terça-feira, 22 de junho de 2010

Psoríase - "A Pele Emocional"


Dr. Cid Yazigi Sabbag é médico dermatologista
Diretor do Centro Brasileiro de Psoríase, membro Profissional desde 2001 da National Psoriasis Foundation, EUA e muito muito mais. É um ser humano dedicado a ciência que estuda o homem no seu todo, não somente à flor da pele. Ele vai muito mais fundo do que se pode imaginar. Pergunto a quem me lê, se alguma vez na vida, um dermatologista que você tenha consultado, pediu um exame de sangue para saber como vai o seu fígado, ou sua paratireóide, seu coração? Estou quase apostando que não. Tenho meus 56 anos. Tive a sorte de ter grandes médicos, mas tive a falta de sorte de encontrar no caminho alguns deles, que não valeram o aperto de mão. Nesse caso tive sorte e divido com vocês o meu grande prêmio.

O seu médico deve ir muito além de uma simples consulta. Ele precisa te tratar pelo nome, saber quem você é e sentir, ouvir o que você precisa dizer. Enquanto isso acontece, ele te observa, te analisa, te conhece. E assim, depois do exame prático e técnico, começa uma relação de verdade entre vocês dois.

Há que se ter simpatia e boa vontade das duas partes quando se está dentro de uma sala para consulta com um médico. Há que se entregar um para o outro sem mentir, sem enganar um ao outro, caso contrário, essa relação não passará de uma consulta medíocre que provavelmente não levará você à cura de nada.

Dr. Cid, é diferente. Extremamente competente e dedicado, se preocupa com a saúde pública, seus gastos e a falta de preparo que temos no Brasil, para acolher nossos pacientes.

Certamente um de vocês conhece alguém que teve ou tem PSORÍASE. E como estão hoje? Adianto aqui, que quando eu era jovem, meu pai teve nos pés.

Em um de seus livros, ("A Pele Emocional - Controlando a Psoríase") conta o médico Dr. Cid, que ouviu relatos sofridos de pacientes que viveram "dolorosas situações constrangedoras, em que feridas não contagiosas têm aspecto repulsivo para os outros", sem lembrar, tudo o mais que essa doença provoca. De tanto encontrar esses casos à sua frente, ele se aprofundou nos estudos e se tornou um grande especialista na matéria. Lá se vão 20 anos de dedicação.

O que incomoda o cientista ainda hoje em dia, é a falta de conhecimento dos brasileiros a respeito da PSORÍASE. Esclarece ele logo na introdução de sua obra, que essa doença não é contagiosa, mas é de patologia genética, crônica e de difícil controle. Acomete a pele e raramente as articulações. Ela vem com escamações esbranquiçadas, sob placas avermelhadas de variados tamanhos e formas. Provoca coceira e irritação. Pode atingir várias partes do corpo e também na sua totalidade. "As vezes é desfigurante e consequentemente, estigmatizante". Raramente alguém com PSORÍASE comenta sobre sua doença e comumente essa pessoa se frustra e se fecha, usando roupas que escondem sua pele, não frequentam a praia ou piscina e a sexualidade muitas vezes é comprometida, fracassada. Os portadores se tornam silenciosos.

A doença atinge 2% da população mundial. Os pacientes abandonam o tratamento, se automedicam e não fazem idéia dos efeitos colaterais. Imaginam ser uma doença emocional apenas e muitas vezes correm para os curandeiros. A PSORÍASE muitas vezes faz um estrago na sua pele, (mas pode ser controlada), no entanto, ela faz maior estrago com a sua auto-estima.

Muitos estudos e mais de 30 novas drogas estão prontas para combater a PSORÍASE.

É importante que se procure o médico certo para ajudar você a entender o que acontece com seu corpo, com sua pele. Tudo é possível desde que exista no paciente a vontade em perceber tudo o que se passa com ele. Jamais deixe de procurar ajuda. Não desista de descobrir o que seu corpo diz. Lute para que os hospitais tenham atendimento para as suas necessidades. Não se acomode. Se informe. Se trate.

