A mala


Tem coisa pior que perder a sua mala em viagem? Tem. Roubarem ela! Eu roubei uma mala!!! Gente! Estou desapontadíssima comigo.

Quando deixamos o navio, saí na frente do Orlando, e determinada fui ao encontro de nossas malas, indicada pela organização em terra, - “as de etiquetas brancas, ali! “ Achei a minha rapidamente, - a do Orlando , não. Ele chegou depois de anos luz me seguindo, - e encontrou a dele “di prima” e calmamente passamos pela mocinha que confere as bagagens, - tudo ok, saímos.

Pega mala, põe no carro, tira do carro, acomoda, entra, sai, vai para o elevador, tira do elevador entramos em casa! Deixei a mala de lado. Dormimos pouco no navio, aproveitamos que era domingo, demos uma descansada. Acordei de tardinha, Orlando arrumou tudo dele, e eu sem ânimo para mexer na minha... Deixei.

Dia seguinte. Às quatro da tarde me chamam ao telefone, - era a CONCAIS, empresa responsável no Porto de Santos. Perguntam: “Sr. Orlando Duarte, perdeu uma mala na viagem, tal...?!” E eu respondo firmemente que não! Voltei para o micro, mas martelava um zumbido na minha cabeça. Resolvi abrir minha mala! Primeira coisa que faço é abrir a bolsinha de fora, para tirar uma sandália, para minha surpresa encontrei muitos bobs de enrolar cabelo. IMEDIATAMENTE – Minhas orelhas crescem, o calor sobe, vou conferir a etiqueta e percebo (30hs depois) que estou com a mala errada!

Fiquei muito sem graça! Olhei a mala, e vi que ela tinha como marca registrada uma fita e “xuxinhas” cor-de-rosa justamente para que ela tivesse personalidade, mas diante de um ladrão, nada disto importa. Pior, a mamãe quando soube me deu a maior bronca e disse: - “Filha, parece que você nunca viajou! Faça uma marquinha na sua mala para não confundir!” Caí na gargalhada, mal conseguia dizer a ela, que a roubada era um verdadeiro carnaval e de nada adiantou, - nem percebi!!!


Resultado: Fui buscar minha mala em Santos... A outra é de uma senhorinha que feliz da vida, comentou, ao saber que sua mala estava bem guardada, que ainda existia gente boa no mundo... Eu! Algo de bom haveria de sobrar, não é? Uma vez que estou ficando completamente desligada de tudo! Será que o balanço do mar me fez mal? Ou foi a falta de dormir o suficiente? Meu Deus, to ficando assustada.

Castigo: Terei que despachar a mala para o Estado de Goiás.

Comentários

  1. Conceição, Conceição, Conceição, sei não!!!!!!

    Mas acontece, e vendo pelo lado bom da coisa, rendeu uma postagem. Quer mais o que?

    ResponderExcluir
  2. Conceição, nunca passei por situação semelhante, mas seu relato faz a gente se imaginar dentro do engano. Que bom que tudo acabou bem.

    Da outra vez faça o seguinte: cole uma foto do Lula na mala. Garanto que ninguém fará igual (rsrsrsrsrs). Bem... pensando melhor é perigoso. Vai que alguém suspeite que tem dólar dentro da bagagem!? Por outro lado pode ser ótimo, todo mundo pode pesnar que é uma "bomba" e vai querer distância da coitadinha.

    Beijos queridona.

    ResponderExcluir
  3. E voce, imagina ir toda feliz para sua festa de colaçao de grau em Buzios, de repente??? cade minha mala????
    ah!!!!! eu que ja nao sou nada escandalosa ne !! quase derrubei o aeroporto, sabe onde a infeliz havia ido parar , em Natal,qu graça fiquei puta da vida, fiz todas as exigencias que me eram de direito, depois de dois dias a malinha estava impecavel me aguardando no saguao do hotel, sem comentarios viu, essa gente faz tudo nas coxas, como que se coloca uma mala que vai para buzios ir ate Natal?? tudo bem que fazia parte da escala , mas venhamos e convenhamos, eu tive que comprar roupas para poder tomar um banho, faça me o favor , isso e por que havia escrito na mala todos os meus dados, ate a cor da calcinha , hehehehe

    beijos
    te amo, outro dia ouvi o Galvao ler sua mensagm, pena que nao era o Zanca, mas mesmo assim valeu,
    bjs

    ResponderExcluir
  4. QUERIDA CONCEIÇÃO, ADORO A TUA ESCRITA, MAS ESTA DA MALA ESTÁ CHEIA DE HUMOR... LINDA MENINA...
    ADOREI... UM GRNDE ABRAÇO DE CARINHO,
    FERNANDINHA

    ResponderExcluir
  5. Charme, o Zancopé é muito meu amigo, fazemos rádio juntos as vezes! Ele é um doce de pessoa e nas minhas insônias, ele é uma voz que gosto de ouvir. Grande cara e é uma simpatia, do bem e pra mim, ja basta!

