Dois Adolescentes


Não sabemos nada de sexo. Apenas somos apaixonados e logo depois de um tempo de namoro, sentimos muita vontade de transar. Era mais forte do que eu, do que ele.
Não pensávamos em outra coisa na vida. Sabia que minha hora estava chegando, não mais resistiria.

Meu sonho era o de passar uma noite inteira na cama grudada naquele moleque! Seria ele o homem da minha vida?! Sei não, mas é para ele que eu vou dar o meu corpo puro, ainda desconhecido de mim mesma. Quem sabe, ele seja o primeiro e o único homem da minha vida? Ah! Tomara que sim, meu grande amor.

Que vontade é essa que sinto de transar?! Não consigo acompanhar o que meu corpo pede e minha cabeça desobedece. Quero beijar, quero que ele me pegue toda, que me possua, que me coma, como eu vejo nos filmes de cinema. Quero fazer amor na cama, na praia, no mar. Onde vamos fazer isso? Ele nem dirige ainda! Como resolver isso em casa? Minha mãe não pode nem sonhar, mas eu vou dar para ele.

Quero transar, sentir todo o seu corpo no meu. Preciso ver o sexo dele, pegar todo na minha mão, beijar, chupar, cheirar, sentir sua textura, seus movimentos, quero que ele enrijeça na minha mão e dentro de mim. Preciso matar esta vontade quero-o na minha boca.

Dentro da minha casa, isto seria impossível. Minha mãe pega muito no meu pé, não nos deixa sozinhos um segundo sequer.

Fomos andar pelo prédio e no jardim tem um cantinho que nunca aparece ninguém. Fomos aos beijos e abraços, com um tesão maluco, irracional. Ele passava a mão em mim, me encostou na parede, levantou minha saia e eu senti pela primeira vez o seu pau inteirinho nas minhas coxas, quente, grande, duro! Eu tremia de medo, de vontade e de tesão. Ele se esfregava em mim, me beijava e queria que eu o beijasse também.
Nós dois suávamos muito. Ele pediu para eu o chupasse.

Fiquei insegura, sem saber como, mas a vontade e a curiosidade me levaram a esta experiência divina e eu o beijei todinho, até que ele gozasse na minha boca. Fiquei surpresa comigo, com ele, com o que aconteceu. Tratamos de nos arrumar logo, e procuramos um lugar mais comum no prédio para tomarmos um ar mais seguro.

Eu e ele estávamos apaixonados.

Como dois malucos, voltamos para no nosso cantinho. Ele queria mais e eu também.

Estava acesa, agora queria ele dentro de mim. E assim foi. Ele veio aos beijos e chupadas no meu pescoço, a noite linda, céu estrelado, a brisa refrescava meu corpo e as estrelas pareciam sair dos meus olhos e espocavam no céu com luzes intensas. Devagar me deitei no chão e nos amamos. Ele em cima de mim. Senti tudo dentro do meu corpo pela primeira vez. Ele fez todos os movimentos e nem senti dor. Nem sei se eu gozei, mas senti um prazer imenso. Inenarrável.

Já transamos no mar, em casa, na cama da minha mãe, na cama da mãe dele, a toda hora estamos transando. Já até tomamos banho juntos. É só ter uma brecha, que fazemos amor. Não sou experiente, sou ainda uma menina de 18 anos. Sei que ele a toda hora goza. As vezes demora um pouco, e não entendo isso, demora mais de 15 minutos, faço de tudo... Penso que sou eu o problema. A única dúvida que tenho é sobre o meu gozo. Será que eu gozo? Como é o gozo? Sei que ele tem um ápice, mas não sei se cheguei nesse ápice ainda...

Alguém me ajuda? Como é o gozo?

Comentários

  1. Con, esta é minha cara. Salvando diferenças.Casei adolescente,mais jovem que a menina da estória rs...meu marido muito mais velho que eu,bonito, elegante, rico e europeu.Experiente em tudo.Passei minha adolescencia, juventude brincando de mulher, amante e mãe.Minhas recordações maiores da adolescencia são as de que sempre fui mãe sob a tutela de uma mão forte e dominadora.Meu aniversário se aproxima, a garota se foi,ficaram os filhos e a alegria de te-los já independentes.A mão forte hoje sou eu.Não me arrependo, passei belos anos.
    Parabéns ,lindo tema encontraste...

