sexta-feira, 14 de agosto de 2015

Um dia você aprende


https://youtu.be/f6Hnwx44AnU




Um dia a gente aprende que...

Depois de algum tempo você aprende a diferença, a sutil diferença, entre dar a mão e acorrentar uma alma.

E você aprende que amar não significa apoiar-se, que companhia nem sempre significa segurança, e começa a aprender que beijos não são contratos, e que presentes não são promessas.

Começa a aceitar suas derrotas com a cabeça erguida e olhos adiante, com a graça de um adulto e não com a tristeza de uma criança; aprende a construir todas as suas estradas no hoje, porque o terreno do amanhã é incerto demais para os planos, e o futuro tem o costume de cair em meio ao vão.

Depois de um tempo você aprende que o sol queima se ficar exposto por muito tempo, e aprende que não importa o quanto você se importe, algumas pessoas simplesmente não se importam... aceita que não importa quão boa seja uma pessoa, ela vai ferí-lo de vez em quando e você precisa perdoá-la por isso.

Aprende que falar pode aliviar dores emocionais, e descobre que se leva anos para se construir confiança e apenas segundos para destruí-la, e que você pode fazer coisas em um instante, das quais se arrependerá pelo resto da vida; aprende que verdadeiras amizades continuam a crescer mesmo a longas distâncias, e o que importa não é o que você tem na vida, mas quem você tem na vida, e que bons amigos são a família que nos permitiram escolher.

Aprende que não temos que mudar de amigos se compreendemos que eles mudam; percebe que seu melhor amigo e você podem fazer qualquer coisa, ou nada, e terem bons momentos juntos.

Descobre que as pessoas com quem você mais se importa na vida são tomadas de você muito depressa, por isso sempre devemos deixar as pessoas que amamos com palavras amorosas; pode ser a última vez que as vejamos.

Aprende que as circunstâncias e os ambientes tem influência sobre nós, mas nós somos responsáveis por nós mesmos.

Começa a aprender que não se deve compará-los com os outros, mas com o melhor que pode ser.

Descobre que se leva muito tempo para se tornar a pessoa que quer ser, e que o tempo é curto.

Aprende que não importa onde já chegou, mas onde se está indo, mas se você não sabe para onde está indo qualquer lugar serve.

Aprende que ou você controla seus atos ou eles o controlarão, e que ser flexível não significa ser fraco ou não ter personalidade, pois não importa quão delicada e frágil seja uma situação, sempre existem dois lados.

Aprende que heróis são pessoas que fizeram o que era necessário fazer, enfrentando as conseqüências. Aprende que paciência requer muita prática.

Descobre que algumas vezes a pessoa que você espera que o chute quando você cai é uma das poucas que o ajudam a levantar-se; aprende que maturidade tem mais a ver com os tipos de experiência que se teve e o que você aprendeu com elas do que com quantos aniversários você celebrou; aprende que há mais dos seus pais em você do que você supunha; aprende que nunca se deve dizer a uma criança que sonhos são bobagens; poucas coisas são tão humilhantes... e seria uma tragédia se ela acreditasse nisso.

Aprende que quando se está com raiva se tem o direito de estar com raiva, mas isso não te dá o direito de ser cruel.

Descobre que só porque alguém não o ama do jeito que você quer que ame não significa que esse alguém não o ama com tudo o que pode, pois existem pessoas que nos amam, mas simplesmente não sabem como demonstrar ou viver isso. Aprende que nem sempre é suficiente ser perdoado por alguém; algumas vezes você tem que aprender a perdoar-se a si mesmo.

Aprende que com a mesma severidade com que julga, você será em algum momento condenado.

Aprende que não importa em quantos pedaços seu coração foi partido, o mundo não pára para que você o conserte.

Aprende que o tempo não é algo que possa voltar para trás, portanto, plante seu jardim e decore sua alma ao invés de esperar que alguém lhe traga flores, e você aprende que realmente pode suportar... que realmente é forte e que pode ir muito mais longe depois de pensar que não se pode mais.

