terça-feira, 26 de julho de 2011

Amy Whinehouse, uma droga?

Era só uma questão de tempo a morte de Amy Whinehouse.
Todos sabíamos que na relação dela com as drogas, bebidas e seu comportamento não convencional, estava o seu ponto fraco, o seu desequilíbrio e portanto, o encontro para a morte precoce. Amy, foi um bom exemplo para a juventude? Não. Foi viciada em drogas pesadas. Amy, foi sucesso, foi diferente e foi sobretudo a essência do pouco caso com a vida.

Filha de gente simples, judia, seu pais gostavam de Jazz e seu ouvido foi habituado a escutar esse tipo de música. Cresceu chegada à ela e logo cedo começou a cantar. Sua voz foi comparada à voz de Sarah Vogham. Ela absorveu todo o traquejo do negro cantando. Sem dúvida, tinha uma voz belíssima. Usava roupas à moda antiga, e era feminina no vestir. Seu cabelo muito louco, parecia um ninho de mafagafos. Pintava os olhos como se a noite fosse longa e se mostrava gasta e viciada. Infelizmente não era um gênero apenas, e sim Amy Whinehouse.

Quando ela veio para o Brasil estava numa fase ruim. Não cantou bem, caiu no palco, esqueceu a letra das músicas e tudo o mais. Nada disso era surpresa, mesmo para os que não curtem ela. O que me deixa irritada é o fato de uma pessoa comprar o ingresso para seu show, e quando ela se despe diante de todos, - doente, infeliz, - vaiam a artista.
Não consigo entender esse comportamento das pessoas. Agora na Sérvia a mesma coisa. Ora, se você compra um show dela, primeiramente é porque está a fim de vê-la, ou não?! Confesso que se eu fosse vê-la respeitaria suas loucuras, e até esperaria que ela fizesse algo de anormal, afinal, alí estava Amy Whinehouse.

O mesmo aconteceu a vida inteira com os shows de João Gilberto. A mídia cansa de informar e mostrar que ele é temperamental, chato, maluco, implicante, exigente... Quando se compra um ingresso para ver um artista desses, o risco é total de ele nem se apresentar. Eu morreria de rir. Ou caí dentro do show de paraquedas?

Toda vez que acontece uma morte como a dela, acontece também o estouro das vendas de CDs, de vídeos e o Youtube bomba e especula-se coisas e mais coisas. Esses fãs que vaiaram Amy Whinehouse são desses humanos que dariam tudo para vê-la mais uma vez. Estranho, não?

A vida é muito frágil. As pessoas, mesmo conquistando o mundo, nem sempre são felizes. Um artista como Amy, João Gilberto e outros, ou amamos, ou odiamos. Se amamos, temos então que respeita-los. Do contrário, você não deverá fazer diferença na vida deles. Mas essa gente, de alguma forma, faz diferença na nossa vida - nos encantam com suas vozes, sua criação, seu balanço, estílo, e tanto mais.

Que Amy Whinehouse engrosse o coral dos Deuses e se liberte das drogas que o ser humano proporciona a ele mesmo.


segunda-feira, 18 de julho de 2011

Unhas Saudáveis

Dizem que o Brasil foi o primeiro país a criar um evento a respeito de unhas, esmaltes e coisas relativas a essa vaidade evidente na mulher. Nos Estados Unidos da América do Norte também é fácil observar nas unhas femininas, o quão são vaidosas e interessadas nessa parte do corpo que é uma verdadeira vitrine de opções interessantes e muitas vezes divertida aos nossos olhos. Na nossa chegada ao aeroporto é possível observar até na polícia feminina, que autoriza nossa entrada naquele país, como podem ser criativas e extravagantes.

No Revista do JT de domingo 17/07/11 li matéria de Felipe Oda, que conta bastante a respeito das unhas e considerei legal dividir com vocês, afinal, quando lemos algo, aprendemos muito. Coincidentemente foi dito por Dr. Drauzio Varela, que é preciso ter o seu próprio material (de fazer as unhas) e levá-lo à manicure. Só assim, você evita doenças como hepatite e micoses. Já é bastante, não é? Portanto, comprem seus alicates e tudo o mais, garanto que sai mais barato.

As unhas precisam ser saudáveis, bonitas e fortes, pois elas são uma proteção para nós. Quando algo acontece de errado com elas, pode ser um sinal para que você preste atenção na sua saúde.

Antes de falar dos sinais comuns que nela se apresentam, quero dizer que no caso das mulheres, em função da menopausa, elas podem descamar e ficarem ásperas - além do fator idade (depois dos 50 anos).

Identifique seu caso fazendo um autoexame...

Manchas esbranquiçadas
Anemia, carência de zinco e proteínas, alergias, psoríase, micoses, dermatites de contato, insuficiência renal ou intoxicação por metais pesados.

Manchas Amarelas ou Coloração Amarelada
Comum em fumantes e pessoas que fazem uso crônico de antibióticos, também indicam excesso de betacaroteno (vitamina A),diabete, micoses ou males do fígado.

Coloração Roxa
Micoses, tumores, problemas cardíacos, lupus eritematoso ou uso de remédios coagulantes.

Secas e Quebradiças, Frágeis e com Descamação
Anemia, hipotiroidismo, falta de cálcio, zinco e vitaminas A, B, e E (nutrientes) que formam as unhas.

Faixas Negras
Micoses, tumores, câncer de pele, melanoma, ou problemas hormonais.

Onduladas
frequentes em traumas, mas também podem indicar anemia, doenças cardiovasculares ou pulmonares.

Coloração Esverdeada ou com Inchaços, Vermelhidão e Dor ao Redor dos Dedos - Infeções bacterianas ou micoses.

Coloração Metade Brancas e Metade Avermelhadas
Problemas renais

Amarelada, Grossa e Sem Crescimento
Doenças Pulmonares

Como é possível observar, nosso organismo tem uma infinidade de possibilidades, é preciso estar atento.

A matéria ainda da dicas lembrando que não se deve tirar a cutícula e sim empurrarmos.
*Descansar um pouco dos esmaltes para a unha respirar.
*O nome científico delas é - lâminas ungueais = unhas

E ainda diz que o alimento é importante para uma unha saudável como ingerir - espinafre, alho e cebola, castanhas e algas, - banana que tem potássio, pepino e salsa.

Portanto, é só ver qual seu caso, e se tratar.