica, sinta apenas a sua intuição e leia tudo que puder na internet a respeito de informações, mas não confunda com baboseiras, coisas absurdas. Pegue depoimentos, e converse com médicos. Cuide de sua filha e tome cuidado, pois filho não se faz com facilidade.
    Desejo sorte pra vc e para ela.
    Obrigada por me escrever, CONCEICAO

    ResponderExcluir
  141. Gostaria De saber se São todas as pilulas que fazem aparecer os sintomas?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!
      Na verdade sim!
      Tem um link que postei no final do texto. Leia que vai te ajudar muito.
      Conceicao

      Excluir
  142. USO ANTICONSEPCIONAL SELENE ALGUEM JA TOMOU E SENTIU ALGO EU SINTO DORES NBA CABECA DE VEZENQUNDO E DORES NAS PERNAS SEMPRE E TENHO UMAS VARIZES OBRIGADA!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu tomei uma cartela de selene apenas e resultou em uma embolia pulmonar, a um pouco mais de um mês...

      Excluir
  143. Edina, por favor! Faça exames para saber sua tendência, e mesmo que não as tenha, pare de tomar a pílula.
    Vou postar um texto da sensação que tive ao tomar pílula.
    Investigue, mas sentir dores de cabeça e dores nas pernas não é bom, sem contar que vc tem o agravante de ter problemas nas varizes.
    Se cuide
    Obrigada por escrever
    Conceicao

    ResponderExcluir
  144. Inha Domingues: Este comentário/depoimento é de minha mãe no facebook
    Carla, lamento por você, porque posso imaginar o seu sofrimento, embora eu tenha sofrido episódios de trombose desde os 30 anos, mas apenas nas pernas e nos braços. Só estou comentando porque sei que tudo no seu depoimento é verdadeiro, porém quero aproveitar para registrar aqui mais um perigo. Durante todo o tempo de convívio com a doença (hoje tenho 82 anos), fiz todos os exames possíveis e imagináveis para saber sua origem. Resultado final: não sou trombótica, ao contrário de minha neta, a filha da Con. E porque a doença? Minha linda, fumei 22 anos, parei de fumar em 1980, mas já era tarde demais para o meu organismo reagir. Agora os médicos a diagnosticam como "trombose tabagistica". Posso jurar a você que essa é a única causa de arrependimento que tenho. De nada mais me arrependo. Para você agora, quero dizer com muito amor, tenha calma! Tenha fé! Só Ele, nosso criador pode nos socorrer. Corremos atrás da ciência, mas é Ele apenas que rege as nossas vidas. Por isso, minha linda, apazigue seu coraçãozinho, porque você ainda é muito jovem e seu organismo vai buscar a saúde e a vida. Força! Beijo
    Ontem às 03:44 · Curtir

    ResponderExcluir
  145. Ola Conceição... Belo blog!
    Chamo.me Vera tenho 31 anos... Fui mãe pela segunda vez... A 2 meses.. E um mes depois de ter o meu rebento lindo... Comecei com dores nas costas e por baixo do peito... Ao respirar doía e não conseguia estar deitada... Sentada de forma alguma! Fui ao hospital e após alguns exames fui vista por uma medica de pneumologia q Desconfio q podesse ser tep... Q foi confirmado... Tep sub segmentar no pulmão esquerdo... Não fiquei internada... Estou a anticoagulante... Mas estou mt asssuatada pois não vejo MTS casos de tep no pulmão de relatos com sucesso... Alguém passou pelo mesmo??? Presciso de informação... Sinto.me perdida... Vou a medica fazer reavaliação no proximo dia 17 ... Se poderem me ajudem...

    ResponderExcluir
  146. Vera, obrigada por me escrever!
    Espero que vc esteja melhor.
    Que coisa desagradável o que aconteceu com vc, mas que bom que a gravidez também aconteceu até o final sem "prejudicar" o nenem e vc.
    Quanto a sua embolia pulmonar, não posso confirmar se foi causada por sua gravidez, pois nesse momento os riscos da mulher aumentam muito e sabemos que a circulação é prejudicada. Sua médica pediu exames para você?
    http://www.fisfar.ufc.br/pesmed/index.php/repm/article/viewFile/11/150
    Veja esse artigo se te ajuda…
    Ela precisa descobrir o porque dessa tep. Se vc tomava pílula - etc. Cuidado daqui para frente. A embolia pulmonar, minha filha também teve antes da gravidez, aos 21 anos de idade, e por esta razão escrevi esse artigo.

