Pular para o conteúdo principal

Mazzaropi - Agora É A Vez De Seu Filho




Gente! Que notícia boa eu tive hoje.

André, filho de Mazzaropi estava no meu e-mail!
COMO? Não temos a menor idéia, nem ele, nem eu. Mas foi bom para nós dois.

Ele caiu na minha caixa eletrônica. Vi seu sobrenome e perguntei se era filho do grande ator que eu amei e curti no meu tempo de criança. Logo mais veio a confirmação positiva. Fiquei emocionada.

Por estas e outras, eu cada vez mais, amo a internet.

Para mim, ele foi o nosso Charles Chaplin. Foi ator, diretor, criador, trabalhou em rádio, teve produção independente e com enorme sucesso. Só a crítica que não deu a ele o destaque que merecia e merece,ainda hoje em dia.

Este homem, era para ser conhecido e querido por todos os brasileiros, desde as crianças, até nós, os mais velhos.

O Brasil realmente não tem memória.

Mazzaropi é a história do cinema nacional.
Com extremo humor, chamado de comédia, este ator, com seu personagem caipira, o Jeca falava de tudo que se passava no Brasil, - sua política, a sociedade, os costumes, e tudo isto de maneira única!

Há no youtube muitas imagens que mostram cenas de filmes que ele fez. Vale a pena matar as saudades do simpático Mazaropi.

Agora, seu filho André aparece para me informar que ele faz shows pelo Brasil e está montando seu site. Nêle, ja podemos ver algumas frases, e lembrarmos da "carinha" do modesto e humilde Mazzaropi na pele de Jeca Tatu.

Para mim, é voltar no tempo, e ver a pureza dos programas daquela época.

Logo mais, eu terei todas as informações deste ator que vem para não deixar morrer a beleza de tudo o que fez e deixou para nós, seu pai - MAZZAROPI.

http://www.andreluizmazzaropi.com.br/


Comentários

  1. Foi com Mazzaropi que conheci o cinema.
    Não podia frequentar muito, mas eram seus filmes, que fazíamos o maior esforço para poder ir assistir.
    Numa pequena cidade, onde só tinham sessões aos finais de semana, e com muita frequência, os belos filmes de mazzaropi.
    Com eles, ríamos, chorávamos e nos encantávamos com a tela, algo novo e tão fantástico para nós.
    Lindo post. Como você.
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. A imagem de Mazzaropi é inesquecível!
    Grande lembrança. Bjos

    ResponderExcluir
  3. Mazzaropi foi um comediante muito legal, que me fez rir às pampas em dezenas de filmes com o seu personagem Jeca.

    Valeu pela lembrança, Conceição!

    Grande abraço.

    ResponderExcluir
  4. Parabens conceição,e muito obrigado por voce fazer comentario sobre esse grande e eterno simbolo da comedia nacional,um dia desses entrei em contato com Andre Mazzaropi, inclusive enviei um e-mail a band, porem nao ouve interesse, e realmente sou-lhe muito grata pela atenção que voce dispensou ao Andre, que continua, dando vida ao seu grande pai, Parabens mesmo a este Blog, que para mim e o melhor que ja entrei,

    beijocas
    um grande beijo Andre, Sucesso a voce
    Rosana Brito
    Tatuape

    ResponderExcluir
  5. Assisti seus filmes quando pequena ao lado de meu avô, na blogagem coletiva o filme da minha vida, citei seus filmes.

    Bjão

    ResponderExcluir
  6. Olá ! vi que vc é fâ do Mazzaropi. Fiz um twitter em homenagem a ele. Gostaria que vc me ajudasse se possível na divulgação.

    www.twitter.com/mazzaropioficia

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Não aprovo comentário ANONIMO!

Postagens mais visitadas deste blog

Pílula Anticoncepcional - Assassina!

Estou indignada por ler matérias em jornais e revistas onde jornalistas e médicos escrevem a respeito da pílula anticoncepcional como sendo o meio mais seguro de se evitar filhos, porém...

Nos programas de rádio e TV, a mesma coisa acontece. O que eles não abordam jamais, é o perigo que a pílula anticoncepcional causa para a mulher. (E nem todos os médicos tem essa preocupação com sua paciente).

Ainda hoje, dia 8 de Setembro li no caderno Folhateen - da Folha de S. Paulo, matéria de Jairo Bouer em sua coluna - SEXO E SAÚDE, onde ele aconselha como forma segura para se evitar a gravidez indesejada, o uso da pílula, e ainda escreve que, - menos de 20% delas são adeptas a isto, pedindo que se repense no caso, induzindo a mulher a usar a pílula.

Muito bem. O que as pessoas não sabem e não interessa dizer, é que a pílula e a reposição hormonal podem causar na mulher graves problemas como a TROMBOSE.

A trombose pode se transformar em uma EMBOLIA pulmonar conhecida como TEP - e isto pode matar…

Cozinhando com a faca na mão

Que coisa mais linda ver as crianças participando da vida como se fossem fazer suas próprias coisas, como a sua comidinha, ou arrumar seus deveres e sua caminha e coisas do  dia a dia. 
Lamento o fato de não termos alguns costumes  como temos por exemplo no Japão. Ví dia desses um filme das sobrinhas de uma amiga que nasceram lá e desde muito cedo,  na escola, elas todas trabalham com facas e aprendem a cortar peixes e a fazerem seus pratos tradicionais, rebuscados ou não. Eles acreditam que é interessante saberem mexer com o perigo, como o instrumento faca,  ensinado-as como manipular.  


 Eles tem total razão

Entrevista com Sérgio Viotti

O Jornal Modus Vitae, em Maio de 2007, conversa com Sérgio Viotti, quando ele interpretou um personagem da peça “O dia em que raptaram o Papa”. Viotti foi “Alberto IV”, um papa que imaginou ser por algumas horas, um transeunte comum pelas ruas de Nova York, mas o taxista que o levaria para a aventura - anônimo, judeu, o reconheceu prontamente e o seqüestrou.

O desenrolar da peça teatral de grande sucesso, é uma comédia, e Sérgio Viotti é mais que um ator, ele é mesmo o Papa. Procuramos essa “santidade” do teatro nacional, próximo aos seus 80 anos, e descobrimos que o “Papa” é mesmo pop.

Foi mais ou menos assim que abro a entrevista com Viotti, no entanto, é preciso dizer aqui, que eu me emocionei demais com a peça. Na verdade, muita gente se emocionou. Há momentos de total silêncio do público, e respeito, tamanha figura que ele travestido de PAPA representou.

Assisti a peça, no dia da estréia, algumas pessoas foram entrevistadas na saída ainda tomadas pela emoção. A TV Gazeta vem em minh…