Descobre que realmente a vida tem valor e que você tem valor diante da vida! Nossas dúvidas são traidoras e nos fazem perder o bem que poderíamos conquistar, se não fosse o medo de tentar

sábado, 13 de junho de 2015

Cozinhando com a faca na mão

                 Que coisa mais linda ver as crianças participando da vida como se fossem fazer suas próprias coisas, como a sua comidinha, ou arrumar seus deveres e sua caminha e coisas do  dia a dia. 

Lamento o fato de não termos alguns costumes  como temos por exemplo no Japão. Ví dia desses um filme das sobrinhas de uma amiga que nasceram lá e desde muito cedo,  na escola, elas todas trabalham com facas e aprendem a cortar peixes e a fazerem seus pratos tradicionais, rebuscados ou não. Eles acreditam que é interessante saberem mexer com o perigo, como o instrumento faca,  ensinado-as como manipular.  



 Eles tem total razão

quinta-feira, 11 de junho de 2015

Dia dos Namorados

Ame ao próximo como a ti mesmo.

Ame o próximo, como a ti mesmo!
Dia dos namorados é amanhã!
Nem sempre a vida é tão doce quanto a fase de namoro.
Nem sempre o amor existe depois dessa fase.
Nem sempre as pessoas sabem o significado da cumplicidade.
O começo de tudo, das novidades, dos descobrimentos
da pessoa pela qual você se apaixonou e te impulsionou a tomar decisões definitivas na vida - como ter filhos, comprometimentos vários e responsabilidades e, sobretudo, ficar para sempre com aquela pessoa que escolhemos para enriquecer ao seu lado, aprender, viver grandes momentos de dor e de amor, é saber que essa decisão não pode ter sido tomada de forma inconsequente, (ao menos esperamos que assim seja).
Como uma mulher de 60, posso garantir que muitas vezes pensamos ao longo de um relacionamento o quanto ele se torna chatinho, morno, difícil, mas assim como as batidas do nosso coração, ora ele bate mais calmo, ora bate mais acelerado, (e pelo mesmo marido, e pela mesma mulher) e a pressão do relacionamento sobe novamente e tudo fica cor de rosa, bonito, entusiasmado, forte e grandioso, mas para isso, volto a lembrar que depois do entusiasmo da paixão, tem que ter vindo o amor, para que depois venha a cumplicidade e essa sim, é a melhor fase do relacionamento.
Só quem vive ou viveu sabe o que quero dizer.
A vida a dois não é simples como um dia sonhamos que ela fosse.
A vida com filhos também não.
A vida sexual também muitas vezes deixa a desejar (para ambas as partes)
A vida é feita de fases, basta ser inteligente, amar, entender, compreender, perceber o outro, e se dispor a fazer da sua vida uma bela história.
Na vida a dois, sempre vai faltar algo...
A vida para quem se separa pode não ser o fim do mundo, mas dói muito para todos. Parece que o coração sangra. Para os filhos então...
A vida para quem se separa é um bom começo de empobrecimento de alma e da matéria.
O dia dos namorados pode não ser um grande dia para muitos, mas para muitas mulheres, é.
A maioria sonha com o seu amor acordando com no mínimo um sorriso largo, um beijo e um abraço.
Eu mesma sonhei com isso anos e anos...
Para quem tem o espírito de namorado - isso significa entender que não se deve dormir brigados, sem dizer ao menos "Boa Noite" e isso a vida inteira!!
Namorado/Amor/Cúmplice é entender que ser mãe é se doar e só se doa quem tem amor para dar.
Namorado/Amor/Cúmplice é entender que o bom humor é sinal de inteligência.
Namorado/Amor/Cúmplice é entender que uma mulher dedicada aos filhos e a família, a casa e marido, e vice-versa, é dormir tranquilo com alguém que torce por você.
Namorado/Amor/Cúmplice é conhecer quem está ao seu lado.
Namorado/Amor/Cúmplice é saber quem temos ao nosso lado.
Namorados/Amor/Cúmplice é saber que a vida é muito mais que uma noitada com um homem de barriga de tanquinho.
Namorados/Amor/Cúmplice é saber que uma mulher vagabunda, não te satisfaz no dia a dia...
Namorados/Amor/Cúmplice é saber medir as palavras, é saber se doar em todos os momentos.
Namorados/Amor/Cúmplice é unir. É estar junto da família.
Quando essas e outras coisas não acontecem, é porque faltou em você a responsabilidade do comprometimento da vida em família.
Feliz dia dos namorados àqueles que sabem amar o próximo como a ti mesmo.