    Vamos ver se leitora adaqu pode te ajudar, senão te peço pra ver o link do texto Pilula e Trombose que postei neste final de semana, e que alí vc encontrará o depoimento da Carla, e ela está no facebook com muitos casos de trombose e tep. Numa só corrente, umas ajudam as outras e assim savamos vidas e evitaremos que isso aconteça mais vezes se foi por conta da pílula.
    Um grande beijo e saúde pra vc e parabéns pelo seu lindo bebezinho.
    Conceicao

    ResponderExcluir
  147. Eu já recebi cerca de 300 mensagens de outras vitimas as quais peço que GRAVEM vídeos com seus DEPOIMENTOS e publiquem nas redes sociais. Vamos dar voz e rosto a esses casos até alcançarmos o GOVERNO FEDERAL E A ANVISA. Os laboratórios dizem que o que houve conosco é RARO ACONTECER.. VAMOS QUESTIONAR A SEGURANÇA DESTES MEDICAMENTOS por tudo que já vi e li sei que NÃO SÃO RAROS OS CASOS! ISSO TEM QUE PARAR! POR FAVOR CONTINUEM COMPARTILHANDO ATÉ O GOVERNO FALAR SOBRE A SEGURANÇA REAL DOS MEDICAMENTOS CONTRACEPTIVOS.Algumas pessoas estão me mandando mensagens dizendo que eu tive a trombose porque tinha pre-disposição. Nao sei se tenho! Exames só poderão ser feitos daqui ha 6 meses. Quem tem pré-disposiçao nao pode tomar HORMONIOS, JAMAIS! o fato de não ter não nos isenta do risco. NÃO FUMO, NAO SOU HIPERTENSA, NAO TENHO DIABETES, NAO TENHO PROBLEMAS CARDIACOS, NAO TENHO COLESTEROL E TRIGLICERIDES ALTO E NAO TENHO HISTORICO FAMILIAR. TODOS OS MÉDICOS QUE ME ATENDERAM FIZERAM A MESMA PERGUNTA : VOCÊ TOMA ANTICONCEPCIONAIS? Nem todas que usam terão trombose, mas as pessoas precisam saber que existe um risco

    ResponderExcluir
  148. Carla, sua luta é linda de ver.
    Conheço quem tenha a tido trombose mesmo sem ter propensão. E quem tem propensão é que NÃO PODE TOMAR PÍLULA de forma alguma. Ainda deixo aqui, a informação de quem tem a pre-disposição de que na Menopausa, não poderá fazer us de hormônios, fazer a tal da reposição, pois os efeitos serão os mesmo da pílula. Nâo se pode usar. Quem teve trombose jamais fará reposição hormonal nessa fase madura da vida. A pílula também deve ser tomada com TODA segurança e informação vinda dos médicos, do laboratório, e sobretudo da sua percepção. Qualquer coisa estranha ou insistente no seu organismo pare tudo - dor de cabeça, inchaço e sempre fale com o seu médico, exija dele todo esclarecimento.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gravem seus depoimentos em vídeo e publiquem nas redes sociais. Vamos questionar o governo sobre a segurança desses medicamentos.

      Excluir
  149. Olá,comecei a tomar o anticoncepcional YAZ há mais ou menos dois meses para tratar de ovários policísticos,não senti muito dos seus efeitos colaterais porém há uns 4 dias venho sentindo fortes dores na caixa toráxica,eu sempre senti dores na coluna e não dei muita atenção.Percebi que essas eram diferentes,não passam com massagem,ao mudar de posição,alongamento;nada, apenas crescem ao decorrer dos dias e parecem ser piores a noite,mais ou menos no mesmo período em que as dores fortes nas costas começaram a surgir houve um dia em que senti fortes dores no peito (como se alguém estivesse esmagando meu coração) ,falta de ar,suor intenso,tontura e visão escurecida,tudo isso após fazer grande esforço na dança (bom,sempre dancei e nunca senti nada parecido),não entendi,achei melhor marcar um cardiologista e deixar isso pra lá.Hoje quando as dores na caixa toráxica parecem se intensificar eu encontrei seu depoimento bem por acaso,e tudo pareceu fazer sentido, bem,suspeito de uma embolia pulmonar e amanhã procurarei uma emergência,gostaria de saber se estou paranoíca ou se os riscos são reais.
    Beijos e amei o blog :*

