Haiti!

Estamos no dia 14 de janeiro de 2010 e já sofremos tanto por gente que nem conhecemos. Mas como ficarmos indiferentes a tanto sofrimento?

Angra dos Reis, e qualquer um de nós poderia estar alí. A ponte que cai no Rio Grande do Sul, e mais dezenas de pessoas desaparecem. As chuvas continuam e como as muitas gotas que caem sobre nós, ela faz aqui e alí, uma vítima ou outra. Não podemos fazer nada contra a natureza que é forte, poderosa e vingativa.

Quando acreditamos em silêncio que a calmaria volta a reinar na vida de todos nós, vem a notícia do terremoto no Haiti. Que judiação. Um país tão pobre, sofrido, desajustado, esquecido, largado e necessitado de ajuda, sofre um devastador terremoto que tira deles o pouco que por lá existe. Em meio a uma situação caótica, crianças dormem ao lado dos cadáveres de seus pais e ninguém pode fazer nada! Há um descontrole total, pânico, tristeza, medo demais e ainda a falta de água, a fome, o trânsito infernal, pessoas perdidas sem a notícia de familiares para se posicionarem e a comunicação é precária.

O mundo se mobiliza e tenta prestar solidariedade para o Haiti. Nunca é tarde, mas agora é muito difícil reorganizar o país. Em meio a tudo isso, temos alguns brasileiros que moravam lá e prestavam serviço para tentar ajudar o país esquecido. Meninos do exército brasileiro morreram. Muitos morreram e morre também a fundadora da Pastoral da Criança Zilda Arns.

Muitas vezes as televisões parecem não ter programação e colocam para a população programas ridículos, apelativos, insuportáveis. Com a notícia de que essa médica estava dentro de uma Igreja e dando uma palestra quando houve o terremoto e por consequência ela morre, os jornais não falam em outra coisa, senão mostrar o trabalho incansável e maravilhoso desta mulher de 75 anos, que mãe de cinco filhos, conseguiu fazer um trabalho impecável e incansável também fora de sua casa. Mobilizando voluntárias em todo o Brasil e mais 21 países. Um milagre!! Nela havia a vontade. O propósito.

Hoje Zilda Arns é exemplo. Sempre foi, mas nem tanto... Muitos brasileiros nunca ouviram falar nessa senhora. E ainda alguns perguntam se Deus existe. Claro que existe, e ela sabia disso. Zilda Arns morre no Haiti, e é notícia no Brasil e no mundo por cuidar de 2 milhões de crianças. O número de mortos é incalculável ainda, mas já sabemos o tamanho da tragédia.

Com tudo isso, o mundo olha para o Haiti e resolve ajudar. Quem sabe era preciso essa tragédia para que olhassemos por eles? Que jamais sejam esquecidos.

Algumas histórias incríveis já chegam na mídia para consolar um pouco o nosso coração.

A TV mostra um soldado da ONU que depois de 40 horas, sai debaixo dos escombros sem nenhum arranhão.

Uma menina de 13 anos com mais da metade do corpo livre e outra presa é salva e diz que não teve medo. Sai do sufoco, falante, animada e viva!

Uma mulher consegue depois de 10 horas ligar para seu marido que estava ha 150 km distante dela. Em menos de 10 segundos, ela consegue dizer a ele onde ela estava e a bateria do seu celular acaba. Ele viaja até a cidade de Porto Príncipe, chega onde ela está, e tira com as próprias mãos por uma hora pedras e escombros que estavam em cima dela e a mulher sai com vida!

Como se vê, mesmo diante da maior tragédia, há casos interessantes e de tamanha beleza e sorte. Daí, sairão no futuro alguns livros e histórias de vida que são exemplo de verdadeiros milagres.

Enquanto isso, missas são rezadas pela alma dos soldados e da Dra Zilda Arns.

E assim tristes, desolados mas agradecendo à Deus por tudo que temos, entramos no ano novo, esperando que melhores dias virão para aqueles que sofrem de verdade!

