quarta-feira, 20 de agosto de 2014

O Sol, e o alvorecer de todas as manhãs ...

Primavera, Verão Outono e Inverno com Sol na nossa casa.

Interessante como constatamos com frequência o desconhecimento de pessoas a respeito do SOL e da claridade da sua casa na hora de comprar um imóvel.  A preocupação muitas vezes é com o número de quartos, garagem, local, valor de condomínio, e tanto mais.

Sabemos que o SOL é perigoso na pele, sem a proteção de filtros para esse fim e obedecendo as orientações médicas com relação aos  horários propícios à sua exposição, mas quando ele é abundante numa casa ou num apartamento, isso é salutar, necessário, sem contar que o ambiente fica extremamente agradável.

Algum  de vocês, já morou em uma casa que não recebia o SOL? Sentiram a loucura que é viver na sombra, com os armários mofados, sem luz, sem claridade, sem o calor do bendito SOL?  Difícil, não é?

Uma casa sem SOL é estar na escuridão. 

Portanto em tempos de inverno, quando a claridade é menor, e sentimos saudade do SOL aberto,  é bom lembrar que ao adquirirmos nossa casa nova, seja ela onde for, deve ter a visita do SOL. Pode parecer brincadeira, mas viver onde ele não chega, a sua saúde também não chegará muito longe.



Uma dica é se informar a respeito de onde o SOL nasce e onde ele morre. Costumamos dizer  aqui no Brasil, que a casa ideal, tem a face para o Norte. Portanto, converse com engenheiros, arquitetos, e pessoas ligadas a construção, antes da compra, pois essas dicas são importantes para uma vida saudável e cheia de luz.

Quem me ensinou essas coisas, foi minha mãe, quando eu tinha 9 anos de idade. Meus pais construiram uma casa e a toda hora íamos ver  como estavam as coisas. Mamãe insistia a respeito dessa necessidade e "pegava no pé" do engenheiro para que tudo saísse como ela queria. Nessa época eu conheci a bússola, grande ferramenta para este fim.




quinta-feira, 14 de agosto de 2014

Eduardo Campos: Não deu tempo.

Eduardo Campos
Morremos um pouco a cada um que morre por nós

Incrível a morte precoce de um jovem pai de cinco filhos.

Inaceitável! Um acidente.


Impressionante.
Triste.
Lamentável.
Pavoroso.