quinta-feira, 9 de abril de 2015

NETOS, por Jorge Pinheiro

Nunca pensei ter netos. 
É um Ser que é nosso, sem ser exclusivamente nosso. 
Um Ser partilhado. 
Netos são os frutos genéticos da nossa colheita. 
Um apuramento de castas. 
Um vinho fino. 
Os netos transformam a nossa idade. 
Temos de nos por ao nível deles. 
Voltar a contar histórias, mudar fraldas, aquecer biberons, andar de gatas, jogar às escondidas... Somos outra vez novos de novo. 
Ser avô foi a melhor coisa que me aconteceu.


Jorge Pinheiro um blogueiro e amigo. Hoje, ele postou a foto de sua neta, a Sofia,  no facebook.  Nem sabe ainda que estou por aqui fazendo arte.

Me encantei e me identifiquei com o que escreveu, sem contar que amei as palavras  "ditas" em português de Portugal.  E na verdade, impossível, resistir ao charme e beleza da pequena grande Sofia!

Por muitas vezes me pego tentando definir o que é ser avó. Ainda hoje, lí nos comentários do post de Jorge Pinheiro, o que  Eduardo Penteado Lunardelli, do Varal de Idéias   escreveu ao avô de Sofia: "Se eu soubesse que ser avô era tão bom, tinha saltado a parte dos filhos" .  Genial, não acham?!

A cada gesto que vejo entre avós e seus netos, a cada conversa que troco com gente da mesma tribo que a minha, fico encantada em ver o quanto somos felizes e privilegiados por Deus, por podermos viver essas crianças. 

Eu fui muito feliz por ter convivido com meu avô paterno por muitos anos na mesma casa. Ele foi um anjo na minha vida. Minha avó materna foi mais enérgica, mas mais tarde tive tempo de curtí-la e hoje sinto saudades dela também. Cada um no seu estílo único, foram um encantamento na minha vida.

Felicidade! 
Sempre digo aos meus amigos que nunca rí tanto na vida, depois de me tornar avó!


sexta-feira, 30 de janeiro de 2015

Planeta água e os nossos sonhos




Quantas vezes me pego pensando em ter um Bentley com estofamento creme.  
Me vejo entrando em todas as lojas mais caras e bonitas que o mundo tem, para me esbanjar nas compras sem o menor limite de absolutamente nada e me encho de sapatos, bolsas, roupas, perfumes e presentes. Ah! e compro outros carros. Depois passo pela Fauchon de Paris e compro tudo de guloseimas divinas que a casa oferece. 

Me pego antes de tudo isso subindo pela escadaria da L' église de la Madeleine  para um momento de reflexão com Deus. 

Mas meu sonho dura pouco.  
Acordo com a realidade me perturbando a vida. 
Estamos longe do luxo.
 Mesmo tendo todas as possibilidades materiais ele fica distante de nós.  

 O maior luxo de todos é aquele que você precisa para viver.

A água é o nosso maior luxo.
A água é o nosso maior sonho e o maior bem!

quinta-feira, 11 de dezembro de 2014

Queimei o vestido

Minha filha se arruma para um casamento: 


Olhei o vestido lindo pendurado no cabide e achei que precisava tirar uma preguinha que nele me incomodava.





 Minha sorte foi a de testar a temperatura do ferro, no forro do vestido e não demorou muito, fiz o maior estrago!!

Apesar de tudo consegui salvá-lo dando uns pontos a grosso modo para que ela pudesse ir à festa.