    ResponderExcluir
  2. Vi um pouco de mim nesse texto!!!
    Parabéns minha linda!
    Bjs

    ResponderExcluir
  3. Con boa tarde,que coisa louca não posso dar opinião, não sei o que é isso.;Quando acontecer eu pifo não tenho idade pra isso,BOM GOZO PARA TODOS!!
    CRIS

    ResponderExcluir
  4. Vitória, pela segunda vez vejo um comentário seu e gosto muito dele. Nem sei se te conheço, mas agradeço imensamente sua passagem por aqui. Gosto de tudo que escreveu nos comentários. Obrigadíssima. Sei que hoje o braço forte deve ser o seu. Afinal, fomos criadas para servir, mas quando criamos asas às duras penas, sabemos voar ( na marra ) E isto faz de nós grandes mulheres.
    lamentável não saber nada das coisas da vida, e pior, não deixarem que a gente saiba. Mas tudo bem, temos cabeça, e hoje tudo é administrado, só temos que mudar as coisas para os que vem depois de nós. Nós mulheres temos a obrigação de educar nossos meninos e meninas de maneira diferente daquela que nos criaram.
    Super beijo, obrigada, CON

    ResponderExcluir
  5. Lu, que maravilha vc por aqui tb! Adoro vc e não é de hoje. Vcs me estimulam a escrever quando encontro as palavras que me deixam aqui - a identificação. Está aí a beleza dos nossos sentimentos. Somos pessoas diferentes, mas com sentimentos parecidos. Bom sinal, somos gente!
    Super beijo, CON

    ResponderExcluir
  6. Cris, deixa de ser gaiata mulher! Vai me dizer que nunca gozou na sua vida? kkkkk Besta! Bjus

    ResponderExcluir
  7. Juro con palavra de honrra,estou virgem, conheci meu marido com quatorze,besta nem sabia como filho nascia,mamãe nem tocava,e perdi o momento que conheci uma pessoa e não me entreguei,então morro teza mas tenho esperança se caso acontecer vou molhar o seu blo;Quer ir numa mulher porreta,o Wagner me perguntou se te levei!
    beijos.CORNOS ESTÂO FERINDO A MINHA CABEÇA

    ResponderExcluir
  8. CON
    Risos.
    Ela vai descobrir...tem tempo ou quem sabe já não descobriu ?
    É muito boa a descoberta do sexo.
    Você colocou de uma forma bonita e erótica.
    Gostei !
    Grande beijo.

    ResponderExcluir
  9. Celamar Maione, minha querida. vc bem sabe que ela sentirá isto um dia. E eu te garanto , torço por ela e espero que apareça alguém que faça esta menina e tantas outras como ela, sentir como é o bendito e abençoado gozo! Ela vai saber quando acontecer. Estou certa disto tb! Obrigada mais uma vez, bjus

    ResponderExcluir
  10. Bom, em primeiro lugar, parabéns pela eliminação das letrinhas. Ficou melhor.
    Agora o post. Muito bom.
    Acho que cada uma de nós que leia seu post, vai se identificar um pouco. Uma coisinha aqui, outra alí, mas no fundo todas nós tivemos nossos momentos como desses dois jovens.
    Uma experiência, que nem todo mundo pode ter tido a alegria de confessa-la boa, mas, claro, haverá que se lembrará com saudade de momentos tão deliciosos.
    Eu, particularmente, hoje sei que aquela curiosidade que eu tinha, era na verdade uma vontade de experimentar.
    Experimentei, foi lindo por um bom tempo, depois tornou-se "qualquer coisa", e depois de alguns anos, recuperei o gosto, melhor ainda, descobri o gosto, que não conheci antes.
    Hoje o sexo prá mim é muito importante e prazeroso.
    É uma conquista, é lindo, é tranquilo.
    E o melhor de tudo: o mesmo homem que me conquistou, que passou comigo fases diferentes, hoje me faz feliz, me completa, porque foi paciente, porque fez de mim , prá ele, uma grande mulher.
    Vixe! escrevi um post.
    Beijos linda.