(vez por outra, vou trazer aqui, este assunto que é importante, necessário e vital para a saúde de todos os brasileiros. Divulgue o evento, e fale com seus pares a respeito da PSORÍASE. Desta maneira, todos nós, podemos juntos, fazer aos que precisam hoje - e amanhã, encontrar o tratamento certo e assim atingir a qualidade de vida maior e melhor em benefício próprio).


sexta-feira, 18 de junho de 2010

Copa de 2014, Dilma, Saramago, Copa 2010

...É.
Notamos que a FIFA está mesmo desinteressada no Estádio do Morumbi para a Copa de 2014. Aliás, a FIFA exige que se cumpra coisas, mas ajudar mesmo, parece que não ajuda muito. A pressão e politicagem nisso tudo é demais... A verdade é que gastar o que eles querem ou exigem que se gaste para apenas um joguinho? Ah! Isso é demais não é? Para mim, fica um pouco embaçado porque Sampa, é a maior cidade da América do Sul, e não ter definido um jogo aqui, seria no mínimo ridículo. Mas quer saber? Muita coisa boa, poderia vir disso tudo, mas diante de tanto joguinho de ombro, eu não to nem aí. A FIFA tão rica e exigente, deveria se impor e fazer jogos só em países milionários como a própria Entidade e pronto. Para nós, o importante é a saúde. A segurança. A condução. A educação. O emprego antes, durante e depois de uma COPA.
Futebol é festa.

***************************************************************************************

Gente, a Dilma é insegura mesmo para falar quando perguntam alguma coisa para ela? Ou ela não está por dentro dos assuntos? Que coisa! Será que o povo tá ligado?

**************************************************************************************

Saramago se foi para perto de Deus. Será? Quem dera saber onde ele está agora, não?
Seja lá onde for, que os anjos o recebam. Um comunista hormonal, homem culto, com domínio da língua portuguesa. Carregado de humor e respostas que divertiam muitos.

*************************************************************************************

A copa da África do Sul não enche os meus olhos com o futebol que leva para o campo. Poucos gols. Pouco show. Não aguento o barulho eterno das VUVUZELAS. E os assaltos? Os confrontos? Pois é, não é preciso ir muito longe para se ver que as exigências da FIFA não conseguem se distanciar do campo. A melhor coisa, é ficar na nossa terra.

*************************************************************************************



quarta-feira, 2 de junho de 2010

Net - Uma tremenda esculhambação

Complementação:
Meu marido depois do papo que teve com eles, conseguiu que eles viessem em casa no dia marcado. Ufa! O "técnico" da NET retirou o aparelho instalado INDEVIDAMENTE, porém, arrancou com ele a nossa INTERNET. Liguei para a empresa e eles disseram que fariam o reparo no mesmo dia, por ser um erro do técnico. A NET nos ligou duas vezes a tarde dizendo que eles viriam entre 14h e 17h. Vieram? Claro que nao. Telefonei para eles de hora em hora a partir do atraso. As 8 da noite, me dissseram que o supervisor me ligaria. Ligou? Claro que não. No sábado, depois do meio dia, um outro técnico veio e devolveram a internet para nós. eita empresinha de...

Alguns dos protocolos: 003.100.282.293.369 - atendente Rafaela e Lucas...
003100283148547 - aparecida que disse ter sido aprovado um encaixe para a transmissão do sinal da internet que o "técnico" nos deixou sem.
003100283148547 Adriano, que pediu desculpas pelo acontecido, e que eu aguardasse a ligação do supervisor para um reparo imediato. Não houve a ligação nem por consideração.
luiza protocolo
00310 027 8240 259 - Luiza diz que o seria feito uma vistoria para constatar que o NET FONE estava instalado em casa - Detalhe, não vieram. E quando vieram dias depois, constataram ( hahahah ) que o aparelho existia, porém nao retiraram era para ligar para a Central de relacionamento que informou que enquanto não fosse retirado, nós teríamos que pagar ) Desde Março tentando cancelar essa droga.
...e muitos outros protocolos. Tribunal de Pequenas Causas neles!