    Quanto as malas, ai ai ai. Eles tem o dom de fazer arte com a gente. Algumas viagens me deixaram sem roupa nenhuma, mas graças a CIA. elas acabaram voltando, mas tb precisei comprar roupa... E adorei! rsrsrsrsr

    Agora a minha do navio, é demais né?

    Saí do barco, tonta de sono... Nem reparei que a bendita mala não era a minha... Que louca!

    Bjus e obrigada por me ler...
    CON

    ResponderExcluir
  6. Conceição,

    Você não teve culpa alguma, são coisas que podem aconecer a qualquer pessoa.

    O lado bom dessa história foi que você teve um bom material para escrever esta ótima crônica para nós.

    Gostei. ôpa, não de você ter passado por esse inconveniente, mas sim da sua crônica.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  7. Filha!

    Já rimos muito com a história da mala! Só voce!

    Nunca pensei que voce não personalizasse a sua, facilita, mas também nunca acreditei que voce passasse a mão em uma, pertencente a uma passageira cuidadosa, personalizada com todo carinho!

    Será uma cataratazinha, assim de leve?

    Que nada, é a cabeça no mundo da lua, a pressa, a ansiedade por abrir a porta de sua casa, o OD acertando tudo, é um conjunto de coisas que acontecem mesmo!

    Não fosse assim, não haveria centenas de malas viajando pelo mundo desacompanhadas e como foi dito em alguns comentários
    acima, também não teríamos essa sua postagem para um fim de noite alegre.

    Claro, podemos rir à vontade, a mala "furtada" não é nossa!...

    Hoje, com o Código de Defesa do Consumidor, a mala declarada extraviada, obriga a companhia aérea a indenizar o passageiro. Porém, mesmo antes dele, já havia farta jurisprudência dos nossos Tribunais, obrigando-os a tanto.

    Bom mesmo é ter vocês de volta, saber que chegaram bem, a despeito do transito caótico que São Paulo teve hoje por causa da chuva, batendo novo recorde.

    Muitos beijos da mamis filha e Deus te, sempre.

    Aidinha

    ResponderExcluir
  8. A história não podia começar melhor: a autora "rouba" uma mala!
    E vai daí, desenrolam-se os acontecimentos, com um fluir mágico, qual brisa passando ligeira...
    A malinha fica bem entregue, com as "xuxinhas" disfarçadamente presentes, e nem o telefone parecia querer desfazer a confusão. A mamãe dá a sua bronca, a empresa insiste, o sr.Orlando passeia abstrato, e a "ladra de mala" sente o calor subir e as orelhas crescer...
    Carnaval passado, carnaval de novo, e o balanço do mar vai ser condenado na praça pública, pois então!...
    E o Óscar foi para o vencedor merecido pela síntese magnífica que construíu:
    "Pega mala, põe no carro, tira do carro, acomoda, entra, sai, vai para o elevador, tira do elevador entramos em casa! Deixei a mala de lado. Dormimos pouco no navio, aproveitamos que era domingo, demos uma descansada. Acordei de tardinha, Orlando arrumou tudo dele, e eu sem ânimo para mexer na minha... Deixei."

    ResponderExcluir
  9. Pena só agora ter chegado aqui.
    Sabes o que mais me divertiu na tua FANTÁSTICA crónica da mala mal pegada?
    Quando, em pé firme e senhora do teu nariz, relatas :
    "Saí na frente do Orlando.../ ..Achei a minha rapidamente,- a do Orlando, não. Ele chegou depois de anos luz me seguindo, - e encontrou a dele "di prima" ... ".
    Vê como homem tranquilo, de ombro ainda a 98%, resolve certinho seus (dele) problemas!
    Homem não cansa, não dorme...
    CINCO ESTRELAS PARA ESTA CRÓNICA !!!

    ResponderExcluir
  10. Conceição
    Bem narrada esta história de viagem!
    Enfim, tudo está bem quando acaba bem.
    Bom restinho de semana.
    Bjs
    G.J.

    ResponderExcluir
  11. Con ...valeu pelo divertido da situação e por ter dado tudo certo...os truques que nossa cabeça nos prega...me assustam cada vez mais...! beijinhos

    ResponderExcluir
  12. Amaral, e João Menéres, meus lindos!

    Adorei o seu comentário. Ele é sem dúvida melhor que a crônica. Depois veja tb, se tiver tempo o do João Menéres que eu amo de paixão! Que graça vcs!

    É demais gratificante escrever para uma gente tão sensível e querida, que nos conhece tanto a ponto de não deixar passar nada da nossa personalidade, da nossa narrativa e sobretudo, por entenderem o que está escrito. Infelizmente sabemos que pessoas sabem ler, e no entanto, não compreendem. Graça à Deus, aqui com essa gente brilhante, não acontece isso. Amo vocês! Amo vc Amaral Nascimento.

