Pular para o conteúdo principal

Escola de Samba do Rio de Janeiro - Uma paixão Naiconal



Escola de samba é como Futebol, cada brasileiro, ou a maioria deles tem a sua preferida.

São Paulo tem Escolas também, mas a tradição dos desfiles , vem do Rio de Janeiro .
É na Avenida Marquês de Sapucaí que acontece a maior festa do samba do mundo! Super organizada, com muitas regras, multidão e beleza. Muitos esperam pela venda de ingressos, sobretudo, os torcedores de suas escolas - uma paixão enlouquecedora.
A venda de ingressos é procurada também pelos turistas. Na Sapucaí, o povo se acomoda em bons camarotes e arquibancadas e até na pista. Ela se torna clara como o dia. O som é perfeito, muita gente por todos os lados e os famosos aproveitam para desfilar nas suas escolas e assistem depois a continuação da festa. Alguns se aventuram em desfilar em mais de cinco escolas na mesma noite! Sem contar sobre a presença de grandes nomes que apenas assistem.

Você não tem sono, fica elétrico, é muito alegre, pois o samba mexe com adrenalina e uma alegria imensa contagia a todos que por lá estão.

Uma das deliciosas atrações para quem está por lá, é o intervalo entre uma escola e outra. Enquanto o povo aquece a garganta com o próximo samba que vai entrar na avenida ou ainda entusiasmado com a Escola que passou, a Marquês de Sapucaí é limpa.
Entram os cenourinhas, empregados da prefeitura com seus uniformes cor de laranja, com vassouras, carrinhos, etc. Alguns deles varrem e sambam divinamente e dão o maior show para o público que delira com eles. A energia é muito boa!

No Norte e Nordeste deste imenso país que é o Brasil, acontece o trio Elétrico e blocos de carnaval que passam pelas ruas da cidade e o povo todo participa como na Bahia e Pernambuco, por exemplo. Uma loucura, mas outra proposta. Geralmente eles pulam sem parar e viram a semana inteira antes durante e depois do carnaval.

O Rio de Janeiro é linda, marcada por um lado da cidade por seus morros, e pelo outro, com suas praias - e muitos sambistas nasceram e viveram para o samba e fizeram história, como Pixinguinha, Cartola, Dona Zica, e Dona Neuma, Ari Barroso, Neguinho da Beija Flor, Zeca Pagodinho, Leci Brandão, Noel Rosa e muitos nomes mais.

Minha escola de coração é a que tem a Bateria mais famosa por ter a característica de uma "paradinha" para encrementar seu ritmo, - considerada a "nota 10". Ela nasceu em 1955 no bairro de Padre Miguel a partir de um time de futebol, o Independente Futebol Clube.

Foi a Mocidade que introduziu também a figura da madrinha da bateria, em 1985, com Monique Evans. http://carnaval.uol.com.br/2009/escolas-de-samba/mocidade-independente-rio-de-janeiro.jhtm

A escola já conquistou cinco campeonatos, o último deles em 1996 com o samba-enredo “Criador e Criatura”, e sempre figura entre as favoritas. Em 2008, ficou em 8º lugar na classificação das escolas do Carnaval carioca.

Quando você entra no link, vá na primeira página e procure todos os sambas, ouça e sinta um pouco da bateria de cada um, - como este da Padre Miguel e conheça um pouco do samba das escolas que desfilam na Avenida Marquês de Sapucaí, conhecido como o Sambódromo do Rio de Janeiro.

Por mais que se acompanhe a transmissão pela TV, jamais você poderá entender a vibração que é estar lá. Na hora que a bateria passa perto de você, é incrível e indescritível o seu sentimento de emoção e força. Ficar posicionado perto do recuo da bateria é presente do céu!
simplesmente inenarrável!