… Ela? foi maravilhosa e eu, fiquei passada!!

domingo, 7 de dezembro de 2014

Brócolis

Maria com 4 anos,  em casa da Bibi,
disse numa conversa com a irmã mais nova,  de quase 3, que aquela árvore era um "brócolis grandão que a BIBI tem". Nós rimos muito e por sorte eu estava gravando as duas. Rimos muito!

https://www.youtube.com/watch?v=Py8ztvBDh68



Veja o vídeo !



quinta-feira, 4 de dezembro de 2014

A Saúde no Brasil




                                          El grito nº 3, 1983 Oswaldo Guayasamin 


Quando temos algum conhecido
que precisa de hospital público nesta bosta de país sentimos o quanto é sofrido viver esta amarga experiência. 

O hospital HU da Cidade Universitária não tem condição de ficar com seus pacientes e dispensa-os mesmo em estado complicado…..

Explico: Uma mulher tem um enfarto hoje e é dispensada amanhã, no entanto não tem condições de subir escada, de se locomover com segurança -  a cabeça está confusa

Os exames pedidos são muitos, porém a fila é grande. Será que vai dar tempo? 

Ofegante ela tenta dizer que está tudo bem… 

Ninguém pode fazer nada, apenas tentamos ajudar na medida do possível, mas aos 42 anos, 

se ela morrer não tem a menor importância. Enterra-se numa vala comum.

segunda-feira, 24 de novembro de 2014

O Tempo não para



Impossível pararmos a velocidade inexorável do tempo.
Seria bom se pudessemos viver no clima da primavera, momento de maior beleza na natureza e de grande conforto no trajar. Caminharíamos entre as flores e o céu num azul infinito que nos faria suspirar e dizer: Ah, que belo dia! - Poderia ser sempre assim…

Não temos esse poder, aliás não temos nenhum. Temos é que obedecer  ao luxo do Criador que determinou tudo tão marcado. 

Quem dera pudessemos parar no tempo e viver somente bons momentos. 
Quem dera não pudessemos morrer de saudades, ou  viveríamos apenas dias lindos… Quem dera pudessemos fazer o tempo esperar mais um pouquinho para permanecermos mais jovens e  sem algumas dores no corpo que veem com a idade. E se pudessemos viver com a beleza que só a juventude tem?
Quem dera pudessemos saborear mil vezes, sem nos fazer mal, o delicioso gosto de uma sobremesa inesquecível.
Quem dera pudessemos ouvir  para sempre,  a voz doce dos nossos filhos pequenos.
Quem dera pudessemos eternizar o amor em nós?!
Ah, quanta loucura,  pensar que poderíamos gozar por muito tempo.
Mas a vida é circular, ela se repete,  e que bom que seja assim. 
Não temos a capacidade de alterar determinadas coisas, e portanto, estamos, apesar de o tempo passar muito rápido, em constante construção - e percebendo a vida, compreendemos que esse é o maior luxo criado por Deus.

domingo, 23 de novembro de 2014

Os Dez Mandamentos

Se Deus voltasse a fazer o mundo, teria que mudar tudo isso...
Os dez mandamentos: As dez desobediências



1-Amar a Deus sobre todas a coisas. (quando a dor apertar)
2-Não tomar seu Santo nome em vão (duvido)
3-Guardar domingos e feriados          (hahahahaha ... tem que faturar)
4-Honrar pai e mãe                            (coitados deles)
5-Não matar (quê? quem?) U'a mãe é para 100 filhos, 1 filho, não é para u'a mãe.
6-Não pecar contra a castidade         (ah, faz-me rir)
7-Não furtar (como?)
8-Não levantar falso testemunho        (onde?)
9-Não desejar a mulher do próximo   (só passar a mão nela, levar pra cama e contar para os amigos... amigos?)
10-Não cobiçar as coisas alheias      (imagine! Elas são arrancadas com os dentes,  unhas e a maldita  INVEJA).


Meu marido, Orlando Duarte costuma dizer que  " O Homem é a experiência de Deus que não deu certo".