quinta-feira, 28 de junho de 2012

Desilusão

Apavorada com tudo o que tem acontecido no nosso Brasil, sobretudo, nas grandes cidades como São Paulo. A violência incontrolável, arrastões em restaurantes, sequestros e muita escuridão nas ruas.   Falta policiamento - falta solidariedade e, pior, há um acomodamento de todos que dizem estar incomodados com tudo isso, porém, pouco fazem para que haja alguma melhora. 

O tempo é pouco para todos, o inchaço humano é imenso, o trânsito insuportável, a falta de condução não nos dá condição melhor de vida e passamos a maior parte do tempo fora de casa, em ônibus podres, pobres, conduzidos por neuróticos e carentes.

Quando se chega no trabalho estamos esgotados. Não temos saúde, nem a nossa, nem a do governo. Estamos vivendo um instante onde a qualidade de vida não existe. Tudo caro. Só obrigações. Só ladrões!

Impossível abrir a janela e vislumbrar algo de bom, só mesmo dentro de nós, que ainda resta um sonho. Somente assim, - sonhando, vivemos nós. Até quando? Até quando.