Uma das mais famosas e queridas pelo povo e também por seus admiradores é a Mangueira! "Estação Primeira da Mangueira " Grande Escola, linda com mais de 3000 figurantes ela dá o Grito de Guerra, de sua entrada ( como todas fazem ), mas nesta hora a avenida se torna verde e rosa e é impossível não se emocionar e se contagiar.

Vale viver ao menos uma vez na vida esta experiência.
Bom final de carnaval!

Comentários

  1. Conceição,

    Coniverei e comentarei. O carnaval no Rio, na Sapucaí é uma loucuura, além de ser a maior festa do mundo pelo Guiness. Pena que o que há de bom, traz tanta coisa ruim, mas, vamô lá, bola pra frente!
    Abração,

    Gustavo

    ps: sou amigo do Edu-do-Varal rsrs
    passa no meu canto, lá tb tem o link, mas

    www.papagaiomudo.blogspot.com

    tá aí.. te aguardo.

    ResponderExcluir
  2. Gustavo, que bom que veio aqui, muito obrigada, vc é famoso por aí. Te vejo sempre no P.L e já havia te visitado, depois me perdi de vc... Me perdoe.

    Hoje voltei.

    Mas no papagaiomudo, vc não deixa a opção de te seguir, to certa? Mas mesmo internamente te colocarei aqui...

    Adorei tudo que ví por lá, e volto com calma, te prometo... Nos outros, veja meus comentários... Os antigos e os novos.. hahahaha

    Bjinhus e vambora que é cinza!

    CON

    ResponderExcluir
  3. Ponto Con:

    Não vou falar de carnaval. Vou falar da tua presença deliciosa e furacônica ( essa eu inventei : furacão com o requinte de um faraó ) lá no Crís. Voce está irremediavelmente linkada.procure-se no Garimpo.

    Beijão, garota.

    ResponderExcluir
  4. Completamente entretida por cinema e querendo aproveitar os feriados para ver aos filmes concorrentes ao Oscar e a festa de entrega...pela primeira vez em muitos anos deixo de assistir às escolas...mas hoje vou recuperar...beijos

    ResponderExcluir
  5. Oi Con,

    Vc já consta na minha lista da Blogagem Coletiva, conto muito com sua participação, amiga!

    Se puder me ajudar na divulgação ficarei imensamente agradecida!


    beijinhos,

    ResponderExcluir
  6. Passei para uma visita e gostei do seu blog. Simples e inteligente. Espero poder voltar mais vezes.

    abraços - Mangarosa

    ResponderExcluir
  7. Passei para uma visita e gostei do seu blog. Simples e inteligente. Espero poder voltar mais vezes.

    PS: o primeiro foi falha do blog, desculpas

    abraços - Mangarosa

    ResponderExcluir
  8. Questi sono carnevali... altro che la tristezza dei carri italiani
    Un abbraccio
    Saba

    ResponderExcluir
  9. Ë tem muita razäo, nada que ver nos reportagens, na televisäo e na realidade.
    A batucada é ma maravilha,faz vibrar enteirinha, de acima a abaixo.

    Mas as camaras estäo encima dos corpos esculturais das meninas, lógico...

    Un beijinho.
    Gostei do seu blog, si me permite, vou ficar.

    ResponderExcluir
  10. Con,
    e eu posso dizer que vivi de montão a experiência de estar presente na Avenida. Durante mais de dez anos, e coloca dez anos nisso, trabalhei na Sapucaí fazendo reportagem de carnaval. Trabalhei também nas quadras e nos barracões.
    Realmente a energia é incomparável. Amo trabalhar na Sapucaí. O último ano que estive na Avenida foi em 2006, mas nada impede que eu volte. Pode ser...quem sabe.
    Amo fazer carnaval.
    Gostei da homenagem !
    Espero que seu carnaval tenha sido tudo de bom.
    Grande beijo !

