Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2015

NETOS, por Jorge Pinheiro

Imagem
Nunca pensei ter netos. 
É um Ser que é nosso, sem ser exclusivamente nosso.  Um Ser partilhado.  Netos são os frutos genéticos da nossa colheita.  Um apuramento de castas.  Um vinho fino.  Os netos transformam a nossa idade.  Temos de nos por ao nível deles.  Voltar a contar histórias, mudar fraldas, aquecer biberons, andar de gatas, jogar às escondidas... Somos outra vez novos de novo.  Ser avô foi a melhor coisa que me aconteceu.

Jorge Pinheiro um blogueiro e amigo. Hoje, ele postou a foto de sua neta, a Sofia,  no facebook.  Nem sabe ainda que estou por aqui fazendo arte.

Me encantei e me identifiquei com o que escreveu, sem contar que amei as palavras  "ditas" em português de Portugal.  E na verdade, impossível, resistir ao charme e beleza da pequena grande Sofia!

Por muitas vezes me pego tentando definir o que é ser avó. Ainda hoje, lí nos comentários do post de Jorge Pinheiro, o que  Eduardo Penteado Lunardelli, do Varal de Idéias   escreveu ao avô de Sofia: "Se eu soubesse …