    ResponderExcluir
  11. Aninha, que graça vc. Abrir sua felicidade, coisa rara, mas possível. Isto é muito bom. E é verdade que todas nós passamos por isto aqui. Somo, ou éramos inexperientes de tudo. Depois com o tempo, vamos aprimorando o paladar rrss Comparo muito o sexo com a comida. Enquanto jovens gostamos de mac donalds da comida plástica, feito em massa, depois partimos para aquilo que gostamos e ficamos anos na batatinha frita, macarronada e torta de franguinho, masi tarde experimentamos um camarão com catupiry, um haddok no nolho de manteiga, talvez um escargot e por aí adiante. Comemos menos, mas com muita qualidade e o bendito McDonalds ficou lá longe, para a gente só lembrar que um dia fomos garotas.
    bjus querida, bj

    ResponderExcluir
  12. Com, deu-me saudades de fazer amor... Parece piegas sabe? A tanto tempo que não faço. Sou louco por sexo, mas sexo daquele jeito diferente, do cheiro de outra pessoa te arrepiar, tem teeeempo... Mas, um dia de cada vez. A propósito, tem um "meme" pra você la´no meu blog.
    Brigado pelo recado no orkut!
    Beijo

    ResponderExcluir
  13. As dúvidas sempre de quem tem dúvidas a respeito de sexo e querem entender o que acontece...beijos querida e bom estar aqui!

    ResponderExcluir
  14. Tem sempre uma Vitória na história rs

    ResponderExcluir
  15. Conceição

    Insegurança de que veste a amarelinha pelas primeiras vezes!
    Gosta-se e que sabe sabe, jamais deseja esquecer!

    Beijo,
    Daniel

    ResponderExcluir
  16. Con,
    Pensei a respeito e ... concordo com Celamar! rsrs
    Obrigada pelo cometario lindona!
    bejokas

    ResponderExcluir
  17. Puxa, Conceição, eclético o seu blog, gostei!!

    Você aborda vários temas interessantes de serem discutidos...

    Posso voltar?!!

    Sua visita foi uma agradável surpresa! Volte também, sempre que puder!!

    Beijos, tenha um ótimo fim de semana!

    ResponderExcluir
  18. Oi, Con...
    Menina...vc foi fundo mesmo...rs Adorei ver vc se soltar no texto...Só senti vc meio apressada...rs...É que ficou tão real, tão lindo que eu gostaria de ler mais sobre as sensações que o personagem sentiu ao estar 'cara à cara'com o seu amado...Momento glorioso em que tremmiamos dos pés à cabeça... O cheiro, as carícias, o suar frio, aquela vontade louca de fazer amor...Mas gostei muito sim...só ficaria mais encima da 'transa' pq vc soube contar a coisa esplendidamente bem...Beijos

    ResponderExcluir
  19. Li todos os comentários acima e a conclusão que cheguei é que, todos nos nos identificamos com alguma passagem do seu texto. Dizer que foi bem escrito é redundância. Parabéns mais uma vez maninha!
    Bjos

    ResponderExcluir
  20. E vc pergunta como é o gozo... Penso que o namoro, amor, a paixão,fazem parte de um banquete onde várias iguarias são servidas...Uma a uma são cheiradas, mordidas e degustadas... O vinho, as carnes, as frutas...Tudo está alí para enriquecer o paladar do mais exímio degustador...Tudo faz parte do contexto... Seria pouco pensarmos que um ou outro ítem deixaria a refeição completa...Assim é se nos detivermos somente no gozo da relação que é o que muitas vzs queremos apressadamente provar quando vemos alguém que nos atrai...Antes do gozo vem a atração física, o contato visual, a troca de olhares, o toque das mãos, o conhecer o outro, o dar tempo ao tempo, para que o coração acompanhe o ritmo das nossas emoções...Claro que podemos conhecer uma pessoa ir para cama com ela, sentir o maior dos prazeres e tudo terminar alí mesmo onde tudo começou...E parece que isso está trão em moda hoje...Quem sabe eu seja um romântico à moda antiga...rs Enfim, penso que o gozo vem depois de uma série de situações para coroar uma relação com chave de ouro...E ele chega calmamente como espumas brancas que chegam mansinhas rente aos nossos pés e voltam para fazer parte do mais furioso dos mares... Ou quem sabe, voltam para fazer parte de uma enorme onda para ser domada por exímios surfistas, ou para engolí-los de vez...

