Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de 2013

Da Série "A Velhice é Uma Merda" .

A cada minuto que passa precisamos facilitar a vida, URGENTEMENTE!!


E assim, caminha a humanidade rsrs

Orlando Duarte

Da Editora Ebook.     Mais um livro de Orlando Duarte


Lançamento dia 12 de Setembro de 2013  às 19 horas - Museu do Futebol, São Paulo.

O livro de 180 páginas, com fotos e muita história das Copas desde 1930 até os dias de hoje.


"Mais de 60 anos e cinco títulos mundiais separam o Brasil que foi e o que será sede da Copa"

"Nasce uma Entidade que faz a bola unir o que o mar separou"

Você lembra do nome de todos os MASCOTES dos Mundiais?

1966 - Willie  - Inglaterra
1970 - Juanito Maravilla - México
1974 - Tip e tap - Alemanha Ocidental
1978 - Gauchito Mundialito - Argentina
1982 - Naranjito - Espanha
1986 - Pique - México
1990 - Ciao  Itália
1994 - Striker - Estados unidos
1998 - Footix - França
2002 - Os "Spheriks"- Ato, Jaz e Nik - Coreia do Sul e Japão
2006 - Galeo VI e Pille - Alemanha 2006
2010 - Zakumi - África do Sul
2014 - Fuleco -  Brasil

Para  quem ama o futebol sua magia e sua história tem no livro muitas lembranças registradas.

Vou Te Contar

Vendo a chamada do "profissão repórter"  do dia 27 de Agosto de 2013,

Orlando e eu questionamos o seguinte: 

porque o governo brasileiro trouxe mais de 600 médicos de fora do Brasil? 

Não seria mais interessante levar nossos doentes para os EUA?! 

Imaginem: seriam colocados 200 pacientes dentro de um Hércules e pronto!! Toca para os Eua! Depois 

mais um e mais um e por aí íamos indo rarara. Que beleza!

Vou Te Contar

Fazer exames clínicos pela manhã em laboratório é cruel! Além da chatice óbvia somos obrigados a ver 

mulheres com cabelos mal arrumados e imundos! 

Os homens estão mais arrumados. Credo!

Vou Te Contar

Vou Te Contar:

Quando alguém resolve te criticar, te julgar, a melhor resposta é: Venha aqui e assuma os meus problemas... Ou melhor,leve-os para você e faça melhor do que eu!

.Da Série "A Velhice é Uma Merda"

O idoso geralmente é surdo.

Assiste televisão com o som muito alto! (Deixa surdo todos de casa).
Costuma ver o mesmo filme, por muitas e muitas vezes. 
Costuma dormir muito quando a televisão está ligada...
Costuma também confundir o som da televisão, com os de casa. 
Quando toca o telefone ( do filme )   mais que depressa, o idoso se posiciona no sofá e diz 
imediatemente: "To atendendo!!!" 
Meu Deus!!

Da Série. "A Velhice é Uma Merda"

É mais do que sabido que  o idoso se senta no melhor lugar da sala.

Atrapalha a limpeza até em dia de faxina. Não arreda o pé de 

seu lugar por nada desse mundo.


Almoça no mesmo horário diariamente volta correndo para seu 

lugar cativo...

Quando alguém da casa   chegue mais tarde para o almoço sai do 

seu cantinho mansamente e começa a fazer algumas perguntas 

àquele que ainda vai almoçar.  Observa todo movimento.


..."Trabalhou até agora? Deu tudo certo na rua? Não comeu nada, 

é?"

Até que perguntam se ele já almoçou.  Reponde mais que 

depressa:  "Sim sim, almoçei mas comi  pouco, sem você aqui fico 

sem apetite, mas vou te fazer companhia!"

E ordena para a cozinha:  

 "Por  favor, ponha mais um prato mim?!"

E mandou ver tudo de novo!!!! Kkkkkkkkkkkkkk




-Da Série "A Velhice é Uma Merda"

Meu marido hoje me disse a seguinte frase:


"Meu amor! Entre os 80 e 90 anos de idade, somos muito "convocados" por parte do SENHOR!