    ResponderExcluir
  11. Con,
    e eu posso dizer que vivi de montão a experiência de estar presente na Avenida. Durante mais de dez anos, e coloca dez anos nisso, trabalhei na Sapucaí fazendo reportagem de carnaval. Trabalhei também nas quadras e nos barracões.
    Realmente a energia é incomparável. Amo trabalhar na Sapucaí. O último ano que estive na Avenida foi em 2006, mas nada impede que eu volte. Pode ser...quem sabe.
    Amo fazer carnaval.
    Gostei da homenagem !
    Espero que seu carnaval tenha sido tudo de bom.
    Grande beijo !

    ResponderExcluir
  12. Con, querida.
    Deixa que primeiro te agradeça a deliciosa visita ao meu bloguinho: OBRIGADA! rs.

    Agora vamos ao Carnaval (q findou-se, né? rs). Acho q em todo canto desse Brazilzão não há um canto onde não haja opções pra se divertir nessa festa que é o Carnaval, alguns lugares mais tradicionais (Rio e Bahia), outros nem tanto, mas...
    Tô torcendo pela Portela no Rio, já que em Sampa não deu pé (torço pra Rosas de Ouro).

    Beijos, moça!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Não aprovo comentário ANONIMO!

Postagens mais visitadas deste blog

Um dia você aprende

https://youtu.be/f6Hnwx44AnU




Um dia a gente aprende que...

Depois de algum tempo você aprende a diferença, a sutil diferença, entre dar a mão e acorrentar uma alma.

E você aprende que amar não significa apoiar-se, que companhia nem sempre significa segurança, e começa a aprender que beijos não são contratos, e que presentes não são promessas.

Começa a aceitar suas derrotas com a cabeça erguida e olhos adiante, com a graça de um adulto e não com a tristeza de uma criança; aprende a construir todas as suas estradas no hoje, porque o terreno do amanhã é incerto demais para os planos, e o futuro tem o costume de cair em meio ao vão.

Depois de um tempo você aprende que o sol queima se ficar exposto por muito tempo, e aprende que não importa o quanto você se importe, algumas pessoas simplesmente não se importam... aceita que não importa quão boa seja uma pessoa, ela vai ferí-lo de vez em quando e você precisa perdoá-la por isso.

Aprende que falar pode aliviar dores emocionais, e descobre que se l…

Pílula Anticoncepcional - Assassina!

Estou indignada por ler matérias em jornais e revistas onde jornalistas e médicos escrevem a respeito da pílula anticoncepcional como sendo o meio mais seguro de se evitar filhos, porém...

Nos programas de rádio e TV, a mesma coisa acontece. O que eles não abordam jamais, é o perigo que a pílula anticoncepcional causa para a mulher. (E nem todos os médicos tem essa preocupação com sua paciente).

Ainda hoje, dia 8 de Setembro li no caderno Folhateen - da Folha de S. Paulo, matéria de Jairo Bouer em sua coluna - SEXO E SAÚDE, onde ele aconselha como forma segura para se evitar a gravidez indesejada, o uso da pílula, e ainda escreve que, - menos de 20% delas são adeptas a isto, pedindo que se repense no caso, induzindo a mulher a usar a pílula.

Muito bem. O que as pessoas não sabem e não interessa dizer, é que a pílula e a reposição hormonal podem causar na mulher graves problemas como a TROMBOSE.

A trombose pode se transformar em uma EMBOLIA pulmonar conhecida como TEP - e isto pode matar…

Cozinhando com a faca na mão

Que coisa mais linda ver as crianças participando da vida como se fossem fazer suas próprias coisas, como a sua comidinha, ou arrumar seus deveres e sua caminha e coisas do  dia a dia. 
Lamento o fato de não termos alguns costumes  como temos por exemplo no Japão. Ví dia desses um filme das sobrinhas de uma amiga que nasceram lá e desde muito cedo,  na escola, elas todas trabalham com facas e aprendem a cortar peixes e a fazerem seus pratos tradicionais, rebuscados ou não. Eles acreditam que é interessante saberem mexer com o perigo, como o instrumento faca,  ensinado-as como manipular.  


 Eles tem total razão