    Grande beijo e ótimo dia!
    CON DUARTE

    ResponderExcluir
  13. hiaushaiuhsa Con, Con... o que o Orlando te pediu que voce teve que roubar bobs hein??

    ResponderExcluir
  14. CONCEIÇÃO DUARTE

    Por favor acha só um pouquinho de graça, Está bem?
    -Assim, para a próxima, tenho que me esmerar bem mais, para tentar merecer esses elogios que dirigiste (e muito bem !) para o Amaral e que dizes por mera simpatia que são para mim também.

    Não esperes muito de mim, Amiga.
    Eu só faço e dou o que tenho. Pouco é.

    Beijos (muitos, já agora...).

    ResponderExcluir
  15. Adorei a crônica manaaaa! E os comentários então é um caso à parte. Me divirto demais com seu blog.
    Parabéns

    ResponderExcluir
  16. DISTRAÍDA??... isso é apelido!

    Pelo menos ajudou a acabar a viagem com risos...

    Você é muito engraçada na sua forma de contar o episódio!

    Bjs.
    Marie

    ResponderExcluir
  17. Conceição, o susto foi grande, mas ainda bem que a sua mala foi parar em boas mãos, serviu maravilhosamente nesta ótima e divertida narrativa. Beijo

    ResponderExcluir
  18. Delícia de história.
    Delícia de texto.


    Um abraço.

    ResponderExcluir
  19. Antes trocar de mala do que troca de vida!

    ResponderExcluir
  20. Oi, Conceição!

    Vim agradecer tua visita e me deparei com uma história ótima, muito bem contada.
    Já me aconteceu de ter que esperar por seis horas num aeroporto, mas carregar a mala de outra pessoa, nunca, hehehe.

    Bjim.

    ResponderExcluir
  21. Conceicao bom dia!!!

    Você já viu quem é a Vitima da Quinta hoje lá no Edu?

    Vai lá.

    Beijao

    ResponderExcluir
  22. Cara amiga, vc é mesmo muito distraída.
    Ou talvez tivesse ficado mareada... rsrs...
    Bom resto de semana,
    Beijo.

    ResponderExcluir
  23. Ainda bem que tudo acabou bem né?
    Os transtornos de despachar a mala alheia, faz parte.
    Mas isso não foi um roubo. Foi um engano de alguém muito cansada.
    Beijo menina.

    ResponderExcluir
  24. Conceição,
    como se diz, entre mortos e feridos, salvaram-se todos. No caso, salvaram-se todas as malas !
    Que situação.
    Que foi engraçada, lá isso foi. E ainda rendeu um post divertido e bem-humorado !
    Beijos

    ResponderExcluir
  25. Querida Con, tambem já perdi uma mala e te garanto nao foi nada bom, pelo menos vc tinha umas xuxinhas pra se divertir e o melhor, deu até materia bem humorada no seu blog, mas o que me chamou a atenção foi que teve que despachá-la logo para Goias???? Teraa de nossa prima irma, amiga Silvana. Mas fica uma perguntinha: Não foi nessa mala que a Silvana se esborrachou na sua sala foi? kkkkkkk, só nos restava essa!!!

    ResponderExcluir
  26. Conceição,
    Uma troca, um texto que deu pra rir... nem as xuxinhas rosa? ahahah
    Olhe, já me aconteceu o mesmo... ía a sair com a mala, quando me tocaram no ombro, "desculpe, essa ~mala é minha", rs~ainda hoje me lembro do ar alarmado do senhor...
    Ainda bem que a viagem foi boa!
    Abraço

    ResponderExcluir
  27. Troca de malas sempre rende boas risadas. Certa vez, meu pai pegou a mala errada, no aeroporto, numa conexão. Era igualzinha a mala dele!
    Ao chegar em casa e abrí-la, se deparou com batinas, bíblia, um cálice e até um pacote de hóstias. Ele havia pego a mala de um padre! E o padre estava com a mala dele!
    A sorte é que na mala do padre tinha uma agenda com o telefone e o endereço dele, em outro estado.
    Cada um teve que despachar a mala do outro... rsssssssss

    ResponderExcluir
  28. Zezé, que cooooooisa! Ta aí uma história hilára tb né?

    Mala de um padre???? kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk Oremos, então!

    E como a minha história, acabou tudo bem!!!!

    Mas que da certa aflição, ah isso dá!

    Estas coisas acontecem, quando estamos pelo mundo a fora!!!

    Agora, aqui em casa tão me enchendo até hoje, porque descobriram agora, que a mala dela é um tom de verde fechado. E a minha é preta.

    Mas acredito mesmo que eu tava mariada....
    Bjus CON

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Não aprovo comentário ANONIMO!

Postagens mais visitadas deste blog

Pílula Anticoncepcional - Assassina!

Entrevista com Sérgio Viotti

Saturno, também na malha de Gianlucavacchi!