ELE é quem manda. Coloca seu dedinho sobre nós e nos leva"

Comentávamos a respeito da morte de  Gylmar dos Santos Neves e De Sordi.

O que me encanta no Orlando Duarte, meu marido, é o humor que mantém a respeito da idade dele.


E vez por outra durante o dia, ouço ele me dizer que "A Velhice é uma Merda!" rs


Da Série "A Velhice é Uma Merda" -

Ah, os idosos.

Assim como as crianças, todos eles teem características iguais. Muda somente o nome...

Ao acordar, querem saber o que vai rolar naquele dia. Sempre pensando lá na frente perguntam: "Hoje

vamos sair?  Vamos na casa do meu irmão, não é?!"

Vamos sim, respondemos,  - mais tarde!

"Então está bem. Ontem antes do jantar tomei banho - vou me vestir e tomo banho outra hora,

hoje não preciso tomar banho, nem saí de casa!?"

E o humor que não anda bem das pernas,  se manifesta, e começa o dia com bronca...

Eita maldita velhice!


Da Série "A Velhice é Uma Merda",

O sujeito se torna um tanto quanto trágico.

Impressionante: Se faz notar a todo insntante - chama a atenção da pessoa que é mais ligada a ele,

parece mesmo  uma criança!!

Faz alguma "besteira" -  toma uma chamada e logo  é comum ouvir a frase apelativa:

"Estou no fim da vida.  Meu tempo ta acabando. Ao contrário de você que ainda tem muito tempo pela

frente!"

Como somos humanos, ora calamos, ora  retrucamos -  "Hei, você agora é

Deus é?! Adivinha quem vai primeiro?  Aqui nesta vida não se sabe nada meu querido.  Faça a sua

parte, que eu faço a minha".

E como se fosse resolver alguma coisa ele conta até dez... esquece tudo e faz em seguida das suas artes.

O outro lado tem que contar até mil, pedir paciência aos céus e entender que um dia vamos todos

para o mesmo lugar.  Ah! Velhice...velhice.

Da Série "A Velhice é Uma Merda";

Os dois idosos e doentinhos dormiam tranquilamente, como fizeram por 

mais de 50 anos de casados.



De madrugada, ela sem noção da cama,  do espaço que ocupa -  e  


cheia de medicação,  caiu no chão e se 

esborrachou sem ter a menor condição de se levantar... 


O marido dormia calmamente e drogadamente. Não ouviu absolutamente 

nada! 

Somente pela  manhã é que deram conta do acontecido. 

E no chão, ela estava ainda dormindo.

Da Série "A Velhice é Uma Merda"

O idoso vai ficando egoísta, assim como as crianças na primeira 

infância - o centro das atenções. 

Talvez por instinto de sobrevivência (sobretudo no primeiro caso). 

A verdade é que o ritmo é outro. 

Há uma tremenda pressa para tudo. "Marque meu exame, preciso 

fazer um exame!!" 

Tomei o telefone e fiquei uma hora falando com o plano de saúde, 

- laborátório, procedimento, agendamento e enfim a data! 

Ao meu lado, ele ouviu tudo. 

Marquei o exame para dia tal, as tantas horas. 

Desliguei o telefone e ouvi o seguinte: 

"Dia tal tenho almoço que não posso e não vou desmarcar". 

Fácil, ou não?! 

Ele? Agora cochila no sofá.

Da Série "A Velhice é Uma Merda" >

Os homens em geral

são independentes quando moços, quando estão na ativa 

sexualmente, profissionamente e monetariamente. 


Logo depois, vão se acomodando e o sexo fica em segundo plano - 

fisicamente - (pois na cabeçadeles, jamais!!).

Com relaçãoagrana, nem sempre produzem tanto, masnaverdade

équeacada dia  que passa, ele precisa mais da mulher, 

que por sua vez, ocupa um lugar importante na vida dele.

E na velhice, ah! Na velhice? 