    ResponderExcluir
  150. Malu por favor pare de tomar a pílula e investigue antes que o pior aconteça.
    Não é normal uma pessoa sentir dores assim.
    Faça exames,
    não vá tocando a vida pensando que tudo está normal.
    Perceba os sinais do teu corpo, só vc se conhece!
    Gostaria de te pedir que se possível for, leia os outros artigos e veja o depoimento da Carla que está postado em Pilula e Trombose, e tem o link dela do facebook também no primeiro post do meu blog. Ela pede e eu também que façam vídeos contando suas sensações e o desconhecimento que as pessoas teem com relação a esses males que podem vir da pílula. Os exames específicos que os médicos nao pdem, etc. Se puder gravar, faça-o e coloque no youtube com o titulo dessa matéria aqui do blog = A pílula anticoncepcional Assassina.
    Muito obrigada, fique bem, CONCEICAO

    ResponderExcluir
  151. Tomo anticoncepcional desde dos meus 17 anos agora estou com 20, parei fiz um exame e descobri que tenho cistos, o meu ginecologista mandou eu voltar a tomar, mas eu não quero.

    ResponderExcluir
  152. Meninas me ajudem por favor, comecei tomar anticoncepcional pela primeira vez, e esta semana está sendo ruim porq minhas pernas estão doendo, meu estômago, me sinto mais fraca e pontadas no coração, estou observando voces falarem em trombose, porém eu tenho câimbra, isso tem alguma ligação?

    Obs. estou usando o Adolles, voces tem referências dele?

    ResponderExcluir
  153. Meninas me ajudem por favor, comecei tomar anticoncepcional pela primeira vez, e esta semana está sendo ruim porq minhas pernas estão doendo, meu estômago, me sinto mais fraca e pontadas no coração, estou observando voces falarem em trombose, porém eu tenho câimbra, isso tem alguma ligação?

    Obs. estou usando o Adolles, voces tem referências dele?

    ResponderExcluir
  154. Oi patricia eu tb tive trombose com embolia pulmonar como muitas aqui, ja fiz todos os exames e não tenho nenhuma doença que poderia desencadear a trombose. Fique alerta pq eu tive uma caimbra q não passava na batata da perna e fiz uma massagem nela , e sim essa caimbra q não ia embora era trombose, e com a massagem soltou um pedaço do coagulo e tive embolia na qual achei estar enfartando por causa de uma dor intensa no peito e ombro, com muita dificuldade pra respirar.....não sei se é o seu caso, mas vale a pena vc investigar! No meu segundo raio x viram um derrame pleural, e so depois que minha perna inchou no hospital (foi la a unica vez q dormi em cima dela) e ficou roxeada, e depois de uma tumografia computadorizada chegaram a conclusão que foi embolia por trombose! Investigue e não desista até ter um diagnostico pois antes de saber 2 hospitais me mandaram de volta pra casa dizendo ser dor muscular! So fui salva pq eu havia lido a bula do anticoncepcional e disse na hora q desconfiava de um tromboembolismo por causa da pilula. O medico riu, mas no fim era isso mesmo! Bjos

    ResponderExcluir
  155. Patrícia, olá!
    Obrigada por contar sua história.
    E por favor passe em consulta, por favor.
    LEia o que Karina escreveu e fique atenta.
    É isso mesmo, muito cuidado, e todo cuidado é pouco.
    A meu ver, pare tudo e comece novamente, com todas as informações possíveis, e a certeza de muitos exames para se cercar de segurança.
    Desejo boa sorte.
    Saúde e felicidades a vocês!

