Pular para o conteúdo principal

Lanche de Sábado ( Olha a situação )



Papai e mamãe passam em casa para dar um beijinho nas crianças e na gente, - era fim de semana. Quando caiu a tarde papai já inquieto começa a apertar minha mãe para ir embora para casa. 

Mamãe, como toda mãe e mulher, estava a fim de ficar mais um pouco. Prometi a ele um lanchinho e disse: Papis, vamos comigo na padaria comprar umas coisinhas gostosas, pãozinho fresco, podemos tomar uma cervejinha, fica mais um pouquinho com sua filhinha, vai?! Porém, nem consegui terminar de falar quando ele me cortou explicando que aquela hora a padaria estaria cheia e ficaríamos uma hora para sermos atendidos...

"Olha papai, sou suuuuper amiga do carinha que trabalha na padaria, o Jailton, é que todo santo dia depois da escola das crianças eu passo lá para comprar pão, leite,  tudo! Nem saio mais do carro muitas vezes. Ele me tratava com o maior carinho e deferência... Era um fã! Não me deixa passar nenhum aperto. E repeti: Pai, acredite, to com tudo naquela padaria"

Papai ficou impressionado com a minha firmeza em dizer que tinha carta branca na padaria e se arriscou e topou! 

Preciso contar aqui antes de continuar que nesta época, eu tinha meus 38 anos, cabelos compridos e naquele sábado, antes do papai e mamãe chegarem em casa, eu havia cortado o cabelo super curtinho, muito curto mesmo.

Chego na padaria, fila grande, enorme! Vi Jailton servindo o povo todo e dei uma olhada daquela que só nós dois entendíamos rsrsr. Ele se fingiu de morto e nenhum rictus no seu semblante eu pude registrar em resposta a minha "gloriosa" chegada na padaria.

Papai ao meu lado perguntou ( em forma de gozação ) se aquele cara era o tal amigo que me servia como uma rainha. Confirmei, mas estava um pouco sem entender a reação de Jailton comigo.

Papai continuou tirando o maior sarro de mim, e disse que sabia que nós íamos ficar naquela fila de sábado na padaria e ficou p da vida comigo.

Eu continuava a arregalar meus olhos para ele e era como se eu não existia.
Fiquei passada!
A fila andava devagar - quase parada.
Papai com o saco na lua...
E Jailton me ignorando...

Tudo bem, assimilei o golpe.
Ficamos na fila era tarde para voltar ao passado.

Chegou a minha vez. Cumprimentei Jailton antes de fazer meu pedido e ele não me respondia. Ficou parado olhando pra mim, sério, bravo, decepcionado! Disse mais uma vez e completamente vendida ( e se vocês imaginassem o canalha que meu pai era, morriam de rir mais ainda ). Jailton, porque você não me atendeu como sempre?! Ele olhou bem dentro dos meus olhos e falou em alto e bom som: "Porque VOCÊ fêz isso? " E eu sem entender nada perguntei: "isso o quê meu Deus?! E Jailton: - Porque é que você cortou o cabelo???"

Nessa hora dei aquela olhada de lado pois todo mundo ouviu... Meu pai neste exato momento me disse assim: "filha to te esperando lá fora"

Para resumir, eu precisei responder ao Jailton que tinha o costume de mexer muito no meu cabelo e que nunca estou igual por muito tempo. Ele ainda sem mostrar nenhum dente, me disse mais uma vez: VOCÊ não deveria ter feito isso!

Muito desapontada, fui fazendo meu pedido antes que eu apanhasse...
Entrei no carro carregando tudo como uma camela. Meu pai tirando o maior sarro de mim...Chegamos em casa as gargalhadas, tivemos que contar tudo além de explicar sobre a nossa demora.

Jailton ficou "bravo" comigo por mais de um mês.

Pode isso?

Comentários

  1. Minha nossa!kkkkkkkkkkkkkkkk
    Que figuraça é esse tal Jailton, e vc se achando a "rainha da cocada preta", fico só imaginando a curtição do seu pai depois...Muito engraçado.Adorei!!

    ResponderExcluir
  2. Maninha, vc não pode imaginar a cara do cara, e acara do meu pai! A minha cara, eu acho que consegui contar... Mas a impressão que deu para todo mundo, foi a de que o cara era casado comigo ha 3 meses e que o ciúme ainda imperava na nossa relação e que eu, inocentemente não sabia do que se tratava ... Foi fods... Mas mto engraçado, rimos anos com isto
    bjus , valeu

    ResponderExcluir
  3. Existe um lugar onde
    todos os sonhos se realizam
    a Felicidade é constante
    e o sentimento maior é o Amor
    este lugar é o seu Coração...
    Procure nele e você
    encontrará as respostas pra tudo.
    Bom final de semana

    ResponderExcluir
  4. Da próxima vez, antes de cortar o cabelo prepare o espírito do Jailton. Por que você fez isso?
    Cadinho RoCo

    ResponderExcluir
  5. Coooooooon!
    Óbvio que pode!!! Cortar o cabelo curto? Onde já se viu? Mulher linda é mulher com cabelão!rs

    ResponderExcluir
  6. Connnnnnnn! Nem te passou pela cabeça que esse tal de Jailton estava apaixonado, enamorado de vc? N acredito...rs O que diria Freud de um caso assim? O amor platônico levado Às últimas consequências...Nunca mais aquele pãozinho quentinho servido com presteza e amor nos olhos? Essa pergunta vc devia ter deixado para o seu admirador...Quero saber onde foi parar o Jailton...rs Beijos, Con

    ResponderExcluir
  7. Cadinho, a estas alturas da vida, nem tenho mais cabelo! RSRSRSRRS Passou, faz tempo isso, mas o tempo nos afastou. Nunca mais ví, trocaram de empregado na padaria, eu me mudei tb, e assim... lá nave vá. Mas que fo engraçado, foi!
    Bj querido, obrigada pela sua visita.
    CON DUATE

    ResponderExcluir
  8. Eita Felipe, só vc mesmo né? Ainda tomo essa de vc? kkkkkkk Pois é, jovenzinha ainda, mãe de dois pentelhos que andavam grudados comigo o tempo todo... Tava nem aí, queria sossego. Mas que ele ficou bravo e deveria pensar como vc, ah, isso sim.