Ela é o seu braço direito, esquerdo... é aquela que cuida dele como 

ninguém.

E tudo passa a ser responsabilidade dela... 

Difícil para os dois, a maldita VELHICE,  - que merda!





Quando somos jovens,  usamos vez por outra a meia de seda para 

compor com elegância nosso traje.  

Ao tirá-las  continuamos com as pernas lindas! 

Talvez mais bonitas ainda, sem elas. . .


Quando somos mais velhas, as meias são mágicas! 


E quando somos velhas de verdade, elas só prestam para esquentar 

um poquinho...  pois, ao tirá-las, nossas pernas são muito feias! 


KKKKKKKKKKK

Da Série "A Velhice é Uma Merda" ª

Um senhor assistindo televisão na noite de Natal. 

Os relógios marcam a meia noite.  A casa em pleno movimento de 

final de ano, todos se confraternizam...

Quando chega a vez dele, que está meio assustado com tanto 

barulho dos fogos pela vizinhança, outro senhor ao lhe 

desejar "FELIZ NATAL" é surpreendido com a interjeição:  "Já 

vão?! Foi um prazer... apareça mais vezes!"  hahahahaha

Da Série "A Velhice é Uma Merda" ∞

Ele reclama que eu fico no micro... 

"mas que coisa, você não conversa comigo?!" 

Pois não! Vamos conversar: quer falar a respeito de quê? 

"Ah! veja aí um assunto..." E blá blá blá... duas frases daqui, é uma 

de lá...    Sinto sua respiração acalmar... olho nos seus olhos e ele 

com semblante feliz, dorme! kakakakaka Melll Delllss!

A mulher e o bicho

Comparo o ser humano com bichos.
Um casal tem seus filhos e a vida vai se apresentando de forma diferente para todos. Porém, quando a mulher pari, ela é presenteada por Deus da seguinte forma: 

- Ora ela pari um cordeiro, ora uma cobra. Ora um cavalo, ora um Koala. Ora um polvo, ora um mosquito. Ora um rinoceronte, ora um jacaré. Ora uma golfinho, ora um tubarão e por aí em diante. 

Com as devidas personalidades que variam entre a fidelidade e o mal caratismo de cada um, conhecemos aí, nossos rebentos e os (dos outros). 
Confesso que ultimamente tenho conhecido o compartamento de muitos como cobra, aranha, cavalos, sapos venenosos e por aí vai. 
Que Deus me livre dessa gente ruim, mas tá difícil, viu! Como diz uma sábia amiga,  a Imane A. Bueno, "o sangue nunca vira água..." Infelizmente temos que conviver vez por outra com essa gentalha.

Perseguição

Muita coisa se aprende quando fazemos parte das redes sociais. Entendemos que a maioria das pessoas são extremamente carentes, ou xeretas, bem humoradas, outras nem tanto; outras falam das suas doenças diárias, das suas dores físicas, outras contam suas dores da alma e por aí vai. Tem aquele que se faz de bonzinho, são cavalheiros, e outros ainda que conseguem brincar o tempo todo e não se envolvem mais do que aquilo que seria o politicamente correto. Ou seja, ele não ofende, não invade a vida de ninguém, não  se mistura e não coloca ninguém numa fria e não entra nela também. Existe também aquele que divulga seu trabalho, seus livros, suas fotografias e se promove o tempo todo.
Alguns deixam mensagens de bom dia, boa tarde e boa noite.  Temos poesias. Muitas indiretas, brincadeiras e bate papos. 
Com o passar do tempo fazemos uma triagem e conseguimos distinguir quem é quem na nossa página e na nossa vida virtual. Até que um belo dia, resolvemos tirar algumas pessoas da nossa lista de &q…