O nosso governo permite que muitas empresas atuem no mercado brasieliro da forma que elas bem entendem.
Basta uma regra:
Entrar muito dinheiro para a empresa.
Nem precisam de revolver ou metralhadoras.
O cliente é sempre plano inferior. O que importa é a fatura, a cobrança e a imediata colocação do seu nome no “pau” e para isso, eles tem o aval do nosso governo.

Desde que a Net surgiu no Brasil, em São Paulo,
nós fizemos nossa assinatura com eles. Meu marido não fica sem assistir os seus filmes e adora esporte.
Por mim, nada disso existiria, vivo muito bem sem as “maravilhosas e repetidas programações deles”.
O preço ficou exorbitante mensalmente, até que o síndico conversou com a NET e os moradores fizeram então um “pacote” e barateamos um pouco nosso custo mensal.

Semanalmente, nos ligam oferecendo produtos, como HDmax, Net- combo, NET FONE, e tanto mais.

Não nos interessa absolutamente nada mais.
No entanto, sei lá como e porque, foi colocado em casa, um aparelho que permite a instalação do NET FONE.

Ora, temos 4 celulares e um telefone fixo.
Não pedimos NET FONE.
Não sou obrigada a conhecer o produto que eles instalam em minha casa.
Apenas temos os pontos de transmissão, o Virtua e nada mais.

Para nossa surpresa desde março nos cobram o NET FONE, que JAMAIS pedimos para ser instalado.
Não conseguimos "cancelar" algo que não pedimos e que já dissemos em verso e prosa, não querer.
O descaso é total com os atendentes da Net e nós clientes.
A empresa coloca os empregados perto uns dos outros e assim, fica difícil de escutarmos e entendermos o que eles falam exatamente.
Parece um mercado de peixe no nosso ouvido.
Tudo feito como marketing para dificultar nossa conversa.

Desde março então, eles prometem tirar o NET FONE de nossa cobrança, mas não o fazem porque aqui há um aparelho que foi instalado indevidamente,
e, segundo eles, depois de uma ano, passariam a cobrar a taxa mínima para o NET FONE.

Ora que esculhambação é essa? Que taxa é essa? Que aparelho é esse?
Vejam o descaso:
Vieram depois de muito bate boca, e de promessas de visitas não cumpridas e que nós esperamos (com protocolo e tudo o mais registrados comigo), para uma “vistoria”.

É importante dizer que ficamos a mercê dessa gentalha, pois entram em nossa casa com hora marcada, não cumprem a visita e quando nos visitam colocam o que eles bem entendem.
A vistoria foi feita. E foi “constatado” que existia o NET FONE em minha casa.
No aparelho que eles instalaram milagrosamente junto com os aparelhos de pontos de transmissão que tem uma entrada para o NET FONE. Genial, não é?
Pois bem. No primeiro mês, enquanto tínhamos a cobrança de 39 reais e tanto, eles então deveriam retirar o aparelho e ficávamos livres.

Porém, o funcionário da Net deixou um número para eu entrar em contato com a CENTRAL DE RELACIONAMENTO deles, para o "cancelamento" do aparelho. Ora bolas! Eu devo ser débil mental, otária, idiota!

Liguei, e a ladainha novamente começa. Sem contar que durante a conversa, os funcionários insistem em nos empurrar o produto e em horários diferentes, eles nos ligam pedindo para que fiquemos com o NET FONE. Meu Deus! Quanto descaso.
Resumindo: Hoje, meu marido ficou com eles 23 minutos no telefone. Eles pedem e-mail, celular, CPF confirmação de endereço e ainda "não entendem" o que é para fazer e dizem apenas e tão somente, que enquanto o funcionário da NET não vier retirar o aparelho, esse preço mensal será cobrado.

Temos desde março algumas visitas agendadas e os funcionários não comparecem.
Só mesmo indo para o TRIBUNAL DE PEQUENAS CAUSAS e orando muito para que Deus olhe por nós, pobres clientes.
E tomara que o Brasil perca a COPA DO MUNDO de 2010
Resolvendo a questão, todo o prédio será convidado a cancelar com a Net a o seu contrato.