Pular para o conteúdo principal

Das Vantagens de Ser Bobo - Clarice Lispector



Tenho um grande amigo, que eu amo de paixão. Para cada amigo, temos uma linguagem, um sinal com eles em especial não é, não?! Com este, eu tenho um carinho todo especial. Nunca o vi... Mas posso senti-lo. Há tempos falo com ele, bricamos muito no orkut, e falamos muito pelo msn d i a r i a m e n t e !

Ele mora encostadinho a minha casa.
Ele corre na rua, e eu também, mas ainda não nos cruzamos. Morremos de rir quando falamos que voltamos da nossa caminhada, fazemos caminhos diferentes. Mas não tem problema, sempre estamos nos cruzando.

Ele é o Zé... o "Zé sem Koizá" um delicioso personagem que ele criou com muita inteligência e que arremata muitas amigas no orkut e na vida dele e com seu jeitinho de menino abandonado, o Zé vai longe! E assim, ele vai levando a vida.

A mulherada cai em cima dele. Ele é esportista, um homem imenso, adora correr.

Faz tudo com o micro, consegue fazer pps maravilhosos, vídeos e manja horrores disto aqui. Muitas e muitas vezes, ele me socorre e sempre me ajuda muito com a minha incapacidade neste mundo tecnológico dos micros e seu universo infinito. Zé, simplesmente o Zé, é um paciente comigo, e meu apelido no orkut de "CON BLUE", foi ele quem deu.

Zé sempre bem humorado faz os amigos darem muitas risadas com suas armações no orkut, e trata de maneira igual a todas as amigas. Mas, sabemos de sua capacidade intelectual e este vídeo quem me enviou foi ele. Vale a pena você ouvir.

Zé, você é um amor!
Gosto de você e agradeço por tudo o que você tem sido para mim neste mundo virtual, real!

Bjus CON

Comentários

  1. Ah Conceição, que gostoso receber sua visita e perceber o orgulho e felicidade que sente nesse momento. Olhe, não precisa saber de ferramentas, não precisa saber muito de muita coisa... a única coisa que precisamos é sentir...e pelo que pude perceber, você sente.

    Beijo grande, viu? Se recebeu o selo, foi porque mereceu.

    Maravilhosa semana e seja muito bem-vinda.

    ~*Rebeca*~

    -

    ResponderExcluir
  2. CON,
    lindo o que vc escreveu sobre o Zé...eu amei muito.
    Realmente o Zé é aquele amigo que amamos de paixão, um homem inteligente, querido, engraçado, e de um carisma ímpar...
    Prefiro nao comentar, o que nos escrevemos no MSN....rsrssr...muitas besteiras que iam deixar as pessoas desse Blog horrorizadas com tamanhas bobagens..rsrsrsrsr
    Essa personagem ele criou do Zé Senkoisá, foi realmente, uma sacada muito inteligente, faz com que as mulheres acreditem que ele nao koisa...rsrsr...Muito bom mesmo.
    Eu , por exemplo, já nao consigo viver sem ele...esse amigo já faz parte do meu dia-a-dia.
    Parabéns por essa homenagem a esse nosso amigo tao querido..
    beijosssss

    ResponderExcluir
  3. Ah! Con não posso deixar de falar sobre o Zé!!!
    O lobo das estepes...A grande vantagem de "ser bobo" é que de bobo nada tem.Inteligente, culto, e amigo.É certo que envia mensgens iguais às amigas,porém com tantas não ha outra opção.Entretanto,qdo é solicitada uma ajudinha ele responde prontamente.
    Adoro o Zé!!!
    Beijos de...* EUNI *

    ResponderExcluir
  4. O texto ótimo de Clarice Lispector me fez lembrar de uma frase de Confúcio :"O maior prazer de um homem inteligente é bancar o idiota diante de um idiota que banca o inteligente".
    Muito legal o vídeo do seu amigo.
    Beijão, Con

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Não aprovo comentário ANONIMO!

Postagens mais visitadas deste blog

Um dia você aprende

https://youtu.be/f6Hnwx44AnU




Um dia a gente aprende que...

Depois de algum tempo você aprende a diferença, a sutil diferença, entre dar a mão e acorrentar uma alma.

E você aprende que amar não significa apoiar-se, que companhia nem sempre significa segurança, e começa a aprender que beijos não são contratos, e que presentes não são promessas.

Começa a aceitar suas derrotas com a cabeça erguida e olhos adiante, com a graça de um adulto e não com a tristeza de uma criança; aprende a construir todas as suas estradas no hoje, porque o terreno do amanhã é incerto demais para os planos, e o futuro tem o costume de cair em meio ao vão.

Depois de um tempo você aprende que o sol queima se ficar exposto por muito tempo, e aprende que não importa o quanto você se importe, algumas pessoas simplesmente não se importam... aceita que não importa quão boa seja uma pessoa, ela vai ferí-lo de vez em quando e você precisa perdoá-la por isso.

Aprende que falar pode aliviar dores emocionais, e descobre que se l…

Pílula Anticoncepcional - Assassina!

Estou indignada por ler matérias em jornais e revistas onde jornalistas e médicos escrevem a respeito da pílula anticoncepcional como sendo o meio mais seguro de se evitar filhos, porém...

Nos programas de rádio e TV, a mesma coisa acontece. O que eles não abordam jamais, é o perigo que a pílula anticoncepcional causa para a mulher. (E nem todos os médicos tem essa preocupação com sua paciente).

Ainda hoje, dia 8 de Setembro li no caderno Folhateen - da Folha de S. Paulo, matéria de Jairo Bouer em sua coluna - SEXO E SAÚDE, onde ele aconselha como forma segura para se evitar a gravidez indesejada, o uso da pílula, e ainda escreve que, - menos de 20% delas são adeptas a isto, pedindo que se repense no caso, induzindo a mulher a usar a pílula.

Muito bem. O que as pessoas não sabem e não interessa dizer, é que a pílula e a reposição hormonal podem causar na mulher graves problemas como a TROMBOSE.

A trombose pode se transformar em uma EMBOLIA pulmonar conhecida como TEP - e isto pode matar…

Cozinhando com a faca na mão

Que coisa mais linda ver as crianças participando da vida como se fossem fazer suas próprias coisas, como a sua comidinha, ou arrumar seus deveres e sua caminha e coisas do  dia a dia. 
Lamento o fato de não termos alguns costumes  como temos por exemplo no Japão. Ví dia desses um filme das sobrinhas de uma amiga que nasceram lá e desde muito cedo,  na escola, elas todas trabalham com facas e aprendem a cortar peixes e a fazerem seus pratos tradicionais, rebuscados ou não. Eles acreditam que é interessante saberem mexer com o perigo, como o instrumento faca,  ensinado-as como manipular.  


 Eles tem total razão