    ResponderExcluir
  156. Karina
    obrigada por escrever.
    Conte sua história em vídeo se for possível, estamos fazendo uma campanha para chamar atenção de laboratórios, médicos, orgãos de saúde, Anvisa, tudo. Temos que ter escalreciementos a respeito de coisas que Não nos são claras.
    Veja os posts em saúde que publiquei aqui, e o que estamos fazendo para tentar esclarecer a todos nós.
    Grande beijo, CONCEICAO

    ResponderExcluir
  157. Assim q possivel farei um video sim Con! Eu fiquei mto feliz qndo conheci seu site q luta por essa causa esquecida e deixada de lado por muitos medicos que se calam ou ignoram esse assunto! Tb fikei mto feliz com a mensagem acho q da carla simone no qual ela disse que a globo se interessou pelo assunto! Independente se a globo vai ou não fazer uma reportagem cabe a nós divulgarmos com todas nossas forças! Ja postei seu blog no meu blog e no meu facebook e sempre q eu puder farei oque tiver ao meu alcance! Hj logico q minha perna incha um pouco se fico mto tempo em pé, mas me considero curada pois estou gravida de 9 meses sem nenhum remedio anticoagulante, pois não tenho predisposição genetica e nenhuma outra predisposição qlqr, diferente do que um dos angiologistas que passei durante meu tratamento me amedontrava me dizendo ter predisposição porque isso so acontecia com pessoas com problemas no sangue ou genetica....olha fui ate o fim acreditando ser uma inverdade isso pq ja tinha um filho de 3 anos na epoca e na gravidez dele num tive nada, inclusive engordei 40 kg nessa gravidez e fiz cesarea e nunca havia tido trombose! Tudo isso descobri com seu blog e mta pesquisa q me fez esperar os benditos 6 meses de tratamento naquela agonia sera q tenho ou não tenho algo? Fique com Deus e que Ele continue te direcionando nessa luta! No q eu puder ajudar estarei aqui.... Mtos bjos

    ResponderExcluir
  158. Karina!!! Vc está grávida? E não toma nada? Seu médico não te indicou nada?
    Meu Deus!
    Enfim, acredito que devesse tomar, sim. A mulher na gravidez por sí só aumenta os riscos por conta de hormônios e muito mais… Mas continue sua vida. Se cuide pelo amor de Deus e vamos falando!
    Conte sempre, apareça por aqui.
    Obrigada pelo depoimento
    Um bj
    CON

    ResponderExcluir
  159. Então Con não tomo nada alem de vitaminas , uso meias elasticas todos os dias antitrombotica, meu angiologista disse q eu poderia nessa epoca de calor tomar um remedio natural q não lembro o nome agora que ajuda no retorno venoso, mas optei pelo uso das meias e exercicios fisicos como prevenção, por as pernas pra cima e segundo minha hematologista eu não deveria engordar muito, e ate me aconselhou uma cesareana dizendo não correr risco porque meus exames mostraram não ter nada mesmo no sangue ou genetica que gere uma trombose.....ate aqui estive tranquila pq estou de 38 ou 39 semanas, mas confesso estar apreensiva com a cesarea , o angiologista disse q eu so deveria tomar a clexane se eu viajasse pra longe e eu deveria usar as meias elasticas junto....em relação a operação ele disse q eu deveria tomar clexane, mas a hematologista disse q não......fiquei mto dividida , e apesar de repetir os exames de trombose na gravidez e constou estar tudo bem estou um tanto preocupada! Agora não sei qual dos medicos deveria ouvir ja que as opiniões são diferentes! Se puder me dar uma sugestão agradeço ! Bjos

    ResponderExcluir
  160. Então Con quando eu tive trombose o ano passado eu ja tinha um filho de 3 anos no qual a gravidez dele engordei 40 kg e fiz cesarea e não tive trombose. Depois pra evitar a gravidez tomei por 6 meses elani ciclo 21 e surgiram esses sintomas de caimbra na perna q não passavam, tive embolia fiquei internada , e depois de mais 6 meses com anticoagulante parei de tomar por 1 mes pra fazer todos os exames de trombose, e todos deram negativos. Foi comprovado q minha trombose foi devida a pilula, segundo a hematologista esta eda a razão de eu não precisar tomar anticoagulante durante minha gravidez!agora se ela ta certa ou não é uma grande duvida, se puder me dar uma luz, atr agora estive contando com Deus nesse meu caso! Bjo

    ResponderExcluir
  161. Tenho uma dúvida, o anticoncepcional que prejudica é o dessa marca citada ou com esse princípio ativo? Se alguém puder me esclarecer eu agradeço.

    Um abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. As pílulas sem estrogênio não dão trombose, eu só conheço a cerazette. Mas jamais tome sem o conhecimento do seu médico, independente do que tenha lido aqui, cada indivíduo é único e tem de ser avaliado como tal. Se o médico não lhe passar segurança, mude de médico, mas não aceite que te empurrem verdades do google.