Comentários

  1. Esperemos mesmo que as coisas mudem para eles e que também nós não sejamos obrigados a assistir cenas tão tristes que nos abalam, tanto. beijos,chica

    ResponderExcluir
  2. Conceição
    Bonito texto com reflexões legais, só posso dizer: que assim seja.
    beijos

    ResponderExcluir
  3. CON

    Excelente e, simultaneamente, comovedor relato das tragédias que vão assolando onde quer que nos encontremos.

    Um beijo enorme.

    ResponderExcluir
  4. Todos os dias, as televisões gostam de nos presentear com o sofrimento em directo. Ao menos, que tudo isto sirva para alertar consciências e eliminar a preguiça crónica de todos nós, espectadores impávidos e serenos das tragédias dos outros, porque continuamos a acreditar sempre... QUE AS TRAGÉDIAS SÓ ACONTECEM AOS OUTROS.

    Fica bem.
    Rolando

    ResponderExcluir
  5. Os meus sinceros pésamos para todo o povo Brasileiro.Para o Haiti o meu abraço solidário.

    Beijo e bom fim de semana.

    ResponderExcluir
  6. olá conceição.

    O PONTO G É A GRANDE DISCUSSÃO NO MEU BLOG DE HUMOR:

    "COMO ERA FÁCIL FAZER SEXO".

    VENHA CONHECER E PARTICIPAR.

    UM ABRAÇÃO CARIOCA.

    ResponderExcluir
  7. Prometo que voltarei para ler todo o seu blog.

    Combinado.

    Um abração carioca, e não esqueça de visitar:"COMO ERA FÁCIL FAZER SEXO".

    ResponderExcluir
  8. Triste tragédia que atingiu também a vida de brasileiros entre eles a grandiosa Zilda Arns.
    Tristeza e agora o país fica mais pobre ainda.
    Parabéns pelo post tão bem apresentado como sempre.
    Beijooo

    ResponderExcluir
  9. terrivel desgraça para este pequeno e pobre pais e suas gentes.Horrivel, uma tristeza profunda...
    um abraço, minha querida e
    gostaria de te dizer que fiz um blog para "falar" com meu irmao ,Iosif., é este.

    www.gigi-e-myra.blogspot.com

    se quiser ver està mais que bemvinda

    beijos

    ResponderExcluir
  10. acho que aconteceu algo, nao entendo, amanha vou ver se meu comentario aparece
    beijos,

    ResponderExcluir
  11. Há um tempo em que é preciso
    abandonar as roupas usadas,
    que já têm a forma do nosso corpo,
    e esquecer os nossos caminhos,
    que nos levam sempre aos mesmos lugares.
    É o tempo da travessia:
    e, se não ousarmos fazê-la,
    teremos ficado, para sempre,
    à margem de nós mesmos

    Fernando Pessoa

    Te desejo um lindo domingo com muito amor e carinho
    Abraços

    ResponderExcluir
  12. Conceição, adorei a sua reflexão sobre esse tema, a tristeza da perda se uma mulher tão dedicada de corpo e alma para o mundo. Uma fatalidade ela ter perdido a vida neste terremoto, que abalou à todos. Somos seres frágeis e dependemos da natureza, e nos esquecemos disso.

    Obrigado pelos comentários. E, dei-me conta de que voce tinha dito que queria sair junto comigo, e já estava no carro. Peço mil desculpas pela minha pressa.

    Vamos nos falando.

    bjs.