    Bjus lindo, obrigada, CON

    ResponderExcluir
  9. Gente é para brilhar...
    Querido, eu te confesso que não sabia que era paixão. Pensei que ele fosse um garoto apenas, era mais novo que eu... Agora a ponto de ficar assim, bravo, p. da vida comigo?! Caramba foi o maior mico que eu passei na padaria, todo mundo olhando pra mim, como se a culpada fosse eu!!!!!!!!!!!!!! Caramba! Meu próprio pai as gargalhadas tirando sarro de mim, e eu com cara de ué!!!!
    RSRSR
    Cara foi muito engraçado tudo isso. Me divirto demais com essas e outras.
    bjus bjus, CON

    ResponderExcluir
  10. Uma página para dois

    Meu amigo, o amor está sempre dentro dos corações escondidinhos e a gente, muitas vezes nem imagina isso. Eu te confesso que não tinha a pretensão de deixar que ele me amasse, não fiz nada para isso, mas, as vezes, como disse meu amigo Gente É Para Brilhar, ele deveria estar apaixonado mesmo....
    Nunca mais vi Jailton, o tempo foi apagando de nós a convivência na padaria, outros entram no lugar e assim o tempo passou.
    Obrigada, bjus CON

    ResponderExcluir
  11. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  12. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  13. Eu acho que foi pq o gmail dele estava aberto
    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  14. Con
    Tive de excluir dois comentários que foram no nome do Vi.
    No primeiro eu disse kkkkkkkk posso imaginar a sua cara kkkkkkk!!!!
    No segundo eu explicava que estava usando o PC dele e que ele ia ficar bravo kkkkkkkkkkkkk
    bjos adorei o texto, rí até!!!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Não aprovo comentário ANONIMO!

Postagens mais visitadas deste blog

Pílula Anticoncepcional - Assassina!

Estou indignada por ler matérias em jornais e revistas onde jornalistas e médicos escrevem a respeito da pílula anticoncepcional como sendo o meio mais seguro de se evitar filhos, porém...

Nos programas de rádio e TV, a mesma coisa acontece. O que eles não abordam jamais, é o perigo que a pílula anticoncepcional causa para a mulher. (E nem todos os médicos tem essa preocupação com sua paciente).

Ainda hoje, dia 8 de Setembro li no caderno Folhateen - da Folha de S. Paulo, matéria de Jairo Bouer em sua coluna - SEXO E SAÚDE, onde ele aconselha como forma segura para se evitar a gravidez indesejada, o uso da pílula, e ainda escreve que, - menos de 20% delas são adeptas a isto, pedindo que se repense no caso, induzindo a mulher a usar a pílula.

Muito bem. O que as pessoas não sabem e não interessa dizer, é que a pílula e a reposição hormonal podem causar na mulher graves problemas como a TROMBOSE.

A trombose pode se transformar em uma EMBOLIA pulmonar conhecida como TEP - e isto pode matar…

Cozinhando com a faca na mão

Que coisa mais linda ver as crianças participando da vida como se fossem fazer suas próprias coisas, como a sua comidinha, ou arrumar seus deveres e sua caminha e coisas do  dia a dia. 
Lamento o fato de não termos alguns costumes  como temos por exemplo no Japão. Ví dia desses um filme das sobrinhas de uma amiga que nasceram lá e desde muito cedo,  na escola, elas todas trabalham com facas e aprendem a cortar peixes e a fazerem seus pratos tradicionais, rebuscados ou não. Eles acreditam que é interessante saberem mexer com o perigo, como o instrumento faca,  ensinado-as como manipular.  


 Eles tem total razão

Entrevista com Sérgio Viotti

O Jornal Modus Vitae, em Maio de 2007, conversa com Sérgio Viotti, quando ele interpretou um personagem da peça “O dia em que raptaram o Papa”. Viotti foi “Alberto IV”, um papa que imaginou ser por algumas horas, um transeunte comum pelas ruas de Nova York, mas o taxista que o levaria para a aventura - anônimo, judeu, o reconheceu prontamente e o seqüestrou.

O desenrolar da peça teatral de grande sucesso, é uma comédia, e Sérgio Viotti é mais que um ator, ele é mesmo o Papa. Procuramos essa “santidade” do teatro nacional, próximo aos seus 80 anos, e descobrimos que o “Papa” é mesmo pop.

Foi mais ou menos assim que abro a entrevista com Viotti, no entanto, é preciso dizer aqui, que eu me emocionei demais com a peça. Na verdade, muita gente se emocionou. Há momentos de total silêncio do público, e respeito, tamanha figura que ele travestido de PAPA representou.

Assisti a peça, no dia da estréia, algumas pessoas foram entrevistadas na saída ainda tomadas pela emoção. A TV Gazeta vem em minh…