Casamento, decepcões e frustrações

Sabemos que viver junto com outra pessoa não é tarefa fácil.  Sabemos também que o homem não vive sozinho. Ele insiste na divisão da companhia e no entanto, não se esmera. E a vida muitas vezes é tocada de forma infeliz, ou no automático, o que pode ser puro comodismo.
Sempre acreditei que viver com alguém pode ser muito bom, enquanto realmente é bom para os dois, e em seguida, para todos e se tiverem filhos então, nem se fala, caso contrário, um abraço! 
A vida é curta para dividirmos com um "estranho" o seu mal humor,  mal criações, frustrações, problemas que ele não sabe resolver, não quer e não procura ajuda.  A prepotência e a pretensão não nos levam a vencer o bem.
A verdade é que o dia a dia cansa a relação, nem tudo são flores,  a vida são momentos. Que tal fazer desses momentos a leveza para todos? Se você fizer uma analise da vida, vai perceber que os ruins estão nas ruas causando mal físico e psiquico para a sociedade. 
Nem sempre a inteligência humana permite isso, e …

A rede e suas garras!

Incrível como a cada dia que passa gosto mais e mais disto aqui, da internet e suas oferendas.
Na contrapartida,  a cada dia que passa gosto menos do homem e do uso que faz com a palavra. Justamente ela que nos diferencia dos animais irracionais. Estranho isso, não é? Irracionais.   As notícias ao redor do mundo, são assustadoras. A violência é global! Muita coisa pesada e muita gente má está à solta. Pior, existem aqueles que nos atacam fisicamente, sangrando nossa pele, e outros que atacam nossa moral. Ultimamente, os dois sentidos são uma doença da nossa sociedade, infelizmente.
A literatura seja ela popular ou acadêmica conta da carência das pessoas e da complexidade de cada indivíduo. É difícil lidar com o homem. Cada um reage de uma forma para cada situação e, o que para mim é tranquilo, pode ser para o outro um grande problema, ou uma frustração.  Isso tudo é abobrinha, meu post é para dizer da pobreza que tenho visto nas redes sociais onde a escrita impera a comunicação, como  no …

A vida é um tremendo aprendizado

Paz aos homens de boa vontade!
Sucesso, aos homens de bem.
Não perca a razão.
Use a cabeça e deixe o coração pra sua casa... para os seus amores.
Não esquente, aprenda com a burrice dos outros, com a maldade dos outros.
Finja que não sabe nada.
E vai de mansinho, vencendo, vencendo!
boa noite!

Escrevi isso ontém, para um amigo, que anda apurrinhado com o ser humano.
Ora, os jovens de bem! Eles existem sabiam? 
Conheço alguns deles, e esse é um. 
Sofre, por acreditar nos outros.


Longe de tudo e de todos, ele enfrenta um novo trabalho.  A empresa é grande, conhecida famosa e todos a cobiçam, no entanto, como em todo lugar, há sempre aqueles que são víboras, que são prepotentes, que se "acham" e que se perdem... E cheio de dificuldades, embora competente, por isso está lá, se sente humilhado por "profissionais" despreparados, pois a todo momento, puxam o tapete dele.
Dizem que conselho não se dá, no entanto, nós que já vivemos um tantinho a mais,  não conseguimos deixar de dizer al…

A Serpente e o perfume

Começamos 2013 - O ano da serpente do horóscopo Chinês.  Dizem que será um ano complicado, claro! Nem é possível imaginar o contrário diante de tanta crise no mundo. O importante é que tenhamos dentro nós o  espírito de luz, da alma lavada e que floresça assim, a grandeza da boa vontade para a realização das melhores coisas da vida, sobretudo,  a das relações humanas que compreendem o amor, a humildade,  e a consciência plena de tudo. Temos que ter os mais positivos pensamentos, e desta forma, o transformamos nas mais nobres atitudes na busca de sermos um pouco melhor do que fomos ontem. 
Voltando a serpente, ao contrário do que possamos pensar, será um ano de tranquilidade e reflexão e bom para o amor! Só isso, nos trás um conforto grande e pensar firmemente assim, pode se tornar uma meta!
Aprendemos com tantas tragédias a dar valor para nossas vidas. Sempre que acontece algo de ruim diante dos nossos olhos, entendemos imediatamente que estamos bem, e que as coisas parecem acontecer lon…