A Telefônica e nós!

Acordei com vontade de cortar minha linha de telefone fixo. É  o que providenciei hoje assim que despertei.

Eles são bons para cobrar, nós não temos controle dos minutos que falamos e de tanto mais. O costume é usar o celular até quando estamos no banheiro, - nem banho tomamos mais sossegados, sempre grudados no vício caro da tecnologia que nos entrega e-mails, câmara fotográfica, Apps, WhatsApp, mensagens  música, rádio, e até o telefone!   Confesso que me acostumei em mandar muitas mensagens e a usar cada vez menos o telefone. Assim mesmo pagamos caro por isso tudo.

Meu filho que está nos EUA, tem um plano de telefone celular para ligar para mim (e ou para quem ele bem entender), no fixo do Brasil pela quantia módica de US$ 5,00! Detalhe: ele pode falar quantas vezes quiser, o tempo que quiser, a hora que  melhor lhe aprouver e nos dias que bem entender. Invejável, não é?

Essa noite, o meu telefone fixo tocou a noite toda, insistentemente e doentiamente. Por sinal, um animal que deve estar na cadeia que usa o nome de Wagner, liga para casa a cobrar e antes da madrugada infernal, ele  ligou aproximadamente umas 80 vezes para nosso telefone. Isso tira qualquer um do sério.  Muito desagradável, pois, para quem não tem nervos de aço, isso desestabiliza qualquer um. 



 

minha indignação é: Até quando essa VILA BRASIL, vai deixar que bandidos usem celular na cadeia? Entra telefone, entra arma, droga - qualquer coisa, certo? Uma vergonha pagar o que pagamos de impostos somados ao início do ano que ainda pagamos o IMPOSTO DE RENDA, ter que aturar esse tipo de coisa. Aliás, a lista de coisas que aturamos esta saturada. Lamentável viver nessas condições e pergunto: Quanto vale para o governo um cidadão? Pois é. É certo que para nós o governo vale muito. Afinal, pagamos caríssimo para viver no Brasil. Temos que andar na linha, pois não temos imunidade parlamentar e nem fazemos as Leis, e eles nem nos dão chance disso, pois eles estão cheio de TIRIRICAS, cantores, jogadores de futebol e ladões escolados com nomes conhecidos. Até quando?

Comentários

  1. igual por todos os lados...
    beijosssssssssssssssssss

    ResponderExcluir
  2. Olá, Conceição.

    Assisti você num programa da Rede Gospel. Considerei você muito sensata!

    Quanto ao assunto do tópico, para acabar com os trotes, a solução é ter um aparelho com número do telefone aberto e outro reservado. O que reservar vai apenas aos mais chegados, parentes e amigos. Essa saída gera custo, é verdade, mas também um benefício enorme à questão emocional.

    Abraço.

    E.A.G.
    http://belverede.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Não aprovo comentário ANONIMO!

Postagens mais visitadas deste blog

Pílula Anticoncepcional - Assassina!

Entrevista com Sérgio Viotti

Saturno, também na malha de Gianlucavacchi!