    ResponderExcluir
  21. Meus amores! Meus leitores queridíssimos: se não fossem vcs, os corajosos e grandes incentivadores de meus escritos, eu ja teria parado de escrever há muito tempo.
    Alguns mandam por e-mail os seus comentários, tudo bem é legal demais, ma confesso que adoro vê-los por aqui. Me alegra demais. Os que tem medo de se abrirem ou de achar que fica registrado aqui o seu e-mail, adianto que não fica absolutamente nada para mim, não aparece nada, vejo apenas e tão somente o nome que vcs assinam. Há tb a possibilidade da postagem anônima.

    Mas, nesta resposta, eu venho para agradecer imensamente tudo o que tenho lido de vocês. Me surpreendo com o comportamento de todos, e tenho grande surpresas com algumas escritas que dariam um belíssimo post, como este do "Gente é Para Brilhar" Meu querido amigo, vc escreveu subliminarmente e metaforicamente coisas lindíssimas e sensuais... Muito excitante. Eu adorei sua definação e maneira de explicar para nosso posto, o que é o gozo. Lindo demais. Obrigada, e sei que dentro de vc, existe uma pessoa extremamente sensível e cheia de luz...
    Bj

    ResponderExcluir
  22. Hum...E eu escrevi e não entrei de cabeça no 'gozo' como vc queria... Mas um dia te passo de forma poética algumas filigramas do que acho que sejam esses escassos momentos de prazer (ele dura segundos)...Tb não te falei de um filme "Terapia do Prazer" de Terence Young sobre esse palpitante tema...O ator segura a ejaculação e ensina técnicas e exercícios de como fazer isso...Tenho elas anotadinhas na minha agenda...Se quiseres assistir o filme...Bjs, Con...e que vc continue inspirada para escrever sobre temas palpitantes...Bjs

    ResponderExcluir
  23. mEU dEUS, QUE FILME É ESSE? aCHO EM ALGUM LUGAR? fOI UM CONVITE? quERO VER A AGENDA, AS DICAS E O FILME! vC É UMA SURPRESA, AFOREI A SURPRESA QUE VC FOI PRA MIM, BJ

    ResponderExcluir
  24. OI CON
    MEUS DEUS, ESSE TEXTO ME DEU UM CALOR!!! GOSTARIA MUITO DE FAZER TUDO ISSO COM MINHA AMADA "LARA"
    E EU SEI QUE ELA É MALUQUINHA E SURPRIENDENTE, VAI QUERER TB!!!
    BEIJOS
    RODRIGO

    ResponderExcluir
  25. Alex meu amado, hehehe só vc mesmo, maluco de pedra e engraçadíssimo! Até eu queria ser a Lara, de bobo vc não tem nada né? Quanto ao calor, tb sinto e muito... rsrsrsr Menopausa xs 32 graus em Sampa, se nem imgina o que eu ando suando kakakak e isto lendo isto tudo, e pior criando, escrevendo, imaginando... Ah! Alex... quem derá encontrar - me com o Rodrigo... Quem dera...
    Bjus adorei sua colocação, vc é lindo d+++++ Te amo!

    ResponderExcluir
  26. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  27. Olha menina, vou te contar que eu também demorei muito para saber como era o tal do ápice aí. Descobri mesmo me masturbando e com os três primeiros namorados eu nem conseguia gozar. Era muito bom, mas nada assim igual a quando eu me masturbava. Sei que tem muita mulher que não se masturba e isso eu acho muito errado e tem que falar com o namorado que você quer gozar. Os dois precisam gozar.

    ResponderExcluir
  28. Estimulos para tudo: belezas do sentido: sentimentos parecidos: momentos deliciosos: recuperar o gosto, descobrir: abrir a felicidade dos outros: vamos aprimurando o paladar...Já experimentou cabrito assado no forno com castanhas? Eu estou nesse prato(fase).
    Momentos gloriosos em que "ficamos" com pele de galinha da cabeça aos pés. Excitação demasiado curta... muito bom! Senti!
    batidasfotograficas.blogspot.com
    Beijo
    Manuel Luís

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Não aprovo comentário ANONIMO!

Postagens mais visitadas deste blog

Pílula Anticoncepcional - Assassina!

Entrevista com Sérgio Viotti

Saturno, também na malha de Gianlucavacchi!