      Excluir
  162. Karina, vc tem meu email né?
    conduarte@gmail.com
    me passa o seu, ou manda um pra mim… quero te explicar uma coisa.
    Um beijo, CON

    ResponderExcluir
  163. Para quem não se identificou e perguntou a respeito do princípio ativo da Pílula, imagino que todas tenham o mesmo, sim. Ou melhor ela tem hormônios. Pelo que vejo aqui, todas elas causam problemas, não há uma específica que faça mal. Há médicos e pacientes que dizem o absurdo de trocarem de pílula por uma ser mais fraca que a outra. Difícil entender essa linguagem, mas no popular isso é comum e tanto a "fraca" quanto a "forte" podem fazer mal. Podem evitar filhos e talvez causar mal estar ou trombose, só mesmo eles podem explicar exatamente. Por isso a nossa questão aqui. Sabemos que a pílula foi um grande invento, uma crianção incrível, mas se o mal for maior que o bem, temos que saber.

    ResponderExcluir
  164. Procurem no facebook a página: vítimas de anticoncepcionais unidas a favor da vida. Já divulguei o blog lá, vamos nos unir. Somos vítimas do anticoncepcional e do despreparo da saúde no Brasil. Beijos guerreiras.

    ResponderExcluir
  165. Olá Conceição td bem? quando comecei a tomar anticoncepcionais tomava tantin, depois por indicação da minha ginecologista passei a tomar diane 35, tomei por 4 anos e no ano passado, devido aos efeitos colaterais passei a tomar dalyne, porém vi no seu post que todos eles podem levar a trombose, e meu medo é porque sinto muitas dores de cabeça, será que se eu tomar injeção diminuo os riscos ou é mesma coisa?

    ResponderExcluir
  166. unhas pri, obrigada por me escrever. Infelizmente, minha linda, acredito que tudo isso seja o mesmo, pois tem hormônio e isso pode ser perigoso. Todo contraceptivo, tem que ter muito cuidado. Pare, caso tenha sentido mal estar ou alguma diferença no seu corpo. Dro de cabeça não é um bom sinal Se cuida, e fale com seu médico gineco ou com um hematologista, mas logo!!! bjks CON

    ResponderExcluir
  167. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  168. Olá Conceição, eu escrevi para vc há um tempo atrás. Tive uma TVP e uma TEP em 2011, fiz todos os mil exames que existem e tudo indicou que foi a pílula yasmim. Tive mais uma filha e usei clexane durante a gravidez toda desde então todo ano repito todos os exames de novo. Eu não se se isso acontece com sua filha ou com as outras pessoas que escrevem aqui...que apesar de não ter trombofilia parece que essa doença me persegue para sempre. Meu médico(hemato) não me deixa fazer nenhum tratamento estético, nenhum remédio sem antes falar com ele. Sei que pode parecer besteira, mas desde então parece que não posso ser livre e fazer o que quiser, sempre tenho que ficar perguntado se posso isso, se posso aquilo...

    ResponderExcluir
  169. Anônimo…
    Esse tipo de coisa que acontece com vcs com relação a trombose, TEP, e tudo o mais que vem do uso da pílula sendo ou não tendende a ter essa coisa pavorosa, é uma coisa gravíssima e levamos em consideração que a idade de vcs, e a falta de orientação dos médicos. Isso tudo junto é triste demais de se viver, mesmo porque tem alguns casos que são muito mais graves, tirando a vida de algumas jovens e deixando-as sem visão, ou com problemas para se locomoverem e mais e mais. Tem aqui outros textos para vc acompanhar e até no facebook, como recomendo nos outros textos relacionado a este. Enfim, é sempre bom falar com seu médico antes de fazer qq procedimento, mas uma vez que vc tenha sido escalrecida da dua situaçao, isso é tranquilo. MInha filha teve tb duas filhas, tomou clexane durante 9 meses e mais 40 dias depois do parto e tudo que ela vai fazer, ou alguma cirurgia, tem sim que falar com seu hemato. Melhor a segurança e informação a tomar um susto e se complicar novamente… Boa sorte.

    ResponderExcluir

Não aprovo comentário ANONIMO!