    Jura

    ResponderExcluir
  13. Tenho recebido alguns e-mails criticando algumas opiniões expostas no twitter, com relação a falta de fé e dúvidas da existência de Deus, nesta questão do Haiti. Não vou dizer o que pensam os sem Deus no coração, mas aos crentes, digo que, de tudo que está acontecendo, um país esquecido no mapa pelos países ricos, está agora, diante da sua miséria, confraternizando nações; lá, estão neste momento, militares de várias partes do mundo, realizando o mesmo trabalho e interagindo! Pensou nisso, Conceição? Este é um grande evento diante dos olhos de Deus e pode sim, ser um marco na História da humanidade! Boa semana! Beijus,

    ResponderExcluir
  14. Cara CON
    Excelente e bem oportuno este seu texto!
    Sabe que também eu, por vezes me interrogo, será que DEUS existe...???
    Peço o favor de me desculpar as ausências, e faço votos de uma excelente semana para si.
    Bjs
    G.J.

    ResponderExcluir
  15. Ola Amda CON, quanto tempo.
    Estou com saudades de vc. apesar de ter ficando um tempo fora, não me esqueci de ninguém..

    Quanto ao texto, que escreveu é muito bom... apesar de tantas coisas ruins estarem acontecendo ao mesmo tempo, não podemos nos deixara abalar.. Temos a nossa para seguir. Estou muito consternada com todos esses fatos acontecido... O ano parece não ter começado muito bem, para o mundo inteiro.
    Muita tristeza no ar..Está faltando Paz, Amor, Solidariedade, na maioreia das pessoas..
    É muita desgraça, acontecendo de uma vez só.
    A Dr. nos deixou um grande legado que é o amor ao Próximo e a Solidariedade.
    Assim, como muitos que se foram, tiveram sua parte neste mundo...

    Deixo um grande abraço a vc. amiga.
    Te espero.
    Já estamos na coletiva.
    Que tal vim dar uma olhadinha??

    Venha conferir
    http://sandrarandrade7.blogspot.com
    Ficarei feliz com a sua visita..

    Este é o momento, em que colocamos, todos os nossos momentos de alegrias e afeição.
    Tudo o que tem um grande siginificado em nossas vidas, fica ali, aqui registrados.
    Com muito carinho, te espero para compartilhar.
    Sandra

    ResponderExcluir
  16. It is always sad to hear about Natural Disasters but we are Helpless.We can only pray to our God to keep everyone happy and satisfied !!

    ResponderExcluir
  17. Bem oportuno o texto! Mas que tristeza que Deus tenha compaixão extra e ajude-os a reconstruir a vida...Que vida! Beijo

    PS: Muita saudade da amiga que nem parece virtual.

    ResponderExcluir
  18. Maicon, não estou encontarando seu comentário, mas fiquei muito feliz por vc me escrever. tenho pensado muito em vocês e não me esqueci de nada!
    Dê um beijo em todo mundo daí do hotel, e da nossa comunidade. Obrigada por me escrever, beijos, CON

    ResponderExcluir
  19. A relatividade deixou de ser uma teoria só ao alcance de alguns cientistas...

    Perante a dor que descreve, as nossas pequenas mágoas perdem importância...

    Beijo,
    António

    ResponderExcluir
  20. AMIGA!
    VENHO LHE OFERECER UM LINDO SELINHO DAS MULHERES PODEROSAS. É O QUE TODAS NÓS SOMOS. GUERREIRAS, INTELIGENTES E FORTES.
    PASSE LÁ.
    ESPERO QUE GOSTE. A CURIOSA FICARÁ MUITO FELIZ SE VC. RECEBER.
    UM GRANDE ABRAÇO.
    COM MUITO CARINHO
    SANDRA

    ResponderExcluir
  21. Passando para te desejar um excelente final de semana..
    Beijão

    ResponderExcluir
  22. Infelizmente a tristeza também é parte do cotidiano.
    Como sofre o povo do Haiti.
    Doutora Zilda é mais uma missionária, assim como foi Madre Tereza de Calcutá, Gandhi, Martin Luther King....vez ou outra alguns espíritos abneados encarnam para nos dar bons exemplos.
    A vida continua em meio ao caos. Não há outro jeito.
    Beijos

    ResponderExcluir
  23. Olá! Seu blog é lindo. Se você tiver tempo, visite o meu blog de viagem, que está em Inglês e em grego AQUI!!

    ResponderExcluir
  24. Que a minha solidão me sirva de companhia,
    que eu tenha coragem de me enfrentar,
    que eu saiba ficar com o nada
    e mesmo assim me sentir, como se
    estivesse plena de tudo".

    Clarice Lispector


    Desejo um lindo domingo para você.
    Abraços com todo meu carinho

    ResponderExcluir
  25. Grande perda para nos brasileiros,de um ser humano insubistituivel como a Dra Zilda,que a obra que ela começou jamais se apague.

    bjs

    ResponderExcluir
  26. Olá Conceição, estou na Irlanda e agora será
    um tempo na Irlanda, outro em Portugal.A Net
    felizmente é Universal.Tenho que me dividir
    pelos blogues que são meus seguidores e com
    a m/falta de tempo é complicado, mas estão
    todos no meu coração.
    Beijinhos/Irene

    ResponderExcluir
  27. Hoje vim aqui agradecer pelas lindas palavras e carinho comigo nos teus comentários.
    Obrigado do fundo do meu coração.

    " Depois de algum tempo você aprende que verdadeiras amizades continuam a crescer mesmo a longas distâncias, e o que importa não é o que você tem na vida,mas quem você tem na vida."
    - W. Shakespeare

    Abraços com todo meu carinho

    ResponderExcluir
  28. I'm appreciate your writing skill.Please keep on working hard.^^

    ResponderExcluir
  29. Con,
    Saudades de vc, menina!!!

    Ah... As melhores horas do terremoto no Haiti, são sem dúvida, encontrar sobreviventes sob os escombros!!!
    Pq há sempre um sopro de esperança no ar!!!

    bjão

    ResponderExcluir
  30. Ola amiga!
    Como vc. está..Estou com saudades de vc??
    A vida é um momento que temos viver... Não podemos deixar passar.
    Um grande abraço.
    Sandra

    ResponderExcluir
  31. Olá CON
    Paseei para lhe agradecer as amáveis visitas.
    Dizer-lhe também que , gostei muito de a ver nas fotografias do Eduardo sempre alegre, tal e qual como eu a imaginava.
    Bjs
    G.J.

    ResponderExcluir
  32. Cara Conceição, somente hoje leio este post, seu!!Mas mesmo concordando com muita coisa escrita,tenho meus questionamentos.O que Deus quis nos mostrar levando Dra Zilda??Quantas pessoas estão neste mundo a infernizar vidas, roubando, matando e nada acontece a elas!! Sabe, muitas ultimamente me espanto comigo mesma!! Com meus pensamentos absurdos,talvez até descrentes na justiça divina!!
    Conceição, me perdoe se fui fria em meus comentários, acho q aqui foi mais um desabafo, do que um cometário!!
    Bjus, que vc continue assim falando com o coração e tocando a todos nós!!
    Bjus

    ResponderExcluir
  33. kkkkkkk lendo o q escrevi, pareço menina de primário!! erros péssimos!!! bjussssssssss

    ResponderExcluir
  34. conceição, cidinha, se assim posso te chamar, de f-ato haiti não é senão a história trágica de um povo que sempre lutou pra ser livre e é o impedimento orquestrado de sua liberdade que constitui o terremoto por excelência, e esse sim nos dis respeito a todos.
    b
    saudações
    luisdelamancha

    ResponderExcluir
  35. Olá, boa noite!

    Passei para ler as novidades e deixar


    Beijoca.

    ResponderExcluir
  36. Lições de vida. Não podemos fugir ao nosso destino.
    Abraço solidário
    Beijo para ti outro para Carmem

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Não aprovo comentário ANONIMO!

Postagens mais visitadas deste blog

Pílula Anticoncepcional - Assassina!

Entrevista com Sérgio Viotti

Saturno, também na malha de Gianlucavacchi!